Predestinados

Titulo: Predestinados
Autora: Josephine Angelini
Editora: Intrínseca
Páginas: 320
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: Helen Hamilton passou a vida inteira tentando disfarçar o fato de que é uma garota diferente, mas agora, aos dezesseis anos, isso está cada vez mais difícil. Não apenas por causa de sua força sobre-humana ou porque às vezes, sem motivo aparente, pessoas estranhas simplesmente a atacam, mas também porque ela teme que seu juízo esteja seriamente comprometido. Pesadelos recorrentes com uma estranha viagem pelo deserto e a visão de três mulheres derramando lágrimas de sangue a tem atormentado noite e dia. Ao mesmo tempo, um impulso inexplicável, incontrolável, passa a dominar seus pensamentos: Helen quer matar Lucas, um dos rapazes da glamorosa e misteriosa família Delos. À medida que descobre mais sobre sua verdadeira origem, ela percebe que a relação dos dois está submetida não só à sua vontade, mas a forças e tradições ancestrais.
Resenha

Comprei Predestinados há algum tempo. Sempre tive vontade de lê-lo, mas só criei coragem para adquiri-lo quando o vi em promoção na Saraiva. Demorei bastante tempo para começar a leitura, não tinha muitas expectativas, e fico feliz em não ter esperado tanto do livro, pois teria me decepcionado, e muito.
“ – Se você soubesse o quanto isso que acabou de fazer seria difícil para uma garota comum da sua idade, você entenderia do que estou falando. Você não é comum, Helen. Você tenta parecer normal, mas não é. Você é igual a ela. – disse ele com a voz se apagando.” – página 16
O começo é como qualquer outro livro, tranqüilo. Conhecemos a personagem principal, Helen, uma garota alta, rápida e forte demais para sua idade, que mora numa ilha pequena com poucos habitantes. Como já era de se esperar, sua vida muda quando uma família, o clã Delos chega á cidade, aí a coisa começa a esquentar, principalmente quando ela vê Lucas.
“Encontrar os olhos dele a despertou. Pela primeira vez na vida, Helen soube o que era o mais puro e venenoso ódio.” – página 34

Predestinados nos ensina um pouco sobre os deuses gregos e suas linhagens, que no total, são 4. Assim como em Percy Jackson (sem querer comparar as histórias), os deuses acabam tendo filhos com humanos. Em Predestinados, esses filhos são chamados de Descendentes, e todos eles são incomodados pelas fúrias.
Existe uma certa rixa entre as quatro linhagens, denominadas CASAS, e as responsáveis por essa rixa são as fúrias, que insistem em plantar o ódio em todo lugar.
Lucas é de uma CASA diferente de Helen, e por isso, eles sentem uma necessidade enorme de matar um ao outro, até que acabam se apaixonando (tão clichê.)

Não esperava uma história parecida com tantas outras que já li, queria uma história nova, e algo me dizia que Predestinados tinha essa história, mas me enganei. É tão clichê quanto qualquer outro livro onde os personagens principais começam se odiando e acabam se amando no final. Chega a ficar cansativo em várias partes, inclusive na metade, quando os Delos começam a treinar Helen. 

Lucas é grudento demais, se preocupa demais com Helen, e ela só sabe se fazer de coitadinha, como se fosse a única vitima de todas as maldições e coisas ruins, como se todo mundo tivesse a obrigação de protegê-la sempre que ela entrar em alguma confusão ou perigo. Acho que os únicos personagens que me encantaram foram Jason e Hector. Hector era o único que não caia na “lenga lenga” da “princesinha”, e o admiro por isso.

Não estou ansiosa para ler os próximos livros da série, na verdade, não tenho vontade alguma de lê-los. Não consigo acreditar que alguém possa ter comparado Predestinados com Jogos Vorazes.

“Desde Jogos Vorazes não desejo tanto que um livro tenha seqüência.” – LA Times

MilkMilks
Dryh Meira

17 comentários

  1. É tão ruim quando nos decepcionamos com um livro. Pela sinopse parecia ser um bom livro. A capa é muito bonita. Não pretendo ler.

    ResponderExcluir
  2. Os mitos dos deuses e suas relações com humanos sempre rendem bons livros. Pena que o clichê romântico atrapalhou na originalidade do livro, parecia muito boa a proposta inicial. Acho que o nome também não ficou muito adequado... :/

    Abraços, Mallú Ferreira
    semclichesporfavor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente a autora estragou a história, mas não fosse o romance o livro seria bem melhor *-*

      Excluir
  3. É horrivel gastar dinheiro e naomgistar do livro.,.
    Nao conseguiu me interessar nem pela sinopse aind abem..

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mesmo *-* que sorte...kkkk' espero nunca mais comprar um livro ruim *-*

      Excluir
  4. Quero muito ler o livro!! Vou ler e ver o que acho.
    Sobre comparar com THG, acho que as pessoas colocam Jogos Vorazes em um pedestal. O livro não é nada original, na realidade é um "remake" -para não dizer cópia - de Battle Royale. Eu gosto, mas a narrativa não tem nada de grandioso e o ultimo livro é pessímo. Sei lá, não concordo com toda essa fama não kkkk mas né, questão de opinião ;)


    Beijos
    http://literaturaummundoparapoucos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. infelizmente é isso mesmo, parece que querem comparar todos os lançamentos com Jogos Vorazes, mesmo que sejam de assuntos totalmente diferentes *-*

      Excluir
  5. Nossa, eu gostei do livro. hahahaha :P
    É que eu adoro coisas que envolvam mitologia grega, então né. :P
    beijos
    apenas-um-vicio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico feliz que você tenha gostado dele, Dessa ^^ eu também adoro a mitologia grega ♥

      Excluir
  6. Oi Dryh,
    Uma pena que o livro não tenha funcionado para você, mas eu gostei de Predestinados e não vejo a hora de poder ler os próximos livros.

    *bye*
    http://loucaporromances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que vou dar uma chance para o segundo livro, mas não o comprarei...kkk' fico feliz que você tenha gostado dele, Marla ^^

      Excluir
  7. Dryh!
    Pelo visto suas leituras não tem a agradado muito...
    Gosto de livros de fantasia, onde existe uma hierarquia e rixa entre famílias e não me importo com os clichês, eles fazem parte do dia a dia.
    A falta de criatividade prejudica mesmo um livro...
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Não gostei desse livro, infelizmente não faz meu estilo.

    ResponderExcluir
  9. Já li este livro e meio que considerei uma mistura de Crepúsculo( por causa da protagonista) com Percy Jackson @_@
    No começo o ritmo da história era normal, mas quando chegou no meio caiu de um modo que eu tentava ler rápido para termina-lo, só lá pro final que voltou a melhorar e terminou de um jeito que fiquei com raiva por não ter lançado o segundo livro no Brasil xD

    http://www.masquelivro.com/

    ^^ Seguindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fiquei com um pouco de raiva também, mas isso porque quero saber o que acontece depois e se a história melhora *-*

      Excluir
  10. Acho o enredo do livro bem interessante, mas como vc disse é meio clichê a parte das CASAS rivais e eles se apaixonando e tal, mas eu ainda leria. Gosto de tirar minhas próprias conclusões ...

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...