Promoção Aniversário

Oiee pessoal, tudo bem?
Estava vendo o calendário hoje (finalmente de férias, ufa) e percebi que faltam menos de um mês para o aniversário de um ano do blog *-* fiquei muuito feliz ♥ e decidi fazer uma promoção em conjunto com alguns parceiros do blog, para comemorar os 12 meses do Milkshake de palavras... :)
Por enquanto são 6 formulários, mas logo atualizarei este post com mais formulários e mais prêmios. As únicas regras obrigatórias são:

* Seguir o blog pela ferramenta GFC (Google Friend Connect)
* Deixar um comentário neste post

Os outros itens não são obrigatórios, mas te dão mais chances de ganhar. Como são vários formulários, pode demorar um pouco para carregar.


a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

a Rafflecopter giveaway

Boa sorte a todos :)

MilkMilks
Dryh Meira

Divulgação + 3 intens

Oie pessoal, tudo bem?
Hoje eu trouxe algumas novidades e lançamentos de alguns parceiros, e também uma coluna nova, que na verdade foi inspirada em outros blogs...Vamos lá?

Evento Literário 
Todos vocês já devem conhecer a Semana do Livro Nacional, certo? Para quem ainda não conhece, neste link AQUI você ficará por dentro de tudo o que acontecerá nessa semana.

Aurélio Simões é autor do livro Depois da Meia Noite (resenha aqui) e estará presente no dia 27 de Julho, participando da Semana do Livro Nacional no Rio de Janeiro, é um evento literário que tem como objetivo, incentivar a leitura de Nacionais. Infelizmente não estarei no evento que ocorrerá em São Paulo *-* mas se algum de vocês for e quiser enviar fotos para nós, ficaremos gratos :)





Lançamento
A Fantasy - Casa da Palavra apresenta nesse mês de julho o livro Feérica da autora Carolina Munhóz. Isso mesmo! 

A obra já está em pré-venda e em breve em todas as livrarias. 

Coloco abaixo as cidades que lançarão inicialmente o a obra.  14/jul, 17h: Saraiva Rio Sul - RIO DE JANEIRO / 27/jul, 17h: FNAC Paulista - SÃO PAULO / 28/jul, 17h: Leitura do Dom Pedro - CAMPINAS

Feérica é um livro fechado, mas que está com uma grande possibilidade de ser o primeiro de uma trilogia, então a autora aguarda opiniões.



SINOPSE

E SE UMA FADA SE REVELASSE EM UM REALITY SHOW?
Violet Lashian tem apenas um objetivo: ser famosa em seu mundo. Mas quem nunca se seduziu por esse pensamento?
Ignorada pelas fadas de uma sociedade que preza a padronização, a jovem de cabelos roxos decide abandonar seu sofrimento em busca de um lugar entre as estrelas de Hollywood. 

Bastidores de reality shows. Festas badaladas. Encontros amorosos com jovens milionários. Entrevistas em rede mundial. Fama instantânea, dinheiro e poder. De repente, a feérica se vê cercada pela realidade com que sempre sonhou. Mas será que Violet é capaz de manter a pureza de sua raça mágica em um mundo corrompido pelo deslumbre material? E quais seriam as reais consequências de sua revelação para a existência oculta de seu povo? 
Você descobrirá tudo isso e muito mais nos próximos capítulos deste livro.


SOBRE A AUTORA

Carolina Munhóz é jornalista, romancista e fanática por reality shows desde a adolescência, onde participou do Ídolos.
Em um momento de depressão, sonhou com uma fada e escreveu um livro pelo qual recebeu o Prêmio Jovem Brasileiro.
Viciada em livros graças a pergaminhos de J.K. Rowling, tornou-se correspondente do site Potterish. Visitou a plataforma 9 ¾ de Londres e por pouco não conseguiu burlar a entrada para Hogwarts. Em Los Angeles conheceu os atores Daniel Radcliffe, Emma Watson e ganhou um selinho do ator Ruppert Grint, mas seu cardiologista garante que sua saúde anda bem. Também visitou vários países como mochileira, chegando a parar na Ilha de Lost e tendo a sorte de conseguir voltar de lá.
Suas aventuras chamaram a atenção de diversos meios de comunicação, foi capa do jornal Folha de S. Paulo como referência na literatura fantástica atual e fez uma tour com a escritora Alyson Noël.
Autora dos livros A fada e O inverno das fadas, hoje é escritora em tempo integral, membro do Rapaduracast e viciada em redes sociais. Tem horror a lagartixas, mas acha elfos domésticos bonitos, sabe-se lá o motivo.
@carolinamunhoz


Divulgação - Seguindo em frente, de Angeline Sophie

Sinopse do Livro:
Uma chance. Uma nova vida. A descoberta do poder de amar.
A jovem Samanta Gonzales tenta prosseguir com sua nova vida buscando se livrar de mágoas, lembranças e traumas passados. Pensa viver sobre absoluto controle ao lado de sua melhor amiga Cristina, com quem divide um apartamento e seus mais íntimos segredos. Mas, ao conhecer o experiente e herdeiro do Grupo Vasquez, Taylor Matheo Vasquez, ela vê toda sua ilusão de desejado controle se esmorecer e seus pesadelos, os quais mantinha sob sigilo, virem à tona desestabilizando-a emocionalmente e afetando sua vida com a qual julgava estar satisfeita.
Samanta aprenderá a vencer seus medos e fantasmas e descobrirá a presença em sua vida da maior das armas para seguir em frente.

Livro no Skoob:
http://www.skoob.com.br/livro/315409


Blog pessoal:
http://susanemd.blogspot.com.br/

FanPage da autora:
https://www.facebook.com/susanematosd

FanPage do Livro;
https://www.facebook.com/pages/Seguindo-em-Frente/186119411533472?ref=hl

Degustação:
https://issuu.com/susanematosdias/docs/seguindo_em_frente_-_para_o_issu_-_/5?e=0

Link de venda no Amazon por R$ 7,00:
http://www.amazon.com.br/Seguindo-Frente-chance-descoberta-ebook/dp/B00CXDT1B6/ref=sr_1_2?s=digital-text&ie=UTF8&qid=1371587805&sr=1-2&keywords=seguindo+em+frente

Link de venda no Clube de Autores:
https://clubedeautores.com.br/book/145360--Seguindo_em_Frente


Música da semana - Jake Bugg, Broken



Jake Bugg é um cantor e compositor britânico. Após assinar contrato com a editora discográfica Mercury Records, lançou seu álbum de estreia o auto-intitulado Jake Bugg.







MilkMilks
Dryh Meira

Jogando xadrez com os anjos

Oiee pessoal, tudo bem?
Há algum tempo atrás (há muito tempo) li o livro Jogando xadrez com os anjos, da Fabiane Ribeiro, e por alguma escolha do destino (ok, melodrama) acabei esquecendo de postar a resenha *-* Mas aqui está, a encontrei na pasta de resenhas *-* espero que gostem :)


Titulo: Jogando xadrez com os anjos
Autora: Fabiane Ribeiro
Editora: Universo dos livros
Edição: 1
Lançamento: 2012
Páginas: 400
Sinopse: Inglaterra, 1947. A Europa encontra-se devastada pela Segunda Guerra Mundial, assim como o coração de Anny. A garota de oito anos vê seu mundo desmoronar ao receber a notícia de que não poderá mais viver com os pais e terá que se mudar de casa levando pouco mais que seu tabuleiro de xadrez. Tudo parecia um pesadelo, até que surge Pepeu, um jovem misterioso que mudará para sempre a vida de Anny, levando-a a aprender sobre o mundo e a viver momentos emocionantes sem sair dos canteiros de seu pequeno jardim. Ao lado de anjos que são colocados em sua jornada, a doce menina aprende a enfrentar as dificuldades através de lições de abnegação, fé e amor verdadeiro.

Resenha

Anny é uma garotinha de 8 anos que mora na Inglaterra com seus pais. Mas eles vivem viajando, e a menina só os vê nos fins de semana, nos outros dias da semana ela vive com Melanie, uma empregada.

Quando recebe a noticia de que seus pais ficarão um ano fora, a menina se sente solitária, e fica ainda mais triste quando é obrigada a morar com Jane e Hermes, um casal que mora na casa ao lado.

No inicio do livro, pensei que Anny continuaria morando na sua casa, e que mesmo sem os pais ela conseguiria ser feliz, já que só os via nos fins de semana. Mas a garota sofreu muito. Só tinha duas refeições por dia, tinha que limpar todos os cômodos da casa todos os dias, não podia ver TV, nem ouvir o rádio, muito menos dirigir a palavra aos donos da casa, Jane e Hermes.

Mas apesar de sofrer muito, Anny cuidava do jardim todos os dias, e esse jardim passou a ser o seu lugar preferido. Ela conheceu Pepeu, um rapaz muito gentil, que vinha visitá-la sempre que podia, e sempre que os donos da casa estavam fora.

Com o jogo de xadrez que ganhou de seu pai, Anny construiu seu próprio mundo, o Reino Xadrez, para onde ia sempre que fechava os olhos e mergulhava num sono profundo. Lá ela era a rainha, e tudo era xadrez, as roupas, o chão, o castelo, e as pessoas eram as peças de um jogo de xadrez.

Assim que Pepeu surgiu na historia, pensei que ele fosse um amigo imaginário, criado por Anny, já que ela era muito solitária e muito triste, mas fui percebendo que ele era um grande amigo, que assim como ela, enxergava o amor em todas as pessoas, até mesmo naquelas que não mereciam.

Anny é uma criança que nos faz pensar muito. Ela não se importa com as coisas ruins que as pessoas lhe fizeram, apesar de ter apanhado muito de Jane, ela esteve com a senhora até o ultimo suspiro. Anny me emocionou muito, ela nunca viu a maldade nas pessoas, nem mesmo naquelas que só tinham a maldade como companheira, ela só vê a bondade.
Esse foi o segundo livro que eu li da Fabiane, mas foi o primeiro que me emocionou. Apesar de ter apenas 8 anos, Anny entendia rapidamente as palavras mais difíceis, palavras que hoje em dia nem mesmo os adultos falam.

Morando com o casal, Anny conheceu pessoas que se tornaram seus amigos rapidamente, Pepeu, Nicole, que era sobrinha de Jane e que vinha visitar a menina sempre que podia, trazendo – lhe presentes, George e Desiré, seus novos vizinhos, Nina, a cachorrinha de Desiré, Frank, um médico... Enfim, mesmo sem os pais por perto, sem vê-los todos os dias, e sofrendo muito, Anny ainda conseguiu seguir sua vida, com a ajuda de seus amigos, e de seu coração, que era enorme. Impossível não se emocionar com esse livro.
MilkMilks
Dryh Meira

5 lugares onde você odiaria estar

Oiee pessoal, tudo bem?
Ontem tive uma ideia bem bacana para o próximo post. Resenhas e mais resenhas ficam um pouco cansativas, e acabei criando essa nova coluna: 5 coisas. Toda terça feira, eu ou a Flávia, vamos fazer uma pequena lista com 5 coisas ( 5 personagens, 5 lugares...etc) e colocaremos aqui. Hoje o tema é 5 lugares onde você odiaria estar...Vamos ver?

5. Índia (apenas nos lugares onde Kelsey Rabanete, Ren e Kishan foram, para encontrar os presentes de Durga.)
Ser atacada por macacos e árvores é coisa da Kelsey Rabanete, com certeza eu não queria estar ali, nem que fosse com Ren e Kishan comigo, ou com mais dez tigres, de jeito nenhum gostaria de morrer afogada ou espetada. Prefiro estar lá somente na minha imaginação, deixa os macacos, e as cobras por conta da Kelsey Rabanete.
4. LGAR...Imagine estar na escola, ou no trabalho, e de repente as pessoas sumirem. PUFT todos com idades acima de 15 anos desapareceram, sobrando só as crianças e os pré-adolescentes...Você não gostaria de ficar três meses passando fome e vendo animais mutantes por aí, certo?

3.Arena Tick Tock..Você não vai querer morrer num lugar cheio de adolescentes que querem o seu sangue né? A arena é o lugar onde os integrantes dos distritos lutam entre si, até que reste somente uma pessoa. Eu com certeza não duraria um dia...Acabaria pisando fora antes de começar...rsrsrs

2. Labirinto...Quem já leu o livro Maze Runner sabe do que eu estou falando. O labirinto é um lugar imenso, praticamente sem saída, com monstros horríveis espalhados, mas que por sorte só aparecem á noite. Quando li o livro quase não dormi direito. O labirinto não é um lugar onde você vai querer estar, a não ser que você seja um Verdugo.
1.Apocalipse Zumbi... É só navegar na internet, e você vai ver pessoas esperando o apocalipse zumbi, achando que vão ser um Rick ou um Governador...Queridos, vocês não vão nem respirar e já estarão rastejando por aí em busca de carne. Confesso que quando via The Walking Dead, ficava louca para atirar nuns zumbis, quem dera eu ter uma arma, ou coragem o suficiente para sobreviver caso isso acontecesse.


Bem, de jeito algum eu queria estar num desses lugares...E você? Qual lugar você não queria estar?

MilkMilks
Dryh Meira

V de vingança

     Olá pessoal, tudo bem?
      Esses dias vi umas fotos das manifestações que ocorreram em São Paulo, e dei de cara com uma máscara 
     usada pelos apoiadores da ideia Anonymous, e decidi procurar a origem dessa máscara que eu achei tão           
     interessante, e foi aí que dei de cara com esse filme.
                   




    Tempo de duração: 2h 12min .

     Dirigido por: James McTeigue
     Com: Natalie Portman, Hugo Weaving, Stephen Rea 
     Gênero: Ficção científicaFantasia , Suspense , Ação
     Nacionalidade: EUA

Sinopse
Um revolucionário misterioso conhecido como "V" luta contra um regime totalitarista e encontra uma amizade em uma jovem


Vi esse filme com o intuito de conhecer a história da tão famosa máscara V de vingança, usada nos protestos e manifestações do mundo todo, principalmente pelas pessoas que apoiam a ideia Anonymous. Assim como nós, no filme o país está passando por uma situação difícil, onde as pessoas (boa partes delas) querem um lugar melhor para se viver, um lugar onde o governo não as ameace.
 
A história se passa na Inglaterra, no século XXI, onde a população vive num regime totalitarista, onde não se pode sair á noite. O país passou por uma guerra sangrenta e por muitos outros problemas, dentre eles, um ataque biológico, que trouxeram a quase falência da Inglaterra, assim como os Estados Unidos. O governo usava uma técnica parecida com a de Hitler, capturava os homossexuais, os negros e todos os outros, prendia-os e os torturava, mas nem todo mundo sabia disso, na verdade, apenas quem trabalhava para o governo conhecia essa tática.
Imagine chegar na sua cozinha e dar de cara com V cozinhando
O filme foi baseado nas histórias de quadrinhos feitas por Alan Moore e David Lloyd, na década de 80. O filme mostra as estratégias de V, um homem com máscara, chapéu e capa que faz justiça com as próprias mãos, e que quer mostrar ao mundo que a Inglaterra pode sair do buraco que entrou, e que a população pode acabar com a palhaçada que acontece no governo.

“As pessoas não deviam temer o governo. O governo é que devia temer o seu povo” – V

V de vingança é um filme que mostra uma sociedade com medo de lutar pelos seus direitos, pessoas que seguem as regras impostas com medo das conseqüências, e pessoas que só precisam de um empurrãozinho para mudarem de opinião e decidirem seguir o melhor caminho. V é apenas uma pessoa que durante 20 anos sonhou com o dia em que iria conseguir uma revolução, a sua revolução, no dia 5 de Novembro, e lutou muito por isso, mesmo que tenha matado dezenas de pessoas para conseguir o que queria, salvou milhares também. Ah, não posso deixar de mencionar: V é louco.

Frase de V
O filme é emocionante e ao mesmo tempo cheio de ação, citações e referências, e também é um filme que ensina a quem o assiste. Quem pensa que V de vingança é apeas a história de um homem que quer a revolução nos tempos de guerra, está totalmente enganado. Além de V, temos também como protagonista, Evey, uma mulher que quase sempre segue as regras do governo, e que conhece V logo no inicio do filme, e eles acabam se tornando amigos.
V de vingança se mostrou muito mais do que eu esperava, não esperava gostar dos personagens principais, muito menos de alguém violento como V, mas fiquei feliz quando vi que seu esforço talvez fosse valer a pena. Super recomendo esse filme, principalmente para alguém que tem curiosidade de conhecer a história da máscara V, tão usada nas manifestações que estão ocorrendo aqui no Brasil.

Nota: 10

MilkMilks
Dryh Meira

Fazendo meu filme

Titulo: Fazendo meu filme 1
Autora: Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
Páginas: 336
Edição: 2
Lançamento: 2009
Sinopse: Tudo muda na vida de Fani quando surge a oportunidade de fazer um intercâmbio e morar um ano em outro país. As reveladoras conversas por telefone ou MSN e os constantes bilhetinhos durante a aula passam a ter outro assunto: a viagem que se aproxima. 
“Fazendo meu filme” nos apresenta o fascinante universo de uma menina cheia de expectativas, que vive a dúvida entre continuar sua rotina, com seus amigos, familiares, estudos e seu inesperado novo amor, ou se aventurar em um outro país e mergulhar num mundo cheio de novas possibilidades. 

Resenha

Depois de tanto tempo, finalmente consegui ler o livro da Paula Pimenta que as pessoas tanto elogiam. Não me arrependi de o ter lido, só fiquei bem triste quando acabou L
Estefânia (certo, nunca a chame assim, ela odeia) ou simplesmente Fani, é uma garota louca por cinema e música, e sonha em ser diretora ou em mexer com filmes um dia. Cursando o ensino médio, ela tem Gabi e Leo como seus melhores amigos, e tudo ia bem, quando apareceu uma oportunidade maravilhosa diante de seu nariz: ela teve a chance de ganhar um intercâmbio para a Inglaterra (OMG, como eu queria estar no lugar dela), mas o problema é que teria que ficar fora durante um ano, deixando seus amigos e sua família para trás.

Fani é uma personagem muito engraçada e divertida, mas também bem sensível, e um pouco chorona. Graças á ela e á Paula Pimenta, estou que nem uma louca procurando filmes de romance para assistir. Já no inicio do livro, nos deparamos com uma lista (enormee) dos filmes favoritos da autora, e também com o site da série (www.fazendomeufilme.com.br) onde estão todas as informações dos livros... Bem, voltando ao assunto... Fani é uma personagem maravilhosa, e eu já gostei dela na primeira página. Não vou dizer que ela não me irritou, porque ai eu estaria mentindo... Sim, Fani me irritou bastante, mas porque não tinha coragem de falar o que sentia, e até dá para entender o por que de ela não falar, mas se tivesse falado, tudo seria mais fácil. Ela tem 16 anos e mora com seus pais em Belo Horizonte.

“A música estava alta, mas eu não sei dizer qual era. Eu tinha acabado de olhar o relógio, mas eu não me lembrava mais das horas. Eu só sabia que eu queria que o tempo congelasse naquele minuto. Para que aquela música não terminasse nunca mais”
Página 210

Impossível não chorar com o final do livro. É um livro muito emocionante, e ao mesmo tempo super engraçado (ok, eu já devo ter dito isso) e a leitura é suuper rápida.
Estava acostumada com os livros juvenis americanos, onde tudo é tão “série de TV” e tão surreal, mas quando li Fazendo meu filme, me vi lendo um livro que mostra o cenário brasileiro, e realmente gostei disso, foi bem realista. Ainda não consigo acreditar que o livro acabou *-* Mas a sorte é que a série é composta por quatro livros :D

Paula Pimenta escreve de um jeito que encanta a todos os gostos, sejam eles qual forem. Uma escrita que não cansa e que deixa a história com mais cara de juvenil. Não mencionei antes, mas Fani tem uma queda pelo seu professor de Biologia, e mesmo que ela faça o possível para disfarçar, é claro que seus amigos sabem. Leo é o personagem mais fofo que eu já vi ♥ E Não, não estou exagerando. Já vi vários personagens super fofos minha vida inteira, mas Leo sem dúvida é o mais fofo de todos.

O livro é maravilhoso, e eu amei até as fontes usadas nele..rsrs..sempre que aparecia um e-mail ou uma carta, até mesmo um bilhetinho (daqueles que os alunos vivem conversando na sala de aula, escondido do professor) a fonte mudava. Algumas vezes ficava um pouco difícil de ler, mas nada impossível de entender. Uma coisa que eu achei bem estranha, foi o fato de que os personagens usam a linguagem informal para se comunicar entre si, mas na hora de mandar e-mails, é tudo tão certinho...Mas não é nada que estrague o livro. Suuper louca para ler o segundo livro, e torcendo para que não demore muito *-*


Espero que tenham gostado da resenha :) e não esqueçam de comentar :D
MilkMilks
Dryh Meira

Top 10 mais desejados + Tags

Oiee pessoal, tudo bem?
Fiquei um pouco sumida por conta de várias provas que tive na semana, e acabei não tendo muito tempo de preparar posts, e não li quase nada.

Com certeza vocês viram as manifestações que estão acontecendo no Brasil e no mundo por conta da corrupção e dos direitos da população, o que acham disso? Sinceramente, acho que foi a melhor coisa que aconteceu desde sempre, finalmente o povo brasileiro percebeu que o Governo roubava mais do que se podia imaginar, sou a favor das manifestações e dos protestos, mas não acho que a violência da parte dos manifestantes e dos policiais seja correta. Não participei de nenhuma manifestação até agora, primeiro porque São Paulo é um pouco longe, segundo porque minha mamis não deixa :(

Chega de enrolação... Hoje eu trouxe algumas tags que o blog recebeu, e também o Top 10 livros mais desejados. Vamos lá?

Top 10 mais desejados

De acordo com o Skoob, esses são os dez livros mais desejados pelos leitores:

  1. A culpa é das estrelas - dá pra entender o por que desse livro estar em primeiro lugar...É incrível.
  2. Jogos Vorazes - esse também não deixa a desejar, melhor distopia de todos os tempos...
  3. As vantagens de ser invisível - ainda não li, mas deve ser maravilhoso.
  4. A menina que roubava livros - também não li, e tenho muita vontade de ler.
  5. O menino do pijama listrado - vi o filme e amei, quero muito ler o livro.
  6. Morte súbita - não tenho vontade de ler.
  7. A esperança - já li e gostei bastante, mas deixou a desejar.
  8. O lado bom da vida - vi o filme e amei ♥.
  9. Em chamas - muuuuito bom, o melhor da trilogia.
  10. A marca de Atena - muito bom, super ansiosa para ler o próximo.
Através da pesquisa feita aqui no blog, conseguimos uma lista com muitos títulos, mas selecionamos os 10 mais votados. A lista ficou assim:

1. A Seleção - ainda não li, mas morro de curiosidade.
2. O lado bom da vida - vi o filme e amei, mas ainda não pude ler o livro.
3. Química perfeita - Super curiosa para conhecer a história
4. Entre o agora e o nunca - Parece ser um livro muito bom.
5. A elite - também não li.
6. Belo Desastre - Ainda não li, mas disseram por aí que é muito bom.
7. O Destino do Tigre - já li e ameeeeeei ♥
8. Garota exemplar - ainda não li, e não tenho muita vontade de lê-lo.
9. A culpa é das estrelas - já li e ameeei demais.
10. Jogos Vorazes - a melhor distopia que eu já li, super amei ♥

Bem, temos alguns livros iguais nas duas listas, A culpa é das estrelas, Jogos Vorazes e o Lado bom da vida. Sinceramente, são livros maravilhosos (lembrando que ainda não li O lado bom da vida, mas ouvi dizer que é um livro super bom.) e acho que todos deveriam ler assim que tiverem a oportunidade. Alguém ai já leu algum dos livros das listas? E aí, gostou? 


Tag

Recebi essa tag da Rose, do blog Fábrica dos convites há muito tempo.

Regrinhas do Selinho:
1 - Link o blog que fez o selinho: Fábrica dos convites
 2 - Presentear 5 blogs com esse selinho e informar o mesmo:

* November 92 - http://www.november92.com
*Mariana e sua estante - http://www.marianaesuaestante.com


3 - comentar no blog do que fez o selinho sobre a postagem.
4 - Responder as 5 perguntinhas.

- 3 livros que virou filme e você adorou?
Jogos vorazes
P.S. eu te amo
As crônicas de Nárnia.

- 3 livros que virou filme e você detestou?
A hospedeira
Nick & Norah
Footlose

- 3 livros que você gostaria de ver na telona?
A culpa é das estrelas, Estilhaça-me e Cante para eu dormir.

- Você conhece um seriado baseada em livro ou que virou livro após os sucesso na telinha?
Pretty Little Liars, Diários do vampiro, Os diários de Carrie...

- Que filme merece ter seqüência de tão bom que foi?
Com certeza Jogos Vorazes, mas a seqüência já vem por ai...


Tag
Recebi essa tag do blog De tudo um pouco 


Regrinhas:
 Responder as perguntas
 Indicar 5 ou mais blogueiras

 Citar quem lhe indicou

Perguntas:

1- Que características faz que um personagem entre na sua lista de "maridos"?
Forte, corajoso, lindo, fofo, saiba o que está fazendo, e muitas vezes mocinho

2- O que menos te atrai em algum personagem?
Quando o personagem é idiota ou medroso demais.

3- Quem é seu atual marido literário?
Ixi essa é difícil..rsrs..No momento meus maridos literários são:
Ren e Kishan ( A maldição do tigre)
Jason, Leo, Percy, Luke e Nico ( Percy Jackson e Os heróis do olimpo)
Alec, Simon, Jace e Sebastian (Série Cidade dos ossos)
Damon e Roman (Série os imortais)
Étienne St.Clair (Anna e o beijo francês)

Certo, é uma lista enorme... rsrsrs

Indico para:
De cabeça para baixo - http://cahblack.blogspot.com.br/
Minha montanha russa de emoções - http://minhamontanarussadeemocoes.blogspot.com.br/

Bem, por hoje é isso. amanhã tem resenha nacional aqui no blog, e domingo resenha cinematográfica. Semana que vem começam as promoções de aniversário do blog, fiquem ligados ;)

MilkMilks
Dryh Meira

Um porto seguro

Oiee pessoal, tudo bem?
Na semana passada tivemos um empate entre as resenhas cinematográficas de dois filmes, e um deles era Um porto seguro, baseado no livro de Nicholas Sparks, e como não pude postar a resenha na semana passada, decidi postá-la hoje. :) 
Quem aí já leu o livro, ou viu o filme? Gostaram?


Gênero: Drama
Direção: Lasse Hallström
Roteiro: Dana Stevens, Leslie Bohem
Trilha Sonora: Deborah Lurie
Duração: 115 min.
Ano: 2013
País: Estados Unidos
Sinopse
Uma jovem com passado misterioso chega à cidade de Southport. No local, ela se envolve com um viúvo e acaba sendo obrigada a enfrentar o segredo que a persegue.


Não tinha vontade de ver esse filme. Pensava que ele seria o mesmo clichê de todos os outros livros de Nicholas Sparks: um romance na Carolina do Sul que termina com a morte de um dos personagens principais. Quando o filme começou, pensei “Ué, talvez mude um pouco desta vez, pode ser uma história completamente diferente de todas as outras”, e bem, eu poderia estar certa.
 
Katie aparece fugindo no inicio do filme, e mesmo não sabendo o motivo de sua fuga, torci para que ela conseguisse fugir, de quem quer que fosse. Ela então chega á uma pequena cidade com poucos habitantes, e lá ela conhece Alex, pai de duas crianças, Lexie e Josh, e viúvo.

Lexie é uma graça de menina, sempre ajudando o pai com a loja, ela é uma das melhores personagens do filme, e a menininha que a interpretou melhor ainda, uma fofura. Já Josh é extremamente o oposto, ainda não aceitou que sua mãe faleceu, e faz de tudo para culpar o pai.

Um porto seguro é um ótimo filme, não fica cansativo e os atores foram muito bem escolhidos, e a história de Nicholas Sparks é maravilhosa, e não é tão clichê quanto ás outras. O final do livro é tão emocionante que eu quase chorei (sim, kkk) mas o que veio depois, acabou com a minha graça. O filme tinha tudo para terminar super bem, o conflito, o romance, tudinho, mas aí o autor veio com uma história muito estranha, que fez a personagem principal parecer louca ou sei lá o que mais, só sei que acabou com o final maravilhoso que o filme teria, e me fez perder a vontade de ler o livro.

No começo, achei Katie um pouco forçada demais (não a atriz, a personagem) e dava para perceber que ela tentava não se afeiçoar demais ás pessoas, mantendo o máximo de distância possível, mas logo percebeu que não era possível, e acabou se rendendo, virando então, amiga de muita gente, e isso só fez com que eu gostasse ainda mais da personagem criada por Nicholas.

Muitas vezes me vi com medo de que algo ruim pudesse acontecer com Katie, e apesar de tudo o que falavam dela, e do fato de ela estar fugindo, eu sabia que ela era inocente, e tenho certeza de que muitas pessoas sentiram isso, pois Katie é inocente demais para fazer o algo como o que estava sendo acusada. Depois de ver Um porto seguro, acho que vou dar mais uma chance aos clichês de Nicholas Sparks.


Nota: 9,5

MilkMilks
Dryh Meira

Depois da meia noite

Titulo: Depois da meia noite
Autor: Aurélio Simões
Editora: Baraúna
Páginas: 218
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: Com a intenção de inovar o relacionamento, a bela e ousada Natasha e o seu namorado decidem visitar uma casa de swing. Mas o que poderia ser algo prazeroso e diferente para ambos, torna-se uma experiência perturbadora. Na noite em que eles visitam a casa, homens encapuzados e armados invadem o local e sequestram as pessoas. Natasha e seu namorado tentam fugir, mas somente ela consegue. Agora, Natasha é vítima de uma perseguição que vem assombrando a sua vida. E para continuar viva, ela fará de tudo para desvendar o mistério que, aos poucos, vai se revelando algo muito mais perigoso do que ela imaginava. 

Resenha

Recebi o livro através do Book Tour realizado no blog do autor, que se chama Depois da meia noite. Assim que comecei a ler, não consegui parar. É o tipo de livro que provoca uma ansiedade e uma curiosidade maior ainda, e é impossível parar de ler. Devorei o livro em menos de 3h, de tão emocionante e intrigante é a leitura.

Natasha é uma paparazza comum, que trabalha numa empresa e tem um namorado que gosta muito, e um chefe que ela odeia. As coisas começam a mudar quando ela vira testemunha de um assassinato, e logo depois, sua vida vai despencando aos poucos. Quando ela e seu namorado decidem mudar um pouco o rumo da relação, indo á uma boate de swing, é a gota d’água, tudo desmorona de vez, e Natasha se vê diante de uma situação da qual nunca imaginou que pudesse passar.

Quando comecei a ler o livro, não sabia o que esperar. A capa deu á parecer que a história era de vampiros, mas a sinopse dizia outra coisa. O livro NÃO é de vampiros, podem ficar sossegados, não tem nada de clichê no meio dessas páginas.
No decorrer da história, conhecemos o pastor Rivelino (que é o pior pastor que já existiu. Parece um Hitler na vida, acha que os homossexuais, ateus, negros, etc, são impuros e não merecem viver.), o prefeito do Rio de Janeiro, e um homem chamado Silas.

No começo Natasha parecia uma personagem um pouco medrosa, mas também, passando por todas aquelas coisas de uma vez só, ninguém agüenta, mas ao longo da história, ela foi ficando cada vez mais corajosa, e cada vez mais foi ganhando minha torcida por um final bom.
Como já disse antes, é uma leitura super rápida, e os personagens foram muito bem caracterizados, principalmente Natasha, que além de corajosa, é também muito inteligente.

A trama principal do livro é a seita que captura as pessoas “impuras” e as usa para sacrifícios e coisas do tipo, e Natasha está determinada a acabar com isso, nem que tenha que fazer isso sozinha, já que não consegue confiar em mais ninguém. Depois da meia noite é um livro incrível, e eu agradeço ao autor pela oportunidade de poder ler um livro como esse.
MilkMilks
Dryh Meira

Especial dia dos Namorados


Oi meus amores, demorei para postar mas estou aqui com um especial DIA DOS NAMORADOS para vocês ^^ 

Com o dia dos namorados é muito comum que os apaixonados comecem a planejar cada momento do dia para curtir na companhia da pessoa amada e as opções para conseguir momentos agradáveis estão por toda a parte, indo desde um simples jantar romântico até viagens inesquecíveis para explorar novos lugares. Uma coisa é certa, independente da escolha do casal, o que vale mesmo é estar feliz com o parceiro e deixar o clima de amor no ar.
Diante desse quadro, uma opção que é preferida de muitos casais é uma boa sessão caseira de cinema a dois, e nesse momento é que surgem as dúvidas em relação aos melhores títulos para a ocasião. Visando auxiliar os pombinhos nessa grata tarefa, listei a seguir alguns filmes que são aconselháveis para o romântico momento.

Idas e Vindas do Amor



O título é baseado no dia dos namorados norte-americano, ou seja, o Valentine’s Day e está repleto de histórias envolventes entre casais apaixonados e até mesmo entre pessoas que, por não ter seus parceiros, se veem em meio à desilusão, ao passo que outras comprometidas desejam liberdade, enfim, a comédia romântica é um híbrido de tudo o que ronda a data do dia dos namorados, incluindo o papel comercial da data. Além de uma trama envolvente e cenas muito bem produzidas o filme conta ainda com um elenco acima da média, com nomes como Ashton Kutcher, Julia Roberts, Jamie Foxx e Jéssica Alba, sem dúvida um filme que vale muito a pena para um programa a dois.
















Dia dos Namorados Macabro 


Aos que esperavam apenas títulos românticos em nossa lista, perdão por desapontar e aos que gostariam de ver outros gêneros, eis a alternativa, o dia dos namorados macabro é ,na verdade, um terror no qual a história se desenrola no dia dos namorados quando um misterioso assassinato em massa acontece, tornando o filme intrigante e com doses extras de suspense. Embora o título tenha sido lançado em 1981, o mesmo ganhou uma nova versão em 2009 aproveitando a tecnologia 3D e, sem dúvida, se tornou uma excelente opção para assistir a dois.











500 dias com ela




Esse é outro filme romântico e divertido que retrata a história de um relacionamento que chegou ao fim e isso faz com que o homem inconformado, decida rever todos os 500 dias que se passaram na companhia da amada, a fim de encontrar onde se originou o erro que levou ao fim da relação. Uma história envolvente e que não poderia, sem dúvida alguma, estar ausente dessa lista.


















O lado bom da vida



Filme baseado em livro de sucesso modesto mundo afora e que por vontade de seu autor virou esse considerável longa-metragem, no qual o personagem central após perder tudo de valioso na vida, tanto no quesito material, quanto emocional, e passar por bom período em um sanatório, volta à ativa em busca de correr atrás do tempo perdido e superar tudo de ruim que já lhe aconteceu, entretanto, em meio ao seu recomeço, ele acaba encontrando alguém que parece ser tão maluco quanto ele mesmo e assim seus planos podem tomar outro rumo, originando assim uma verdadeira aventura. O filme é uma comédia dramática e que, sem dúvida, é excelente opção a considerar para ver com a pessoa amada no dia dos namorados.













Último tango em Paris   







Esse é um daqueles filmes picantes e envolventes que ao final fazem os apaixonados querer uma ardente noite de amor, sobretudo, motivado pela história e as cenas contidas no decorrer do longa-metragem. O filme conta a história de uma jovem que, em uma visita a paris, conhece e se apaixona por um rapaz que acabara de ficar viúvo e instantaneamente se veem diante de uma incontrolável atração sexual um pelo outro, e embora se esforcem para manter o sigilo dessa relação que tem como objetivo puramente o sexo, em dado momento, muita coisa começa a fugir do controle tornando complicada a vida de ambos. Esse título do gênero de drama e erotismo sem dúvida é uma boa pedida pra quem está buscando esquentar o clima na noite dos namorados.













Flávia Santos


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...