Ainda sou eu

Oiee pessoas, como vocês estão?
Continuando minha mini maratona de carnaval, acabei de terminar Ainda sou eu, da Jojo Moyes - último livro da "trilogia" Como eu era antes de você - e vim contar o que achei dele. Quando li Depois de você, no finalzinho de dezembro, acabei não o resenhando, mas não pude fazer o mesmo com Ainda sou eu. Eu precisava falar dele, então aqui estou! Espero que gostem :)
A resenha contém spoilers dos livros anteriores, tá? <3


Título: Ainda sou eu
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas: 400
Edição: 1
Lançamento: 2018
Série: Como eu era antes de você #3
Sinopse: Lou Clark chega em Nova York pronta para recomeçar a vida, confiante de que pode abraçar novas aventuras e manter seu relacionamento a distância. Ela é jogada no mundo dos super-ricos Gopnik - Leonard e a esposa bem mais nova, e um sem-fim de empregados e puxa-sacos. Lou está determinada a extrair o máximo dessa experiência, por isso se lança no trabalho e, antes que perceba, está inserida na alta sociedade nova-iorquina, onde conhece Joshua Ryan, um homem que traz consigo um sopro do passado de Lou. Enquanto tenta manter os dois lados de seu mundo unidos, ela tem que guardar segredos que não são seus e que podem mudar totalmente sua vida. E, quando a situação atinge um ponto crítico, ela precisa se perguntar: Quem é Louisa Clark? E como é possível reconciliar um coração dividido?

Resenha

Durante algum tempo, você vai se sentir pouco à vontade em seu novo mundo. É sempre estranho ser arrancada de sua zona de conforto. – página 43

Lou agora está em Nova York, longe da família e longe de Sam, prestes a começar uma nova vida e viver novas experiências. Trabalhando como assistente de uma mulher milionária cuja maior preocupação de vida é ser aceita por suas igualmente milionárias “amigas”, Lou se acostuma com o luxo que a nova vida lhe traz. Mas ela percebe que nunca se sentiu tão sozinha na vida, e começa a se perguntar se aquela era a Louisa Clark que ela gostaria de ser, ou se era a Louisa que deveria ser.

Quem era Louisa Clark, afinal? – página 361

Como eu era antes de você foi uma das minhas melhores leituras da vida, e quando o segundo livro – Depois de você – foi lançado, eu enrolei por quase um ano para finalmente lê-lo. Fui surpreendida com uma história maravilhosa e me apaixonei ainda mais por Lou (e pelo Sam, confesso), e quando o livro acabou, fiquei morrendo de curiosidade de saber o que iria acontecer com ela do outro lado do mundo. Então vocês devem ter percebido que eu estava com expectativas MUITO altas para Ainda sou eu, e é com imensa alegria que lhes digo: elas foram alcançadas!

Eu adorei acompanhar Lou se adaptando à nova vida, e adorei ainda mais ver que, mesmo depois de andar de limusine, ir a festas chiques e morar num quarto gigante, ela continuava sendo a Lou que conhecemos no primeiro livro. Talvez ela tenha se perdido em algum momento entre lá e cá, não podemos negar; mas ela continua sendo incrivelmente divertida, honesta, de bom coração e apaixonante. Eu torcia muito para que tudo desse certo para ela, e mesmo quando as coisas davam errado (é bom preparar o coração antes de ler, já aviso), eu sabia que ela ia dar um jeitinho.

Talvez pela primeira vez desde que eu havia chegado a Nova York desejei não ter vindo. [...] Funguei baixinho e limpei o nariz com um guardanapo de papel, olhando fixamente para a caneca diante de mim. Do lado de fora, a vida em Manhattan seguia seu curso, distraída, veloz, ignorando o lixo que se acumulava na sarjeta. O que eu faço agora, Will? – página 265

Já a respeito de Sam, bem... Eu fiquei encantada com ele em Depois de você, mas aqui ele deu uma pisada na bola que me fez odiá-lo um pouco...haha’ e quando um certo Joshua Ryan (ou Josh, para os íntimos) aparece na vida de Lou, as coisas se complicam um pouco mais. Mas eu não perdi a fé em Jojo em momento algum; eu sabia que ela iria construir um livro digno de ser favoritado e uma história para fechar a trilogia com chave de ouro, e ela o fez.

“Meu bem, acho que, em algum momento, você vai ter que decidir quem Louisa Clark é de verdade.” – página 344

Eu simplesmente amei esse livro! Amei os momentos em que a família de Lou aparece (mais uma vez, haja coração), amei as aparições de Sam e os problemas de relacionamento que os dois enfrentaram (dizer o que, a gente gosta de sofrimento alheio, né não?), amei ver Lou conhecendo não só a parte chique de NY, mas também as mais “caídas”, amei vê-la descobrindo o que queria fazer da vida, amei ver que Lou fez amigos onde parecia impossível fazê-los, e amei mais ainda que ela não se esqueceu do Will, assim como nós. A escrita da Jojo é leve e divertida do início ao fim, e eu fui fisgada já nas primeiras páginas, e mesmo depois de ter fechado o livro, com o coração quente de amor pelo final (eu queria um epílogo, mas a gente se contenta com o que tem), eu ainda sentia como se estivesse recebendo um abraço caloroso do livro. É uma história que eu nunca vou esquecer, e tenho certeza de que a lerei outras vezes.

Sei que muita gente achou a continuação de Como eu era antes de você desnecessária, e quando ela saiu eu também achei o mesmo, até lê-la. Acontece que, por mais que amemos Will e ainda não tenhamos superado sua morte, Lou não podia ficar daquele jeito para sempre, não é? Sua vida tinha que continuar de alguma maneira. Seria muito ruim se ela tivesse se encontrado ao lado dele, e depois que ele se foi, se perdido de novo. Eu amei que a autora conseguiu criar duas continuações incríveis para a história da Lou, trazendo personagens encantadores e muito divertidos (Dean Martin entre eles, sem dúvidas) e fazendo-a perceber que tinha que continuar vivendo. Afinal, como diria Will, “você só vive uma vez. É sua obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível.”
Há um grande consolo em simplesmente fazer algo que se ama. – página 396

5 comentários

  1. Eu amo os livros da Jojo!!!
    Acho que vou reler os dois primeiros para depois ler esse!!
    Fiquei curiosa para saber como a Jojo vai terminar a história da Lou!!! Parabéns pela sua resenha!!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Dryh!!!
    Eu sou uma das pessoas que ainda acha que "Como Eu Era Antes de Você" não precisava ter continuação, mas não porque eu esperava que a Lou passasse a vida sofrendo pelo Will mas sim porque pra mim o livro tinha já terminado de uma forma que por mais que eu quisesse saber mais pra mim era aquele livro que a gente diz que o final era perfeito do jeito que foi.
    Porém, eu ganhei o exemplar de "Depois de Você" e está nos desejados o "Ainda Sou Eu" porque são livros que trazem a Lou para mais pertinho da gente e quem sabe eu leia eles futuramente ^^

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pela primeira vez na vida não vou ler sua resenha porque to com medo dos spoilers haha parei no segundo livro e sei la porque, eu não via muito motivo pra autora escrever outro livro depois do primeiro, mas já que ela o fez... Pretendo ler. É bacana esse ponto de vista dela, onde ela mostra o que acontece com os personagens depois de tudo.

    ResponderExcluir
  4. Adoro essas historias de recomeço, são tão envolventes e incríveis! Eu amei conhecer mais do enredo do livro, sua resenha está ótima.

    ResponderExcluir
  5. Eu não li o primeiro livro, nem vi o filme. E para ser muito sincera não sinto a menor vontade. O enredo não chama minha atenção de jeito nenhum, portanto acho que seria muito difícil ler o segundo ou terceiro sem saber do início. Mas que bom que vc gostou.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...