Infinity Drake

Titulo: Infinity Drake
Autor: John McNally
Editora: Novo Conceito
Páginas: 480
Edição: 1
Lançamento: 2014
Sinopse: Se você acha que as vespas são desagradáveis, espere até conhecer a Scarlatti. Ela é um inseto geneticamente modificado que tem um único objetivo: exterminar! Uma equipe pequenina... talvez possa combatê-la. É a nossa esperança! O problema é que a Scarlatti é muito mais poderosa que o exército designado para combatê-la. Além disso, o vilão maquiavélico que a criou não está disposto a desistir tão fácil. Finn e seus companheiros precisam ser rápidos: em pouco tempo a humanidade poderá ser extinta.

Resenha

Tanto a capa quanto a sinopse desse livro me deixaram curiosa, e quando o ganhei numa promoção, fiquei super feliz porque finalmente o leria. Imaginava que seria um livro cheio de ação e acontecimentos impressionantes, com personagens marcantes e tudo o mais que nós sempre queremos num livro, mas não foi exatamente o que eu esperava.

Finn (Infinity Drake) mora com a avó, mas finalmente passará alguns dias com seu tio, Al, um homem divertido que é também um dos maiores cientistas do mundo. Eles deveriam partir numa viagem para encontrar insetos, uma das paixões de Finn desde pequeno, mas foram interceptados por um helicóptero, e por ordens do superior de Al, levados até uma base secreta, onde Al trabalhava. Lá eles descobrem que Scarlatti, uma vespa única e perigosa, foi libertada, e precisam encontrar uma forma de detê-la, ou em poucas semanas, o mundo todo estará destruído, e as pessoas, mortas.

Al tem a ideia de juntar uma equipe e encolhê-los, assim poderiam encontrar a tal vespa, com a ajuda de uma outra Scarlatti que fora congelada há mais de trinta anos. Eles então colocariam um tipo de rastreador dentro da Scarlatti, e ela encontraria a primeira. Era um plano perigoso que poderia dar errado, mas o único plano que não incluía jogar uma bomba nuclear na Inglaterra.

Confie em si mesmo. Você nem sempre pode confiar nas outras pessoas. – página 21

Imaginem uma criança de onze anos ouvindo e vendo uma conversa sobre um inseto assassino que poderia dizimar o mundo... Ela ficaria assustada, e ao mesmo tempo, ficaria com vontade de participar da tal aventura. E foi isso o que aconteceu com Finn. O menino era super inteligente, e depois de alguns acontecimentos inesperados, se viu encolhido junto com Kelly, Delta e Stubbs, com armas minúsculas e indo atrás dos dois insetos mais perigosos do mundo. Ele seria um herói!

O começo do livro é bem parado, e eu quase o deixei de lado por causa disso, mas chegando na página 60 (por aí), começou a ficar interessante. A verdade é que eu não consegui largá-lo até terminar, e mesmo me decepcionando um pouco com o final, fiquei muito satisfeita com tudo o que aconteceu. Uma coisa que me incomodou um pouco foi a narrativa do autor que, mesmo sendo incrível e me prendendo á leitura, era um pouco confusa. É um livro com muitos fatos científicos, biológicos, físicos, químicos e coisas do tipo, e como não sou fã de nenhuma dessas matérias, não curti tanto quando esperava.
É um livro cheio de aventuras e ação, mas não é todo mundo que vai gostar.




12 comentários

  1. Também não curto muito livros com fatos científicos, mas pela sua resenha, eu acho que acabaria gostando desse! Ótima resenha

    http://criativare-leitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Livros que começam meio parados é um tanto complicado para mim, vou empurrando a leitura com a barriga até ver que não tem mais jeito rs.
    Mas esse livro teve o seu diferencial, aparentemente. Tbm gostei bastante da capa e da sinopse e leria só por esses dois fatores. Fiquei curiosa para saber mais sobre Finn.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher, kit de marcadores e 3 ganhadores.

    ResponderExcluir
  3. Eu até quero ler, mas já sabendo que é meio infantil e tudo o mais. Daquele tipo de livro para distrair mesmo depois de outra obra bem pesadona.
    Já li algumas resenhas sobre ele que falam o mesmo que você.

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  4. Dryh, quando recebi esse livro, logo pensei que não seria exatamente o livro que eu leria :C

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Vixi, não sei se leria, talvez pela edição porque né kkk

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ai eu gosto de fatos biológicos, mas não curto leituras paradas, acho bem acho isso :s

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
  7. Oiii Dryh, tudo bem? Gostei da sua resenha. Já tinha visto uma resenha positiva do livro e fiquei curiosa. Pelo visto é um infanto juvenil né? Mas eu curto bastante, mesmo sendo uma história sem pé nem cabeça, ashuahsuahsu. Até que curto um pouco física, química, biologia. Se puder, acho que vou ler sim =D
    Aliás, parabéns pelo sorteio :)
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Dryh.. Só pela capa já quero ler o livro.. E parece ser legal apesar de o comeco ser meio parado (odeio wuando eh assim). Vou tentar ler em 2015..

    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog
    Obs.: tá rolando sorteio no blog!

    ResponderExcluir
  9. Oii, Dryh! Eu adoro livros com curiosidades ou fatos científicos, acho que iria curti esse! E também estou adorando essas capas e histórias do selo #Irado da Novo Conceito! Beijos! :*

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  10. Oi
    Curti a resenha, já tive vontade de ler esse livro na época que lançou, deu até desanimo quando li que no começo era parado. Mais com a parte do interessante quem sabe futuramente eu leia.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. É... Esses fatos científicos não é muito a minha praia :|
    A resenha ficou boa, mas o livro em si não me despertou muita curiosidade, hahahah. Mas, quem sabe um dia poderei sair da minha zona de conforto. ;)

    Beijos.
    www.minineko.org

    ResponderExcluir
  12. Oie,
    li este livro faz pouco tempo, achei bem interessante, mas não muito desenvolvido.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...