Fomos renovados: Grupo Companhia das Letras

A notícia foi compartilhada primeiro no Instagram, mas não custa nada falar aqui no blog também, né? Até porque estamos todos MUITO felizes, tanto que demos alguns gritos aqui e ali e trocamos mensagens em caps lock, mas aí já é outra história...haha O blog Milkshake de Palavras é, por mais um ano, parceiro do grupo Companhia das Letras \0/
Acho difícil alguém não conhecer a editora ou seus selos, então vou apenas falar rapidamente sobre os livros destaques (lidos por nós) do ano passado, para atiçar a curiosidade de vocês...hehe' ♥

A rebelde do deserto foi lançado em 2016, mas eu só fui lê-lo no finalzinho do ano passado. É uma história muito bacana, a protagonista é daquelas que deixam a gente orgulhosa (bem girlpower) e o final é de deixar o queixo caído. Vi que o terceiro livro será lançado em breve no exterior e por aqui também, então eu estou ainda mais animada para ler A traidora do trono, o segundo. Vocês podem conferir a resenha de A rebelde do deserto AQUI.







Noturnos foi resenhado pelo Heitor, e é uma coletânea com cinco contos do escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro, ganhador do Prêmio Nobel da Literatura de 2017. Em Noturnos, Kazuo "explora passagens melancólicas e celebra a música sem fazer distinções ou escolhas [...] em alguns momentos, a ficção e o biográfico se colidem, tamanha a intimidade posta no jogo que se chama narrativa.  É um livro que pode agradar principalmente os leitores de Mia Couto e Haruki Murakami. Resenha AQUI







A edição mais recente de Suicidas, do autor brasileiro Raphael Montes, foi lançado ano passado pela Companhia das Letras. É um livro incrível que me prendeu do início ao fim, trazendo emoções diversas e me deixou em choque. É o tipo de livro em que a gente não sabe se pode confiar no narrador e fica questionando tudo o tempo todo, para chegar no final e perceber que foi feito de boba do mesmo jeito...haha' super recomendo, e a resenha vocês conferem AQUI







Primeiro livro da série Monstros da Violência, A melodia feroz foi surpresa boa. Apesar de eu ter esperado um pooouco mais e me sentir um tiquinho decepcionada, imagino que o segundo livro seja ainda melhor e mais envolvente, e eu não poderia estar mais animada para lê-lo. Sem contar que o final foi de outro mundo! Resenha AQUI









Resenhado pela Carol, O bazar dos sonhos ruins é um livro que traz uma coleção incrível de contos do mestre do terror, Stephen King. Além da capa linda, a obra possui histórias que envolvem o leitor mesmo sendo rápidas, e também contam com frases do próprio autor, contando de onde veio a inspiração para tal conto. Uma mistura de contos pesados e outros mais leves que vai agradar a todos os fãs de terror e mais ainda aos fãs do autor. Resenha AQUI








Continuação de Lobo por lobo, Sangue por sangue foi capaz de fechar a duologia com chave de ouro, e eu não poderia ter ficado mais feliz com tal desfecho. Sendo uma das minhas duologias favoritas (contém uma distopia incrível e um quê de fantasia que me agradou muito), eu não poderia deixar de indicá-lo e mencioná-lo por aqui, principalmente para quem, assim como eu, tem uma quedinha por histórias que se passam no período da Segunda Guerra Mundial. Nas histórias de Ryan Graudin, quem a ganhou foi a Tríplice-Alicança. Vale muito a pena conhecer, e vocês podem ver a resenha AQUI.



Da poesia é um livro que, quando chegou, deixou o Heitor sem chão. Como um dos maiores fãs de Hilda Hist existentes, ele ficou encantado pela edição maravilhosa da editora, e mais ainda pelo conteúdo da obra. Em suas palavras, "Da Poesia é um prato cheio para leitores, poetas, enfim, para todos! O maior triunfo de Hilda foi ter sido tão diversa, profana e bela com as palavras, cabe unicamente ao leitor desvendar e deleitar-se com versos tão completos de desejo, solidão e amor."Vocês podem conferir a resenha completa AQUI.








O ceifador foi uma das melhores leituras que eu fiz ano passado, e eu não poderia deixar de mencioná-lo neste post. A continuação vem por aí, e eu sugiro, de coração, que quem ainda não leu o primeiro livro, CORRA! É uma história incrivelmente bem desenvolvida, com personagens marcantes e uma trama instigante. O final me deixa sem palavras, é um livro realmente impressionante. Resenha AQUI.










E por último, mas não menos importante (de forma alguma), Fera, da Brie Spangler. Aqui temos um romance muito fofo e apaixonante entre uma garota trans e um garoto que é tachado como "Fera", por causa do tamanho de seu corpo. O livro acabou não se tornando meu favorito por causa de alguns pontos que eu menciono lá na resenha, mas ganhou nota máxima e é uma história que eu recomendo muito <3 - Resenha AQUI









♥ 
E vocês, quais livros do Grupo Companhia das Letras (Companhia das Letras, Paralela, Seguinte, Objetiva, Alfaguara, Fontanar, Penguin) indicariam?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...