Enraizados

Enraizados foi um livro duplamente difícil para mim. Foi um pouco difícil engatar na leitura, e foi ainda mais difícil escrever esta resenha, mas espero conseguir passar a todos vocês o que senti enquanto acompanhava Nieshka e o Dragão nessa aventura encantadora <3

Título: Enraizados
Autora: Naomi Novik
Editora: Rocco – selo Fantástica (cortesia)
Páginas: 384
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Na trama, Agnieszka e Kasia são melhores amigas e levam uma vida tranquila no vale. Mas essa tranquilidade cobra seu preço. Afinal, às margens do vilarejo onde moram fica a temida Floresta corrompida, cheia de um poder maligno desconhecido, e para impedir que ele avance para além das fronteiras da Floresta, o povo do vale conta somente com a proteção de um mago frio e ambicioso, que a cada dez anos exige que uma jovem do vilarejo seja entregue para servi-lo. Enquanto a próxima escolha se aproxima, Agnieska teme por sua bela, graciosa e corajosa amiga. Mas pode ser que ela esteja errada. Porque, quando o Dragão chegar, não é Kasia que ele vai escolher.

O garoto está de volta

Oiee pessoas \0/
Quem aí é fã de Meg Cabot? Eu entro nesse clube, mas tenho que admitir: esse livro não foi tudo o que eu esperava. E olha que eu nem esperava tanta coisa... Bora saber o motivo?

Título: O garoto está de volta
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera (cortesia)
Páginas: 352
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Reed Stewart pensou que todos os problemas da cidade pequena – incluindo um coração partido – haviam ficado para trás quando ele abandonou Bloomville, Indiana para se tornar um rico e famoso profissional do golfe. Até um post na internet ressuscitar todas as suas inseguranças de adolescente e levá-lo de volta à pequena cidade natal.
Becky Flowers investiu tempo e recursos para se tornar uma bem-sucedida profissional do ramo de realocação de idosos. Mas ela trabalhou ainda mais duro para esquecer que Reed Stewart sequer existia. Ela não tinha, absolutamente, a menor intenção de revê-lo, agora que ele voltou. Até a família do garoto a contratar para ajudar na mudança dos pais.

Proteja-me

Oiee pessoas \0/
Continuando a maratona do feriado do dia 15/11 (cujos livros eu manterei em segredo até que ela acabe, na segunda-feira...hehe'), trago hoje a resenha do livro Proteja-me, das autoras Josy Stoque e Mila Wander. Foi meu primeiro contato com a escrita da Mila, mas eu já tinha lido outros livros da Josy antes que, inclusive, foram resenhados aqui no blog. 
Bora conhecer Celina e Drian?

Título: Proteja-me
Autoras: Josy Stoque e Mila Wander
Páginas: 542
Edição: 1 (e-book)
Lançamento: 2017
Sinopse: Celina buscava um casamento estável com um dominador e tem orgulho de ter esperado o homem certo aparecer. Pouco importa que só aconteceu aos seus 40 anos, que Ramon seja viúvo e tenha dois filhos do primeiro casamento. Ela ainda é bonita, cuida do corpo e da pele, tudo para laçar de vez um marido rico, charmoso, gostoso e que cuide dela. Ainda na lua de mel, Celina descobre que o relacionamento com um político influente pode destruir o romantismo que sempre sonhou vivenciar. Para piorar a situação, seus enteados Drian e Lya não aceitam que ela tome o lugar da falecida mãe, criando um clima desconfortável em seu novo lar logo no primeiro dia. Se sentindo sozinha e uma estranha na mansão dos Moura Lenox, a submissa se entrega de corpo e alma na função de esposa perfeita. Porém, a ausência constante do poderoso marido a aproxima de Drian, o primogênito sério e disposto a seguir os passos do pai na carreira pública. Ambos só querem agradar Ramon, mas a companhia um do outro se mostra cada dia mais indispensável, o que pode significar tanto a felicidade, quanto a completa ruína da família.

Tag: Vergonhas Literárias - feat. Luan Sampaio

Oiee pessoas ^^

Há alguns dias, eu e o Luan (do Justificou@cluaz) respondemos uma tag bem legal lá no Instagram. Ela tinha sido dividida entre o insta do Justificou e o do blog, e agora estamos postando todas as respostas aqui no blog ♥ Esta foi a segunda tag respondida em parceria com o Luan, a primeira foi a Tag: O forninho caiu.
Então, bora passar vergonha?

Mil e quinhentos

Oiee pessoas \0/
Quais os planos para o feriado (prolongado até segunda para uns, e até amanhã para outros haha)? Eu estou aproveitando os dias totalmente livres para adiantar algumas leituras, e, entrando no clima do feriadão de Proclamação da República, decidi ler o livro Mil e quinhentos, que traz uma história do "descobrimento" do Brasil, e dois irmãos como protagonistas, ao invés do amado/odiado Pedro Álvares Cabral. Bora conhecer?

Título: Mil e quinhentos
Autor: Alan Oliveira
Editora: Gaivota (cortesia)
Páginas: 128
Edição: 1
Lançamento: 2016
Sinopse: Quando as grandes naus estão prestes a deixar Portugal rumo às Índias, em 1500, os irmãos Scalfi resolvem encarar o Atlântico. Juntos com um amigo francês, são escolhidos para viajar na embarcação principal de uma das expedições e acabam vivendo uma história emocionante e imprevisível. Lidar com perdas e enfrentar o desconhecido são apenas alguns dos desafios que eles têm de enfrentar.
Na narrativa de Alan Oliveira, Pedro Álvares Cabral e Pero Vaz de Caminha são apenas coadjuvantes de uma história envolvente, com doses certas de realidade, mistério e imaginação.

O reino da fala

Olá a todos!

Hoje trago a resenha de um livro que me deixou um pouco confuso, ainda estou tentando digerir as novas informações acionadas à minha vida. Enquanto isso, deixo com vocês a resenha.

Título: O Reino da Fala
Autor: Tom Wolfe
Editora: Rocco (cortesia)
Edição: 1
Páginas: 190
Lançamento: 2017
Sinopse: Expoente do New Journalism e autor de romances consagrados como A fogueira das vaidades, Tom Wolfe investe todo o seu talento de jornalista investigativo e exímio contador de histórias em O reino da fala, em que se debruça justamente sobre sua principal ferramenta de trabalho: a linguagem. Com sua prosa irreverente e humor mordaz, o autor examina os repetidos esforços da ciência na tentativa de explicar o dom humano da fala, segundo ele a verdadeira responsável pelas complexas sociedades e conquistas da humanidade. De Alfred Wallace, que primeiro formulou a teoria da seleção natural, mas depois renunciou a ela por sua incapacidade de explicar a fala humana, passando pelo pai da Teoria da Evolução, Charles Darwin, e chegando a neodarwinistas, cientistas e linguistas de diversas correntes, Wolfe defende que a linguagem fez o homem avançar bem além dos limites da seleção natural e que a fala poderia ser considerada o quarto reino, habitado apenas pelo homem.

O urso e o rouxinol

Oiee pessoas ^^
Ontem finalizei o terceiro livro da maratona do feriado do dia 2/11, que estendi até o próximo feriado. Maas, como eu sou gananciosa, já estou preparando uma segunda maratona para este mês de Novembro, e ela começará no dia 15/11 e irá até o dia 19/11 \0/ Mais tarde publicarei os livros escolhidos lá no Instagram do blog ♥
Enquanto isso, bora mergulhar na mitologia russa com Vasya e o demônio do inverno?


Título: O urso e o rouxinol
Autora: Katherine Arden
Editora: Fábrica 231 (cortesia Rocco)
Páginas: 320
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: O urso e o rouxinol mistura aventura, fantasia e mitologia ao acompanhar a jornada da jovem Vasya, criada, junto aos irmãos, num vilarejo próximo de uma floresta, e que cresceu ouvindo de sua ama contos e lendas sobre criaturas que vivem nas matas e que precisam receber oferendas para manter o mal adormecido em seu interior. Mas a chegada de Anna, madrasta de Vasya vinda da capital, de hábitos católicos, e de um padre ortodoxo que resolve instituir as práticas cristãs no vilarejo, provoca uma mudança na rotina da menina e abre as portas para uma terrível catástrofe. Sensível e determinada, Vasya é a única que consegue enxergar e conversar com esses seres fantásticos e torna-se a última esperança para salvar o povoado onde nasceu da destruição.

Põe para tocar: Lydia

Sabe aquela banda pela qual você se apaixona já nos primeiros acordes de uma música? Aquela banda que, todas as vezes em que você escuta certa música, sente uma paz indescritível e quer sair dançando por aí? Assim foi Lydia para mim. Conheci essa maravilha através de um amigo, o qual eu denomino minha alma gêmea musical <3,  e agora vou apresentá-la a vocês (e torço para que também a amem )

O problema do para sempre

Oiee pessoas, como vocês estão?
Eu acabei falhando na maratona que inventei de fazer semana passada no Instagram, mas para mascarar a minha vergonha de ter lido um livro dos cinco que queria, vou estender essa maratona para o próximo feriado
Sem mais delongas, O problema do para sempre, segundo livro lido da maratona... Já adianto que não foi muito coisa </3

Título: O problema do para sempre
Autora: Jennifer L. Armentrout
Editora: Galera (cortesia)
Páginas: 392
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Mallory viveu muito tempo em silêncio. Mas o destino lhe reserva um novo desafio. E ela percebe que está na hora de encontrar a própria voz
Já na infância, Mallory Dodge percebeu que só poderia sobreviver se ficasse calada. Teve que aprender a ficar o mais quieta possível. Aprendeu a passar despercebida. A se esconder. Mas agora, após ter sido adotada por pais amorosos e dedicados, ela precisa enfrentar um novo desafio: sobreviver ao último ano do Ensino Médio numa escola de verdade. O que Mallory não imaginava é que logo no primeiro dia de aula daria de cara com um velho amigo que não via desde criança, quando viviam juntos no abrigo. E começa a notar que não é a única que guarda cicatrizes do passado, além de uma paixão adormecida e inevitável.

A cidade solitária

Olá a todos,

Hoje trago um livro importado de uma cidade que todos amam e sonham: Nova Iorque. Será que o livro foi tão interessante quanto a cidade?

Título: A Cidade Solitária
Autor: Olivia Laing
Editora: Anfiteatro (cortesia editora Rocco)
Páginas: 301
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Autora de Viagem ao redor da garrafa, uma minuciosa e sensível investigação sobre a relação de seis célebres escritores com a bebida, a britânica Olivia Laing se debruça agora sobre outro tema delicado, especialmente nesses tempos de “hiperconexão”. Em A cidade solitária, a autora mescla uma pesquisa bem fundamentada sobre a solidão, suas causas, sentidos e efeitos, com impressões pessoais sobre o que significa estar sozinho, a partir de sua experiência ao se mudar para Nova York. Solitária na grande metrópole, Laing passa a explorar a cidade por meio da arte, empreendendo um mergulho profundo em obras e vidas – do comovente Nightwalks, de Edward Hopper, às Cápsulas do Tempo de Andy Wharol, entre outras – para refletir sobre o quanto a solidão pode ser um fardo ou, no caso do artista, uma condição importante para o pleno desenvolvimento da criatividade.

Quando finalmente voltará a ser como nunca foi

O título é grande, e foi uma das coisas que mais atiçaram a minha curiosidade a respeito deste livro. A outra, é claro, foi a capa. Aproveitando o feriado e o fim de semana (juntinhos do jeito que a gente gosta ♥), iniciei uma maratona lá no Instagram do blog, e este foi o primeiro livro lido! 


Título: Quando finalmente voltará a ser como nunca foi
Autor: Joachim Meyerhoff
Editora: Valentina (cortesia)
Páginas: 352
Edição: 1
Lançamento: 2016

Sinopse: Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital psiquiátrico para crianças e jovens? Nosso pequeno herói não conhece outra realidade - e até gosta muito da que conhece. O pai dirige uma instituição com mais de 1.200 pacientes, ausenta-se dentro da própria casa quando se senta em sua poltrona para ler. A mãe organiza o dia a dia, mas se queixa de seu papel. Os irmãos se dedicam com afinco a seus hobbies, mas para ele só reservam maldades. E ele próprio tem dificuldade com as letras e sempre é tomado por uma grande ira. Sente-se feliz quando cavalga pelo terreno da instituição sobre os ombros de um interno gigantesco, tocador de sinos.

Aniversário de 2 anos do Queria Estar Lendo

Chegou aquela época do ano em que o Queria Estar Lendo faz aniversário e é claro que não poderíamos deixar de presentear os nossos leitores, que fazem com que o blog cresça a cada dia mais! Então nos juntamos com blogs e autores parceiros para fazer um mega sorteio e entregar 4 kits bem bacanas para 4 vencedores sortudos!

Eu estou aqui

Oiee pessoas \0/

Título: Eu estou aqui
Autora: Clélie Avit
Editora: Fábrica 231 (cortesia)
Páginas: 288
Edição: 1
Lançamento: 2016
Sinopse: No cenário frio e asséptico de um hospital surge a paixão entre Elsa, uma montanhista em coma há cinco meses depois de cair durante uma escalada, e Thibault, que se refugia no quarto da moça, por não querer visitar o irmão, o motorista bêbado que causou a morte de duas adolescentes num acidente automobilístico.
Enquanto Thibault pode conversar e incentivar Elsa a retomar o domínio de suas ações, a jovem ouve, percebe e sente toques em seu corpo, mas não tem como comunicar seus desejos e anseios. Os dois passam a se conhecer tanto pelo que transmitem um ao outro – Thibault em suas confidências, Elsa tentando demonstrar que corresponde a seus estímulos – quanto pelo que os amigos da montanhista comentam a respeito do rapaz ou falam a ele sobre Elsa. Junto da moça em coma, Thibault sente-se tranquilo e protegido da revolta contra o irmão, internado em estado grave no mesmo hospital. Elsa, embora cercada pela família e por amigos, se entusiasma com a ousadia de Thibault, que não se acanha em beijá-la. E quando os parentes discutem a possibilidade de desligar os aparelhos que a mantêm viva, é com ele que Elsa conta para lutar por sua própria sobrevivência.

Perto do Coração Selvagem

Olá a todos!

Hoje trago a resenha de uma escritora super aclamada (e acredito que conhecida pelos leitores do blog): Clarice Lispector.

Título: Perto do coração selvagem
Autor: Clarice Lispector
Editora: Rocco (cortesia)
Páginas: 202
Lançamento: 1988
Sinopse: A vida de Joana é contada desde a infância até a idade adulta através de uma fusão temporal entre o presente e o passado. A infância junto ao pai, a mudança para a casa da tia, a ida para o internato, a descoberta da puberdade, o professor ensinando-lhe a viver, o casamento com Otávio. Todos estes fatos passam pela narrativa, mas o que fica em primeiro plano é a geografia interior de Joana. Ela parece estar sempre em busca de uma revelação. Inquieta, analisa instante por instante, entrega-se àquilo que não compreende, sem receio de romper com tudo o que aprendeu e inaugurar-se numa nova vida. Ela se faz muitas perguntas, mas nunca encontra a resposta.

Do outro lado

Oiee pessoas \0/

Hoje eu trouxe a resenha de um livro muito amorzinho chamado Do outro lado, publicado pela Editora Rocco faz pouco tempo. É um romance que, bem...digamos que ultrapassa as barreiras entre o mundo dos vivos e o céu! 

Título: Do outro lado
Autora: Carrie Hope Fletcher
Editora: Fábrica 231 (cortesia Rocco)
Páginas: 272
Edição: 1
Lançamento: 2017
Sinopse: Do outro lado conta a emocionante jornada de Evie Snow, que morre aos 82 anos, serenamente e cercada pela família, mas descobre que ainda precisa acertar algumas contas com o passado para que sua alma consiga chegar ao Paraíso. Nesta espécie de segunda chance, Evie se vê aos 27 anos e sabe que precisa se livrar de culpas e segredos antes que seja tarde demais. Mas assim que começa a refazer a própria jornada, ela percebe que sabia pouco sobre a própria vida e que precisa recuperar o verdadeiro amor para encontrar a paz.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...