Desejo à meia-noite

Titulo: Desejo à meia-noite
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 272
Edição: 1
Lançamento: 2013

Sinopse: Após sofrer uma decepção amorosa, Amelia Hathaway perdeu as esperanças de se casar. Desde a morte dos pais, ela se dedica exclusivamente a cuidar dos quatro irmãos – uma tarefa nada fácil, sobretudo porque Leo, o mais velho, anda desperdiçando dinheiro com mulheres, jogos e bebida. Certa noite, quando sai em busca de Leo pelos redutos boêmios de Londres, Amelia conhece Cam Rohan. Meio cigano, meio irlandês, Rohan é um homem difícil de se definir e, embora tenha ficado muito rico, nunca se acostumou com a vida na sociedade londrina. Apesar de não conseguirem esconder a imediata atração que sentem, Rohan e Amelia ficam aliviados com a perspectiva de nunca mais se encontrarem. Mas parece que o destino já traçou outros planos. Quando se muda com a família para a propriedade recém-herdada em Hampshire, Amelia acredita que esse pode ser o início de uma vida melhor para os Hathaways. Mas não faz ideia de quantas dificuldades estão a sua espera. E a maior delas é o reencontro com o sedutor Rohan, que parece determinado a ajudá-la a resolver seus problemas. Agora a independente Amelia se verá dividida entre o orgulho e seus sentimentos.


Resenha

Esse é o primeiro livro da série Os Hathaways, da Editora Arqueiro, mais uma série de romances de época ♥

A família Hathaway é formada pelos cinco irmãos: Amelia, Win, Leo, Beatrix e Poppy, e também Merripen, que foi adotado pelos pais dos Hathaways há muito tempo, se tornando um quase-meio-irmão. Leo é o mais velho e Amelia a segunda, depois vem Poppy, Win e Bea. Após a morte dos pais e diversos eventos trágicos que acabaram desgraçando a família, Amelia passou a ser a responsável pelos irmãos, enquanto Leo desaparecia e se embebedava pelas ruas de Londres.
Amelia teve seu coração partido por um homem, e desde então vive dizendo que não pretende se casar, e que não quer um relacionamento de jeito nenhum. Ela não acredita em destino, mas quando conhece Cam Rohan, fica bem claro que aquilo já estava traçado. 
“- Você me terá – sussurrou Cam. – Você me terá, beija-flor. É seu destino. Mesmo que ainda não admita isso.” – página 185
Cam é um cigano-irlandês muito rico que acredita ter uma maldição que muitas pessoas adorariam ter: o excesso de dinheiro. Como cigano, ele não gosta de acumular coisas ou se exibir com suas riquezas. Cam é um homem charmoso e chamou a atenção de Amelia desde o primeiro momento em que ela o viu, e certos sentimentos que até então estavam escondidos debaixo de sua armadura, vieram à tona.
“Hipnotizada, Amelia era incapaz de desviar o olhar. Cam era um homem de extraordinária beleza, a pele escura como mel de trevo, o cabelo negro caindo sobre a testa de uma forma que fazia seus dedos tremerem de vontade de ajeitá-lo.”- página 26
A situação financeira dos Hathaways não é a das melhores. Leo gasta mais do que pode e Amelia tenta economizar ao máximo o dinheiro que ainda lhes restam, então ela acaba adquirindo uma propriedade “caindo aos pedaços”, onde acredita que a família será feliz e tudo começará a dar certo. Como não têm muitos empregados, os Hathaways (as meninas) começam a organizar e limpar a casa, com a ajuda de Merripen.

Amelia é uma mulher forte e determinada, dona do próprio nariz, mas ás vezes se preocupa demais com seus irmãos. Ela tenta dar atenção à todo mundo o tempo todo, mas acaba se esquecendo de cuidar dela mesma. Mesmo com a ajuda de Merripen, ela não consegue dar conta de todos os irmãos, principalmente de Leo, que há muito tempo deixou de se importar com as coisas, e agora não está nem aí para nada.

Não tinha duvidas de que Amelia e Cam acabariam apaixonados um pelo outro, mas os encontros e desencontros, e também os conflitos, que a autora adicionou à história a deixaram ainda melhor, não deixando tão óbvio qual seria o final. Apesar de ser um romance, o livro não foca apenas em Amelia e Cam; a autora dá também destaque aos outros irmãos, Leo e Win (provável protagonista do próximo livro), o que não deixou a história virar um clichê.

“Amelia sentiu a mudança no toque de Rohan. Sua mão dirigiu-se ao braço dela e seu polegar encontrou a curva interna de seu cotovelo, onde o pulso palpitava com força sob a pele frágil. Ele a tocava com a intimidade de um amante.” – página 141
A leitura é rápida e os personagens encantadores. A história se passa em Londres (♥) em 1848, mas foi um pouco difícil visualizar as cenas se passando num século passado, mesmo com as descrições da autora. É um livro maravilhoso, mas eu esperava um pouco mais.

MilkMilks
Dryh Meira

18 comentários

  1. A Editora Arqueiro realmente investe em romances de época. Tenho acompanhado Os Bridgertons e adorado. Não conhecia essa...

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda bem né?' haha' estou apaixonada pelos Bridgertons também ♥

      Excluir
  2. Nunca li um romance de época, só li Paixão, da Lauren Kate, se é que vale, esse me parece ser legal, principalmente por se passar em uma época que eu simplesmente adoro, e achei que a leitura é fácil também, assisti the edge of love e me apaixonei mais ainda pelos tempos antigos haha.

    http://booksandflowers.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. romances de época são o máximo! o melhor gênero de romance ♥

      Excluir
  3. Oi Dryh!

    É terrível fazer grandes expectativas ahahahha Pra mim, poucas vezes correspondem :( Mas vejo que você gostou mesmo assim, né? O livro já me conquistou por ser de época e se passar em Londres! Linda resenha!

    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gostei bastante ^^ estou cada vez mais apaixonada por livros de época...haha'

      Excluir
  4. Oi, Dryh, tudo bem?

    To doida pra conseguir arranjar um tempinho e ler esses romances de época da Arqueiro. Tenho todos mas ainda não consegui ler. Só vejo comentários positivos. E Londres do século passado deve ser perfeito mesmo *-*

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pior que é mesmo...haha' adoraria ter vivido naquela época, com exceção de que as pessoas eram 1000% mais machistas *-*

      Excluir
  5. Oieee, tudo bem?
    Então, acho que sou anormal, pq sou a única que não curti esse primeiro livro da série. O segundo ainda é meu preferido, apesar da série ir melhorando com o tempo. Adorei a resenha e as quotes.

    beijos, http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu gostei mais do terceiro, dos três já lançados. Mas algo me diz que a história de Leo vai me encantar ainda mais :)

      Excluir
  6. Tenho muita curiosidade de ler esses romances de época da arqueiro! <3 Pena que esse livro não correspondeu totalmente às suas expectativas, mas você gostou mesmo assim, né? Amo Londres, amo personagens encantadoras e espero conseguir ler logo. Acho as capas dessa série lindas! =)

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gostei bastante ♥ e só posso dizer que vai melhorando ainda mais a cada livro ♥

      Excluir
  7. Dryh!
    Só em ser um romance histórico já é maravilhoso e ainda ter um drama familiar, aumenta ainda mais minhas expectativas nessa série.
    Obrigada por visitar o blog!
    Bom final de semana!!
    cheirinhos
    Rudy
    Blog Alegria de Viver e Amar o que é Bom!
    “Tarde demais o conheci, por fim; cedo demais, sem conhecê-lo, amei-o.”(William Shakespeare)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada Rudy ^^ uma ótima semana para você ♥

      Excluir
  8. Já conhecia esse livro e realmente é muito bom, para mim, da vontade de ler várias vezes, pois vale a pena.

    ResponderExcluir
  9. Adoro Romances de época. Ainda não li essa série, mas com certeza quero ler. Adorei essa mistura com povo cigano.

    ResponderExcluir
  10. Eu não tinha muito interesse nesse livro, mas depois de tantas resenhas positivas, eu vou dar uma chance a série *----*

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nenhum livro dessa editora, mas fiquei apaixonada pela história: paixão, mistério, conflitos familiares, personagens envolventes, mais um para minha lista, adorei a resenha.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...