Garota Exemplar

Título: Garota Exemplar
Autora: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Páginas: 448
Edição: 2
Lançamento: 2014
Sinopse: O livro começa no dia do quinto aniversário de casamento de Nick e Amy Dunne, quando a linda e inteligente esposa de Nick desaparece da casa deles às margens do rio Mississippi. Sinais indicam que se trata de um sequestro violento e Nick rapidamente se torna o principal suspeito. Sob pressão da polícia, da mídia e dos ferozmente amorosos pais de Amy, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamento inapropriado. Ele é evasivo e amargo mas seria um assassino? Ao mesmo tempo, passagens do diário de Amy revelam um casamento tumultuado mas ela estaria contando toda a história?  
Resenha

Não me sinto mais real. Sinto como se pudesse desaparecer. – página 117

Tudo parecia perfeitamente normal naquela manhã, quando Nick saiu de casa. Amy preparava crepes, cantarolava e cumprimentava seu marido com muito amor, nada fora do normal. Era o aniversário de cinco anos de casamento deles.
Algumas horas mais tarde, acompanhado de sua irmã gêmea, Go, em seu bar, ele recebe uma ligação de seu vizinho, dizendo que seu gato havia escapado, e que a porta de sua casa estava aberta. Ele não fica alarmado de início, afinal, o gato era medroso demais para se perder na cidade, mas o que realmente o assustou foi ver a cena de crime em sua sala de estar... E perceber que Amy não estava em lugar algum.

Quando as investigações começam, todos suspeitam de Nick, afinal, o marido é sempre o culpado, certo? Sua calma excessiva também não ajudava, muito menos o fato de ele sorrir quando está sob pressão. Amy estava desaparecida, e o marido sorria para as câmeras? Não demonstrava exatamente sua inocência. Suas mentiras também o faziam parecer mais suspeito, principalmente para o leitor. Nick praticamente gritava que tinha um segredo, que tinha feito algo de errado.

Era minha quinta mentira à polícia. Eu estava apenas começando. – página 48

A primeira pista aparece naquele mesmo dia, dentro do closet. Um envelope azul, a cor de Amy. Uma pista que levaria a outra, até que, por fim, levaria Nick ao seu tesouro, ou seja, seu presente de aniversário de casamento. Essa era uma brincadeira que Amy fazia todos os anos. Uma brincadeira que ela passava dias planejando, mas que Nick odiava do fundo do coração. Mas desta vez, ele precisava seguir as pistas.

Você foi visto. Você será visto. – página 12

Ao mesmo tempo em que estamos no presente, acompanhando as investigações pelo ponto de vista de Nick, a narrativa é intercalada para o passado, enquanto Amy escrevia em seu diário. Conhecendo-a por ali, é impossível não amá-la. Desde pequena, Amy sofria uma grande pressão por ser filha única, precisava ser perfeita para agradar os pais, que escreviam uma série de livros chamada Amy Exemplar, onde a protagonista tinha sucesso em praticamente tudo. Amável, rica, bonita, engraçada e inteligente, Amy conseguia conquistar todos ao seu redor, e como ela mesmo se autodenominava, era a Garota Legal.

Nunca senti tanta raiva por um personagem como senti por Nick. Ele era um saco, insuportável e parecia 100% culpado. Suas palavras, ações e sentimentos pareciam tão falsos para mim! Vendo-o pelo ponto de vista de Amy em seu diário só me fez odiá-lo ainda mais. Torcia muito para que ele se desse muito, mas muito mal no final.

O amor faz você querer ser um homem melhor – certo, certo. Mas talvez amor, amor de verdade, também lhe dê permissão para ser apenas o homem que é. – página 169

É incrível a maneira como a autora consegue manipular o leitor. Ela faz com que amemos Amy e odiemos Nick já nas primeiras páginas. Ela aparece como a esposa gentil e amável, enquanto ele é o marido frio e assustador. Acho até assustador que, apesar de tudo isso, eu ainda goste muito de Amy e a considere minha personagem favorita. Nick era tonto demais, agia como um psicopata às vezes e era estranho demais.
Mesmo depois que tudo nos é revelado, que as máscaras caem e a autora joga a verdade na nossa cara, ainda é impossível gostar de Nick e odiar Amy. Ela continua sendo adorável, mas de um jeito diferente. Até agora estou pasma com sua inteligência e esperteza.

A autora não dá muito destaque aos personagens secundários, e normalmente eu criticaria isso, porém, no caso de Garota Exemplar, destacar os não-muito-importantes estragaria a história, então fico feliz que o foco tenha sido Amy-Nick.
A leitura flui muito rapidamente, é tão instigante, tão misteriosa, que a gente simplesmente não consegue parar de ler. A curiosidade de chegar logo no final e ver o que vai acontecer é maior que o medo de realmente chegar no final, e ver o que acontece.

Era o fim da minha carreira, da carreira dela, o fim do meu pai, o fim da minha mãe. O fim do nosso casamento. O fim de Amy. – página 123

Imaginei diversos desfechos, mas mais uma vez, Gillian surpreende. Já perceberam que ela é uma caixona de surpresas, né?! Nunca, em 448 páginas eu sequer pensaria neste desfecho, fui 100% surpreendida e me senti mais tonta que o Nick foi durante o livro todo. Meu Deus, essa mulher é um gênio. Confesso que até fiquei com medo dela. Acho que, a única coisa realmente verdadeira nesse livro, incluindo todos os tipos de relacionamentos, falas e pensamentos dos personagens, a única coisa verdadeira é a relação de Nick com Go, sua irmã. Ele não foi sincero com ela sempre, mas dava para perceber que realmente gostava de sua companhia, e queria o melhor para ela. E vice-versa.

Garota Exemplar é um livro incrível, e eu só me arrependo por não tê-lo lido antes. Estou doida para conhecer mais obras da autora, e claro, ver se o filme é tão bom quanto o livro. Super recomendo!



28 comentários

  1. Olá!

    Já tinha visto algumas resenhas sobre ele, mas nenhuma tão bem feita como a sua. Só de imaginar o que aconteceu com Amy e que Nick pode ter algo a ver, já me dá calafrios... Dizem que o filme é bom, mas se eu puder, quero ler o livro primeiro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siim, leia o livro primeiro, você vai se surpreender ainda mais ♥

      Excluir
  2. Eu assisti o filme esses dias, gente, que maravilha *-* Quero muito ler ele

    | Minha Fuga da Realidade | Facebook MFdR |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bonzão, né?! Espero que você também goste do livro :)

      Excluir
  3. Olá, Dryh. Já li um livro dessa autora e sinceramente fiquei bem perturbada enquanto o lia. Como você mesma disse, a Gillian consegue conduzir muito bem o autor. Estou ansiosa para ler Garota Exemplar!
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda não li os outros livros da autora, mas estou doida para conhecê-los ♥

      Excluir
  4. sou meio doida, no começo nem ligava, tanto faz... ai saiu o filme, pra que menina? agora to surtada querendo o livro!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' eu também só fui atrás do livro quando saiu o filme *~* vai saber...

      Excluir
  5. Oi Dryh
    Eu ainda não li o livro, mas vi o filme..e olha, acho que como no livro fui manipulada..haha Queria ver como a autora fez isso no livro. Eu também amei Amy no começo..meu Deus kkk
    Amei saber sua opinião sobre o livro.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mesmo já tendo lido o livro e sabendo o que acontecia, ainda assim acabei gostando da Amy no filme...haha'

      Excluir
  6. Falaram super bem do film, né? Pena que não é o livro pra mim..Apesar disso, a resenha está muito boa! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Nat :/ obrigada pela visita :)

      Excluir
  7. Li esse livro logo que lançou, flor, mas acabei nunca fazendo sua resenha. De qualquer modo, me senti como você: completamente admirada com o talento da autora. São tantos elementos, tantos mínimos detalhes, que é impossível não achar a autora brilhante no final da obra. Ela amarra tudo de um jeito maravilhoso. Eu também odiei Nick, mas francamente? Ele simplesmente nunca teve tato social e a Amy explorou isso a seu favor (rs).

    Beijos!
    http://ww.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. impossível não odiar o Nick e seu jeito mané de ser...haha'

      Excluir
  8. Amiga olha eu ainda não li o livro e nem assisti o filme.
    Acho que não seria um livro que pegaria para ler agora, porque a trama
    eu achei para mim um pouco forte no atual momento que me encontro, já que ando sensivel sabe? Mas mesmo assim gostei bastante de tudo que você falou sobre a história. Talvez eu venha a ler futuramente, mas não agora.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-erica.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sei como é, Silvana *-* mas espero que você tenha a oportunidade de ler e que goste do livro (e filme) :)

      Excluir
  9. Oie.

    Essa é mais uma resenha positivo que leio do livro, mas não sei porque não me animo em ler. Nem o filme me atraiu para assistir. Vai entender, pode não ser o momento certo para fazer a leitura. Quem sabe futuramente.
    Bjus
    Juh - Surtos da Juleka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Ju :/ mas espero que você tenha a oportunidade de ler e goste :)

      Excluir
  10. Olá!
    Estou com o "Garota Exemplar" aqui em casa, mas ainda não tive a oportunidade de ler. Fiquei fascinada com o filme e, com certeza, ficarei muito mais com o livro!

    http://loucurasaovento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Concordo com você flor, Garota exemplar é um livro incrível e o filme também, gostei de mais de ambos e também recomendoo :D

    Abraço!!
    :D

    ResponderExcluir
  12. Oie!!!

    estou a meses querendo ler esse livro, mas nunca consigo encacha-lo na minha lista de leituras. E cada vez que leio uma resenha dele fico maluca querendo lê-lo pra ontem ahahah.
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi Dryh, tudo bem?
    Eu sempre vi muitas pessoas falando super bem desse livro, porém ainda não tive a oportunidade de o ler. Mas ele está na minha lista de desejados faz tempo, e estou super curiosa com o final.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá, boa noite!

    Ok, não vou nem me prolongar muito, pois... que resenha, heim?! Definitivamente você me convenceu a ler esse livro, livro fo qual sempre fujo. rs E, fiquei curiosa sobre o filme também.

    Beijo!
    Ana.

    ResponderExcluir
  15. Oi Dryh!!! Acabei de ganhar este livro em um sorteio! Já tinha lido algumas resenhas, mas agora parece que me chamou mais a atenção! Adorei seu texto. fiquei mais curiosa ainda pelo livro. Espero gostar da leitura!


    Um abraço!
    Nunca tinha ouvido falar da série, mas me pareceu assustadora. hehehe. Fiquei curiosa pra saber o porquê destas mortes. Vou ser se consigo dar uma olhada nos capítulos!

    Beijinhos!
    Pensamentos Valem Ouro

    ResponderExcluir
  16. Eu ganhei esse livro, mas não tive paciência para concluir e passei para outra amiga. Acho que não sou o público alvo dele e tive certeza durante a leitura.

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    eu não li o livro, mas vi o filme.
    Não gostei do enredo da história, achei muito bizarra e sem noção.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ola Dryh lindona acredita que esse livro não me chama atenção menina, não adianta, nem mesmo o filme tive vontade de ler, mas fico feliz que tenha gostado da leitura. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. É uma baita historia pecando somente em partes muito arrastadas. Eu já tinha assistido o filme em pedaços mas não tinha entendido a sacada, li o livro e tive que rever o filme, que por sinal foi muito bem feito e fiel, assim como a resenha.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...