Para onde ela foi

Titulo: Para onde ela foi
Autora: Gayle Forman
Editora: Novo Conceito
Páginas: 240
Edição: 1
Lançamento: 2014
Sinopse: Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.

Resenha

Ela partiu para Juilliard no dia seguinte ao Dia do Trabalho. Eu a levei até o aeroporto. Ela me beijou ao se despedir e disse que me amava mais do que a vida em si. Então partiu. Mia nunca mais voltou. – página 43

Mia foi para a faculdade e Adam está fazendo shows pelo país e pelo mundo, coisa que eu não esperava que acontecesse depois de tudo o que aconteceu em Se eu ficar. Imaginei que os dois ficariam juntos em casa, curando as feridas e tentando seguir em frente com a ajuda de amigos e do outro, mas eles se separaram e ficaram em lados opostos por três anos. Três anos.

Após ser abandonado por Mia, Adam escreveu mais de dez músicas inspiradas no romance e em tudo o que aconteceu com os dois, e essas músicas fizeram a banda decolar e os discos venderem como água, mas ele não estava feliz como deveria. Ser famoso não era tão bom quanto ele imaginava, ser seguido para todos os lados e ter as câmeras sempre apontadas para ele era horrível, sem contar que Adam não se dava bem no meio de multidões e precisava tomar remédios para ansiedade. Ele se tornara um homem solitário, e por ser o “principal membro” da banda, tinha mais destaque que os outros, deixando-o em maus lençóis com os companheiros.

Fiquei surpresa quando li a sinopse pela primeira vez e descobri que os dois não estavam mais juntos, e mais surpresa ainda quando pude conhecer Adam neste livro. Ele não é mais o mesmo, mudou drasticamente e não consegue encontrar sentido em sua vida. Tem uma namorada celebridade, mas não a ama; passa pouquíssimo tempo com a banda e vive fumando e tomando remédios. A autora conseguiu me impressionar bastante com esse livro, principalmente quando pude ver a dor e sofrimento que se apossaram de Adam quando Mia foi embora e parou de falar com ele, deixando-o sozinho. Ele foi afastando as pessoas e desistindo de tudo, não tinha ninguém para abraçá-lo ou dizer que tudo ia ficar bem.

Como dizer a Aldous, como contar a qualquer deles que a música, a adrenalina, o amor, todas as coisas que aliviam quão difícil se tornou, tudo se foi? Só sobrou o redemoinho. E estou bem no meio dele. – página 26

Uma das coisas que eu mais gostei nesse livro foram os flashbacks de Adam. Quando estava com Mia ele passara a fazer parte da família dela, era como um terceiro filho para Kat e Denny, e gostava muito de Teddy. Quando eles morreram, ele sofreu tanto quanto Mia, mas ninguém parecia perceber. Os relatos dele são emocionantes e pude gostar ainda mais do personagem, sentia sua solidão quando a banda virava as costas para ele e sua dúvida do por que Mia o deixou, mas principalmente, via sua paixão pela música morrer um pouco a cada dia, e isso foi devastador.

Não sabia o que esperar desse livro, mas não imaginei que seria uma leitura tão lenta. Demorei para pegar o ritmo, e quando estava começando a ficar animadíssima, a belezura acabou. Ainda faltavam vinte páginas, mas ao ler a página seguinte, dei de cara com os agradecimentos. Fiquei decepcionada com o desfecho e com a autora, pois aquilo nem de longe parecia um final. É um livro bom, e confesso que gostei mais da narração de Adam do que a de Mia, mas o final foi uma decepção.

Mia... Você não entende? A música é o vazio. E você é o motivo. – página 109

16 comentários

  1. Oiii!
    Onde tu conseguiu o livro? É em e-book? Eu estou louca para ler essa continuação mas não quero comprar ainda, queria em e-book. Fiquei um pouco surpresa com a tua opinião sobre a segunda parte da história, porque algumas pessoas dos blogs estavam dizendo que era tudo de bom... ah, quero ler e saber como termina esse romance. hehe

    http://mundo-restrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. comprei ele na Saraiva, versão física mesmo.

      Excluir
  2. Ai eu não li nem a primeira ainda e não tive coragem de ler sua resenha :( haha

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' espero que você consiga ler e goste de Se eu ficar :)

      Excluir
  3. Oi Dry!
    Nossa, com você a experiencia foi o contrário do q aconteceu com a maioria do pessoal que leu. A galera dos blogs tava comentando que esse livro era melhor. De certa forma, como comentei antes, não espero grande coisas, até pq, depois do fim de Se Eu Ficar, achava desnecessário uma sequencia, mas você sabe ne, mercado editorial ta ai, pra cobranças.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também achei desnecessária uma continuação, mas fazer o quê, né?

      Excluir
  4. oi flor, gostei mais desse do que do anterior, além de uma trama mais amadurecida me senti mais à vontade com a trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    acho que não vou curtir muito este livro.
    Li o anterior e gostei, mas este... tenho minhas duvidas

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Dryh,
    Poxa, esse livro me deixou muito pra baixo. Também gostei mais do Adam narrando, mas acompanhar sua tristeza e decadência emocional acabou comigo.
    Concordo com você em relação ao final, acabou do nada... não gostei do desfecho que autora escolheu. De qualquer forma, essa duologia mexeu demais comigo e está entre meus favoritos.
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fiquei acabada quando terminei ele também :/

      Excluir
  7. Oie, tudo bom?
    Sério que o final é ruim? Já dei uma desanimada com esse livro. Além disso, eu não curti tanto a leitura de Se eu Ficar porque não consegui me emocionar com a Mia. Enfim, comprei esse livro na Black Friday e vou ler em breve, no entanto, não tenho expectativas tão altas.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu não curti muito, mas vi que alguns blogueiros gostaram bastante :)

      Excluir
  8. Oi Dryh!
    Eu ainda não li Para Onde Ela Foi, mas já li várias resenhas dizendo que é melhor do que Se Eu Ficar, o que eu realmente espero que seja, pois Se Eu Ficar foi frustrante para mim, esperava muito mais!
    É uma pena que tenha sido uma leitura lenta e pouco prazerosa para você.
    Pretendo ler para tirar minhas próprias conclusões.
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estou torcendo para que a autora acrescente mais um livro *-*

      Excluir
  9. Oi Dryh

    também me surpreendi pela leitura ser mais devagar do que o primeiro livro. Mas, ainda assim, adorei a leitura. Eu não li a sinopse do livro, então foi um baque ver que os dois não estavam mais juntos. Pensei: WTF?

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  10. Narrativas lentas e com um final ruim é de doer. Apesar de ter gostado muito de Seu Eu Ficar, não fiquei entusiasmada com a continuação, vi que algumas pessoas gostaram mais desse segundo livro, mas não tive coragem de ler, sinceramente, acho que fosse um livro só já seria bem melhor, ainda mais agora sabendo que eles não estão mais juntos e que é provável que no fim, eles nem se encontrem mais.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...