Longe Demais

Titulo: Longe demais
Autora: Jennifer Echols
Editora: Pandorga
Páginas: 238
Edição: 1
Lançamento: 2011

Sinopse: Tudo o que Meg sempre quis foi fugir. Fugir do colégio. Fugir da sua pacata cidade. Fugir de seus pais, que pareciam determinados a mantê-la presa em uma vida sem futuro. Mas, em uma noite louca envolvendo trilhos de ferrovia proibidos e desafiadores, ela vai longe demais... e quase não consegue voltar. John escolheu ficar. Para impor o cumprimento das leis. Para servir e proteger. Ele desdenha a rebeldia infantil e quer ensinar a Meg uma lição que ela não esquecerá tão cedo. Mas Meg o leva ao limite ao questionar tudo o que ele aprendeu na academia de polícia. E quando ele a pressiona para saber por que ela não se prende a nada, a resposta os levará a um caminho sem volta...


Resenha

Meg é uma garota de cabelos azuis que está terminando o segundo ano do ensino médio, e mal vê a hora de finalmente sair da cidade onde vive. Seus pais têm um restaurante chamado Cafextra! Cafextra! e é lá que ela trabalha, sem ganhar salário.
Meg já aprontou muito na sua adolescência, e quando foi presa por estar num lugar proibido, seus pais desistiram dela.
“-Não perca seu tempo. Esta foi a última gota. – repeti o que meu pai me disse ao telefone. – Eles já desistiram de mim.” – página 33
Meg tinha um relacionamento não muito sério com Eric, um garoto rico que conseguia tudo o que queria, e foi por causa dele que ela foi presa, mas Eric é o tipo de garoto que não se importa com nada, nem mesmo se a quase namorada foi presa.

Como castigo, Meg foi obrigada a fazer rondas com um policial chamado Johnafter, e depois teria que escrever o que aprendeu prendendo criminosos e andando por aí á 100km/h numa viatura policial. O que ela não esperava, é que ele seria um cara muito lindo e que acabaria se apaixonando por ele. 
“Estava apaixonada por um policial e, por algum motivo desconhecido, ele também estava interessado em mim. Eu, uma garota criminosa de cabelos azuis, estava seduzindo o policial After.” – página 133
Meg é claustrofóbica e não consegue se amarrar á ninguém, não consegue fazer planos e nem ter relacionamentos sérios, e isso é o que mais estraga nela. Meg é bonita e tem futuro, mas não consegue ser alguém que as pessoas gostem, ela precisa sempre estar ficando com alguém que não se importa com ela, e não dá valor a si mesma.
“John me congelou com aquele olhar obscuro. Parte de mim queria agarrar seu olhar e segui-lo a todas as partes, caso eu pudesse convertê-lo ao meu favor.” – página 103
 Achei a história bem fofa, mas confesso que esperava muito mais. Já tinha lido outro livro da autora, e ele também não foi o que eu esperava. Meg é uma personagem boba demais, tem horas que parece não se importar com nada, nem mesmo com ela mesma. Não fiquei surpresa com a revelação do final e também não gostei dele; achei muito “E viveram felizes para sempre”. Ok, gosto de finais felizes, mas não gostei deste final feliz. Me pareceu forçado demais e até um pouco patético.

As capas dos livros muitas vezes enganam, e foi o que Longe demais fez comigo. Faz muito tempo que venho babando nessa capa linda, mas acabei me decepcionando com o livro. A história é pequena e um pouco boba demais...


MilkMilks
Dryh Meira

22 comentários

  1. A capa engana mesmo. Olhando para ela, achei que o livro era muito bom. O enredo da história é bom , pena que a autora não soube desenvolve-la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma ótima lição para quem compra livros pela capa...kkkkk'

      Excluir
  2. Oie, tudo bom?
    É um saco quando o livro pode ter um bom final, mas o autor opta pelo que é mais conveniente e fácil.
    No começo fiquei curiosa para conhecer a história, mas depois me veio o receio.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A premissa até parecia boa, mas lendo sua opinião não sei se leria este livro antes de fazer muitas outras pesquisas. É a primeira resenha que leio dele, pena que não foi uma boa leitura! É muito ruim começar um livro esperando uma coisa e ter esse tipo de decepção.

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é ruim mesmo, e pior foi adquiri-lo por causa da capa, que engana bem *-*

      Excluir
  4. Gostei da estória.
    Sei bem como é isso, um final forçado, mas fiquei curiosa com o enredo ..
    E se um dia tiver a oportunidade de ler, lerei sem problema algum :]

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    não conhecia o livro, mas odeio finais forçados, fazem perder toda a graça do livro :(

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Realmente gosto é gosto e ele não se discute.
    De longe este é o melhor livro da Echols que eu já li.
    Eu, pelo contrário, adorei esse livro e todas as pessoas para quem recomendei gostaram também e o passam adiante. E olha que muita das pessoas que leram são anti livros adolescentes, blogueiras linha dura e que torcem o nariz para esse estilo.
    O que me irritou foi a revisão da editora que deixou bem a desejar, mas no geral, a história é muito legal, foi uma pena a autora não ter explorado mais, porém, cada caso é um caso.
    Nunca o classificaria como ruim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu gosto bastante de gêneros assim e só li dois livros da autora, que não me agradaram muito.

      Excluir
  7. Que pena q vc n gostou do livro..
    Ouco falar super bem da autora e ate tenho um dela aqui em casa.. Pretendo ler pra ver o que eu acho..
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. dos dois livros que eu li dela, a nota máxima que dei foi 3 *-*

      Excluir
  8. É, realmente tem uns livros que enganam mesmo. É uma pena quando acabamos nos decepcionando =( Nunca li nada da autora, mas pela sua resenha, acho que prefiro continuar sem conhecer =P

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. rsrs' o pior é ser enganada pela capa, que é linda de morrer *-*

      Excluir
  9. Eu gostei do livro, mas nem tanto. Achei o romance bacana, mas não curti a encanação dela com o cabelo azul, rsrs.
    Enfim, a resenha está bacana!

    Bjks

    Lelê - http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Lelê ^^ também não curti muito o cabelo azul...rsrs'

      Excluir
  10. Ah! Dryh!
    Eu gosto dos finais "e viveram felizes para sempre..." ...kkkkk
    Na verdade o que achei estranho foi os pais terem largado Meg a própria sorte, isso não achei legal no livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk' eu também gosto de finais assim, mas não quando são forçados *-*

      Excluir
  11. Puxa a capa é muito bonita, mas tenho certeza que o livro é realmente ruin, já ouvi várias pessoas falando dele e tinham a mesma opinião.

    ResponderExcluir
  12. Nada no livro chamou minha atenção, nem o gênero, nem o enredo e nem mesmo a capa ..."/

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...