O desapego rebelde do coração

O desapego rebelde do coração acabou de entrar para a minha listinha de favoritos, e por favor, se deixem enganar por essa capa linda... a história é tão incrível quanto! Com vocês, Branca, Rodrigo e Lex.
Esta resenha não contém spoilers de seus livros anteriores, As batidas perdidas do coração e O descompasso infinito do coração.

Título: O desapego rebelde do coração
Autora: Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
Edição: e-book
Lançamento: 2017
Série: Batidas perdidas #3
Sinopse: Quando um amor do passado ressurge e sentimentos mal resolvidos vêm à tona, é preciso decidir entre lutar pelo que se quer ou fugir — e pôr em risco a própria felicidade.
Branca sempre foi uma mulher independente, que não pensava em se casar tão cedo — até conhecer Lex. Entre idas e vindas, eles se casaram e se divorciaram menos de um ano depois. Ela levou um tempo para superar a perda e, sem esperar muito, começou com Rodrigo um perigoso jogo de gato e rato. Rodrigo tinha uma queda por Branca quando mais novo, mas hoje a enxerga apenas como a razão de uma paixonite adolescente. O que ele esconde de todos — até de si mesmo — é quanto todas as perdas que sofreu o afetaram, e o único modo de lidar com isso é fingir não sentir nada. Lex ficou muito tempo afastado de todos que amava, trabalhando em outra cidade e tentando seguir em frente, como sempre fez. Sua intenção era voltar apenas para o casamento de amigos, mas a vida tinha outros planos para ele.
Agora os três precisam lidar com o que está acontecendo — e mais, com o bebê que surge com Lex. Quanto a mágoa pode afastar duas pessoas que se amam? Como encarar uma situação em que pelo menos um deles certamente sairá ferido?

O descompasso infinito do coração

Oiee pessoas \0/
Já faz um tempão que li e resenhei O descompasso infinito do coração, mas estava devendo a resenha dele aqui. Só fui lembrar mesmo porque terminei O desapego rebelde do coração hoje, e percebi que a resenha de seu antecessor ainda não estava aqui. Pois é. Mas agora estarão as duas! 
O livro não contem spoilers do primeiro livro, As batidas perdidas do coração <3

Título: O descompasso infinito do coração
Autora: Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
Edição: 1
Lançamento: 2015
Série: Batidas Perdidas #2

Sinopse: Clara acaba de descobrir a traição do marido. Com dois filhos pequenos e a baixa autoestima que a consome, ela vê sua vida mudar drasticamente, apesar do desejo de permanecer na zona de conforto. Bernardo é apaixonado por Clara desde a adolescência. Agora ele tem a chance de conquistá-la e mostrar que os dois devem finalmente ficar juntos. Mas o que parece tão simples, para ele, é complexo demais para ela. Enquanto Bernardo é preenchido por certezas, o coração de Clara é inundado de receios, traumas e dúvidas. Como viver o presente quando o passado não deixa você olhar para frente? Será que um coração despedaçado pode recuperar a capacidade de amar? E o mais importante: como se entregar de corpo e alma quando não se consegue amar nem a si mesma? Em O descompasso infinito do coração, Bianca Briones mostra que o verdadeiro amor pode resistir ao tempo e a cada obstáculo que a vida lhe impõe. Esta é uma história intensa e comovente de segredos, paixão e amizade. É a última chance de dois corações que cansaram de viver separados.

Uma noite como esta

Finalmente pude ler o segundo livro do Quarteto Smythe-Smith! Yey! Não é novidade para ninguém que eu sou fã de carteirinha da Rainha JQ, mas desta vez eu demorei para alcançar seus lançamentos...hehe' estava em dúvida se deveria ler Uma noite como esta OU Como agarrar uma herdeira, mas como já conhecia os personagens que apareceriam em Uma noite como esta, optei por lê-lo primeiro. Mesmo sendo o segundo livro da série, a resenha não contém spoilers ;)

Título: Uma noite como esta
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Edição: 1
Lançamento: 2017
Série: Quarteto Smythe-Smith #2
Sinopse: Anne Wynter pode não ser quem diz que é... Mas está se saindo muito bem como governante de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um deposito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre.
Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo... Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhece-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio. O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu mata-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.

Sorteio: Suicidas

Oiee pessoas \0/
Não sei vocês, mas eu morria de curiosidade de saber os motivos que levaram 9 jovens da elite carioca a se suicidarem juntos. Seria uma brincadeira que deu errado, ou eles realmente não queriam mais viver? As respostas estão no livro Suicidas, de Raphael Montes, e em parceria com a Companhia das Letras, vamos sortear um exemplar aqui no blog <3
Antes de mais nada, deixo aqui meus agradecimentos à editora

Aniversário de 2 anos do Caçadoras de Spoiler

Oiee pessoas \0/

Este mês o blog Caçadoras de Spoiler completou 2 anos e, para comemorar, vários blogs e autores decidiram fazer uma mega festa! São 6 kits com vários livros e mimos, e tem muita coisa boa, já adianto <3

Marcas da vida

Oiee pessoas \0/
Apareci por aqui de última hora para trazer a resenha de Marcas da vida, da autora Natália Moreno. Recebi meu exemplar no final de Agosto, mas só agora consegui lê-lo. Antes de mais nada, gostaria de agradecer a autora pela gentileza em ceder um exemplar para resenha <3

Título: Marcas da vida
Autora: Natália Moreno (cortesia)
Editora: Novo Século (selo Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 118
Edição: 1
Lançamento: 2015
Sinopse: Marcas da vida conta a história de Lilian, uma atriz no auge da carreira, que vê sua vida ser destruída quando sofre um acidente de carro. Com um contrato cancelado e cheia de contas a pagar, Lilian torna-se professora de teatro. Segue sua vida sem grandes aspirações até que uma aluna nova reacende nela o sonho de ter uma família. A professora, esperançosa, mas ainda marcada pelas tragédias de sua história, embarca em relacionamento com Marcos, um publicitário bem-sucedido, cercado de prestígio e belas mulheres. Para não desistir da felicidade, Lilian terá de lidar com os seus fantasmas e se enxergar além do que vê no espelho.

Confesse

Colleen Hoover é uma das minhas autoras favoritas, e quando vi que outro livro dela seria lançado por aqui (muito obrigada por trazer as obras dessa diva para nós, Galera Record <3) fiquei imediatamente curiosa. Hoje trouxe a resenha dele, bora?

Título: Confesse
Autora: Colleen Hoover
Editora: Galera (cortesia)
Páginas: 320
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Auburn Reed perdeu tudo que era importante para ela. Na luta para reconstruir a vida destruída, ela se mantém focada em seus objetivos e não pode cometer nenhum erro. Mas ao entrar num estúdio de arte em Dallas à procura de emprego, Auburn não esperava encontrar o enigmático Owen Gentry, que lhe desperta uma intensa atração. Pela primeira vez, Auburn se vê correndo riscos e deixa o coração falar mais alto, até descobrir que Owen está encobrindo um enorme segredo. A importância do passado do artista ameaça acabar com tudo que Auburn mais ama, e a única maneira de reconstituir sua vida é mantendo Owen afastado.

Tag: Emoji Book

Oiee pessoas ^^

Encontrei essa tag no blog Literaleitura já tem um tempo, mas só agora decidi respondê-la, e com uma pequena alteração: como estamos em Setembro, só colocarei livros nacionais <3

Como funciona? É simples, basta escolher cinco emojis que você mais usa nas conversas e selecionar o livro que combine mais com aquele emoji. Vamos conferir?


Marlena

Oiee pessoas, como vocês estão?

Título: Marlena
Autora: Julie Buntin
Editora: Fábrica 231 (cortesia editora Rocco)
Páginas: 304
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Cat tem 15 anos e se sente sozinha e perdida ao deixar para trás o mundo que conhecia para viver numa pequena cidade no interior de Michigan. Mas sua vida se transforma quando ela conhece sua nova vizinha. Marlena é uma garota destemida, determinada e fora de controle. Logo as duas se tornam inseparáveis e passam a testar seus limites, em busca de novas experiências e, principalmente, de um sentido para a vida. Até que um desfecho inesperado põe fim a esta amizade. Quase 20 anos depois, Cat relembra aquele período de excessos e ainda luta para perdoar a amiga e a si mesma, neste romance ao mesmo tempo sensível e brutal sobre uma amizade obsessiva e sobre pessoas que, não importa o quanto se demorem, deixam marcas profundas na vida de outras.

Anna Karienina

Olá todos!

Hoje trago a resenha de um clássico russo (que logo viraria um clássico mundial) que me encantou do início ao fim: Anna Kariênina do Tolstói.

Título: Anna Kariênina
Autor: Liev Tólstoi
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 808
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: “Toda a diversidade, todo o encanto, toda a beleza da vida é feita de sombra e de luz”, escreve Liev Tolstói no romance que Fiódor Dostoiévski definiu como “impecável”. Publicado originalmente em forma de fascículos entre 1875 e 1877, antes de finalmente ganhar corpo de livro em 1877, Anna Kariênina continua a causar espanto. Como pode uma obra de arte se parecer tanto com a vida? Com absoluta maestria, Tolstói conduz o leitor por um salão repleto de música, perfumes, vestidos de renda, num ambiente de imagens vívidas e quase palpáveis que têm como pano de fundo a Rússia czarista. Nessa galeria de personagens excessivamente humanos, ninguém está inteiramente a salvo de julgamento: não há heróis, tampouco fracassados, e sim pessoas complexas, ambíguas, que não se restringem a fórmulas prontas. Religião, família, política e classe social são postas à prova no trágico percurso traçado por uma aristocrata casada que, ao se envolver em um caso extraconjugal, experimenta as virtudes e as agruras de um amor profundamente conflituoso, “feito de sombra e de luz”.

O ódio que você semeia

Oiee pessoas \0/

Título: O ódio que você semeia
Autora: Angie Thomas
Editora: Galera (cortesia)
Páginas: 378
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial. Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. Seja obediente.
Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto.
Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início. Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.

Suicidas

O primeiro livro que eu li do Raphael Montes foi Jantar secreto, lançado ainda este ano pela Companhia das Letras. Até então eu ainda não conhecia a escrita do autor, mas tinha lido várias resenhas de Dias perfeitos e O vilarejo. Quando vi que a Companhia das Letras iria publicar uma nova edição de Suicidas, o primeiro romance do autor, fiquei mega curiosa e não pude evitar pedir o meu. Comecei a leitura de Suicidas ontem, e o terminei hoje de manhã. Ainda estou me recuperando do choque, mas quis aproveitar o sentimento para já trazer a resenha. Bora?

Título: Suicidas
Autor: Raphael Montes
Editora: Companhia das Letras (cortesia)
Páginas: 432
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Antes que o mundo pudesse sonhar com o terrível jogo da baleia azul, que leva jovens a tirara própria vida, ou que a série de televisão 13 Reasons Why fosse lançada e se tornasse o sucesso que é hoje, Raphael Montes, então com 22 anos, já tratava do tema do suicídio entre jovens, com a ousadia que virou sua marca registrada. Em seu primeiro livro, que a Companhia das Letras agora relança acrescido de um novo capítulo, conhecemos a história de Alê e seus colegas, jovens da elite carioca encontrados mortos no porão do sítio de um deles em condições misteriosas que indicam que os nove amigos participaram de um perigoso e fatídico jogo de roleta russa. Aos que ficaram, resta tentar descobrir o que teria levado aqueles adolescentes, aparentemente felizes e privilegiados, a tirar a própria vida. Para isso, contamos com os escritos deixados por Alê, um narrador nada confiável.

Belinda & Em

Oiee pessoas, como vocês estão?
Hoje eu trouxe a resenha de Belinda & Em, lançamento de junho da Editora Galera. Bora conhecer?

Título: Belinda & Em
Autora: Cammie McGovern
Editora: Galera (cortesia)
Páginas: 400
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Autora de “Amy & Matthew”, Cammie McGovern volta às livrarias contando a história de uma outra dupla desta vez. Emily sempre se orgulhou da sua capacidade de enxergar além das aparências. Copresidente da Coalizão para Ação Jovem da escola, é a primeira a defender os direitos das minorias. Mas, secretamente, Emily ainda é um pouquinho fascinada pelos populares da escola. E nutre um leve rancor quanto a sua inexistente vida amorosa. É justamente enquanto pensa nisso que a garota testemunha uma colega de classe com necessidades especiais, Belinda, ser atacada embaixo das arquibancadas da escola. E não faz nada. Emily e Lucas, outra testemunha passiva do ataque, são obrigados a prestar serviço comunitário em um centro de pessoas como Belinda. Logo os jovens começam a sentir que podem fazer uma diferença real.

Maratona Literária - Setembro Nacional

Setembro já começou faz um tempinho, mas nunca é tarde para participar de maratonas, não é mesmo? Este ano ele será (novamente) organizado pela Kelly Alves do Paraíso das Ideias, contando com a ajuda da Nina do Quem lê sabe porquê e do Luiz do Insta @Luentrelivros.

O caminho de casa

Oiee pessoas ^^
Não sei vocês, mas eu li pouquíssimos livros cujos autores eram africanos, e como eu sou uma pessoa que anda um pouquinho cansada de ficar só lendo livros de autores norte-americanos e britânicos, quando vi O caminho de casa e li sua sinopse, já imaginando que encontraria uma carga histórica grande aqui, fiquei imediatamente curiosa para ler. Hoje eu trouxe minhas impressões sobre um livro que, até agora, está mexendo comigo. Bora?

Título: O caminho de casa
Autora: Yaa Gyasi
Editora: Rocco (cortesia)
Páginas: 448
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Nascida em Gana e criada nos Estados Unidos, a jovem Yaa Gyasi tornou-se um dos nomes mais comentados na cena literária norte-americana em 2016. Seu romance de estreia, O caminho de casa, recebeu resenhas estreladas dos mais importantes jornais e revistas do país, alcançou a disputada lista dos mais vendidos do The New York Times, foi incluído na prestigiosa lista dos 100 livros notáveis do ano do mesmo jornal e arrebanhou o prêmio PEN/Hemingway de melhor romance de estreia. Com uma narrativa poderosa e envolvente que começa no século XVIII, numa tribo africana, e vai até os Estados Unidos dos dias de hoje, Yaa mostra as consequências do comércio de escravos dos dois lados do Atlântico ao acompanhar a trajetória de duas meias-irmãs desconhecidas uma da outra, e das gerações seguintes dessa linhagem separada pela escravidão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...