A pousada Rose Harbor

Oie pessoal, tudo bem com vocês?

Estive fora o dia todo e não consegui pensar em nada criativo para o Cinco coisas de hoje, então vou postar uma resenha e mais uma entrevista do Ação eu valorizo a Literatura Nacional, mas prometo que semana que vem penso numa coisa bem bacana para o post.
A resenha de hoje é do livro A pousada Rose Harbor, eu terminei de lê-lo há alguns dias e foi o primeiro nome que enxerguei na listinha de resenhas para postar. Espero que vocês gostem ^^

Titulo: A pousada Rose Harbor
Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 348
Edição: 1
Lançamento: 2013
Sinopse: A busca por um novo começo pode levar a grandes revelações. Jo Marie Rose decide comprar uma pequena pousada, como forma de superar a morte do marido. Mal sabe ela que as surpresas que a esperam nessa nova empreitada. Seu primeiro hóspede é Joshua Weaver, que voltou para casa para cuidar de seu padrasto doente. Os dois nunca se conheceram pessoalmente e Joshua tem alguma esperança de que possam conciliar suas diferenças. No entanto, uma habilidade de Joshua há muito perdida prova que o perdão nunca está fora de alcance e que o amor pode florescer onde menos se espera. A outra hóspede é Abby Kincaid, que retorna a Cedar Cove para comparecer ao casamento do irmão. De volta pela primeira vez em 20 anos, ela quase deseja não ter ido, devido às memórias trazidas pela pitoresca cidade. E conforme Abby se reconecta com sua família e seus velhos amigos, percebe que só pode seguir em frente se permitir-se verdadeiramente a isso.
 Resenha

Jo Marie é uma viúva que decidiu comprar uma pousada em Cedar Cove, uma cidade pequena muito hospitaleira, depois de perder seu marido, Paul, que servia no Afeganistão. Por muito tempo, ela se fechou e sentiu a dor da perda, se perguntando se um dia voltaria a ser feliz. Um passatempo que a distraia era o tricô, mas ela não fala muito disso no livro, apenas nos deixa algumas dicas nas últimas páginas de como tricotar. 
“Quando soube que Paul fora morto, a dor me consumiu por inteira, e eu não pensei que fosse capaz de seguir com minha vida. Mas esta continua seu caminho, e eu tive que fazer o mesmo, arrastando-me de um dia para o outro até descobrir que podia respirar normalmente.” – página 9 
Nova no negócio, Jo fica um pouco perdida enquanto tenta colocar a pousada Rose Harbor nos eixos, ela tenta ser a melhor anfitriã possível, e realmente, eu adoraria me hospedar num lugar como a Rose Harbor e ter Jo cozinhando... rsrs’
Os primeiros hóspedes são Josh e Abby, duas pessoas que passaram a adolescência na cidade, mas que agora só querem distância do lugar.

Josh é um rapaz que voltou para ver seu padrasto e pegar as coisas que lhe pertenciam. Richard sempre fora um homem ruim com ele, e quando a mãe do garoto, Teresa, faleceu, as coisas só ficaram piores. Josh nunca contou à mãe o que Richard fazia e dizia, pois ao menos ela estava feliz, e isso o deixava feliz também. Agora que o padrasto está morrendo, Josh quer de volta suas coisas que ficaram para trás quando ele foi expulso de casa pelo homem que deveria ter sido seu segundo pai.
“Josh tinha seus próprios problemas, suas próprias cicatrizes. Richard parecia determinado a deixar as coisas entre eles como estavam e a morrer sozinho. Se era isso que seu padrasto queria, não seria Josh que o impediria.” – página 40
Abby é uma mulher atormentada pelo passado. Um acidente de carro levou a vida de sua melhor amiga, Angela, e como era ela quem estava dirigindo, a culpa de estar viva seguiu Abby para todos os lugares. A garota fugiu de seus amigos, da sua família e de relacionamentos até ser obrigada a voltar para a cidade, onde aconteceria o casamento de seu irmão. Ela nunca se perdoou por estar dirigindo, muito menos por estar viva e Angela morta. Abby é uma mulher fechada, triste e sozinha, ela foge das pessoas e teme que todos ainda a achem culpada pelo acidente, assim como ela se acha. Mesmo já tendo passado anos desde o ocorrido, Abby não consegue esquecer e deixar para trás.
“-Fico feliz, Abby, está na hora de deixar o passado no passado.” – página 125
No inicio a leitura foi bem suave, flui rapidinho e eu gostei dos personagens, principalmente de Jo, mas ao longo da narrativa, foi ficando cansativo, e eu acabei me irritando um pouco com os personagens, principalmente com Josh.
Esperava que acontecesse um romance de Jo e outra pessoa, talvez Mark, um homem misterioso que a estava ajudando com algumas coisas na pousada, mas infelizmente ela continua presa com Paul o livro todo, e a história parece mirar mais em Abby e Josh do que em nossa protagonista.

Esperava muito do livro, mesmo tendo visto a média de avaliação dele no skoob. A capa é tão bonita, e a sinopse dá a impressão de ser um livro doce e encantador, coisa que, infelizmente não é. A história em si é bacana, mas a autora poderia ter aprofundado um pouco mais, e dado mais destaque ao passado dos personagens.
MilkMilks
Dryh Meira

4 comentários

  1. Poxa dá um crédito para a autora! kkk
    Nós blogueiros exigimos muito!
    Gostei da sua resenha e acredito que apresentou bem o livro, mas não gostei da sinopse, dá a impressão que ele é lento. Isso foi confirmado em sua resenha.

    A leitura não fluiu e eu ja´estive com livros assim. Fujo deles!


    Bjos
    Leitura de Ouro
    https://leituradeouro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk' blogueiros exigentes. O ruim é que os livros cansativos parecem me perseguir...haha'

      Excluir
  2. Não conhecia esse livro, Dryh! Mas eu achei o título tão fofinho e a capa ainda mais! Uma pena que o livro não conseguiu superar as suas expectativas, mas confesso que também acho bem chato quando a história não é aprofundada :/
    De qualquer jeito, adorei passar por aqui e encontrar essa resenha! Beijos! <3

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a capa é mesmo muito fofa ♥ sou apaixonada por ela

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...