Encarcerados

Oie pessoal, tudo bem com vocês?

Estava com a resenha de Encarcerados pronta há algum tempo, mas só agora consegui encaixá-la no calendário de postagens ^^ Espero que vocês gostem :)

Titulo: Encarcerados
Autor: Alexander Gordon Smith
Editora: Benvirá
Páginas: 291
Edição: 1
Lançamento: 2012

Sinopse: De um dia para outro, Alex Sawyer passou de valentão a delinquente juvenil. Os trocados arrancados dos garotos na escola já não eram suficientes, e, com a ajuda de seu melhor amigo, Toby, começou a cometer pequenos furtos na vizinhança. Até que uma noite, homens fortes, de terno preto, e um esquisitão usando uma máscara de gás cruzaram o caminho dos dois. Toby foi cruelmente assassinado e Alex, preso e acusado pela morte do amigo. Seu novo lar? A Penitenciária de Furnace, um buraco - literalmente - para onde todos os garotos condenados são enviados, e de onde só é possível sair morto. Com guardas sádicos e criaturas terríveis responsáveis pela segurança, Furnace é o inferno. O lugar é infestado de criminosos - como as perigosas gangues Caveiras e os Cinquenta e Nove - mas também há muitos garotos que, como Alex, foram presos por crimes que não cometeram. Como escapar e provar sua inocência? Em quem confiar? O que na verdade era Furnace: um reformatório? Um depósito? Ou, pior, um laboratório maligno?




Resenha
“-Alex Sawyer, eu o sentencio à prisão perpétua na Penitenciária de Furnace, sem direito a condicional. Vai ser levado daqui esta tarde e encarcerado pelo resto de seus dias.A resultante onda de aplausos e gritos, a batida do martelo e o estrondo em meus ouvidos, enquanto a verdade submergia, tornaram inaudível a única coisa que podia pensar em dizer:- Não o matei.” – página 45
Já faz um bom tempo que venho querendo esse livro, e quando ele finalmente chegou, fui correndo lê-lo. Não me decepcionei nem um pouco, acabou sendo uma das melhores leituras que eu já tive.

Alex é um adolescente “rebelde” que costuma roubar junto com seus amigos. Eles nunca foram pegos, até que um dia, enquanto tentam roubar uma casa que estava vazia, surgem alguns homens de preto, estranhos, gigantes e ágeis. Eles acabam matando Toby, melhor amigo e companheiro de furtos de Alex, e conseguem incriminar o garoto, que acaba sendo enviado para Furnace.
“- Agora, se eu fosse você, Alex, sairia correndo daqui – continuou ele. – Quero dizer, você acabou de invadir uma casa, roubou uma enorme quantidade de dinheiro e atirou a sangue-frio na cabeça de seu melhor amigo. A policia não vai gostar nem um pouquinho disso; então por que não faz bom uso desses tênis e foge?” – página 29 
Furnace é uma Penitenciária que fica no subterrâneo, criada para abrigar jovens assassinos. Há algum tempo, aconteceu um massacre onde dezenas de jovens saíram matando pessoas, então o governo decidiu construir um lugar especialmente para esses delinqüentes. É impossível fugir de Furnace, ninguém nunca conseguiu. O lugar é completamente escuro, cheio de túneis e lugares estreitos, com perigo de desabamento, sem contar que os guardas são os mesmos homens que mataram Toby e culparam Alex.

Aconteceu a mesma coisa com outros personagens. Eles tiveram parentes ou amigos assassinados a sangue frio e foram culpados por esses crimes, também enviados á Furnace. Como não poderia ser diferente, dentro da penitenciária, existem as gangues; a mais assustadora e dominante delas, os Caveiras e os Cinqüenta e Nove, garotos com bandanas na cabeça que mandam e humilham os mais fracos.

O lugar é assustador, não são só os homens de preto que cuidam da “segurança” dos detentos, há também animais gigantes sem pele que, sob o comando dos homens, saem desmembrando quem estiver fora das celas. Para piorar ainda mais a situação, temos os Ofegantes (aquela coisinha linda na capa), criaturas assustadoras (pense nos Dementadores de H.P. e multiplique por dez) que escolhem os garotos a dedo e os levam embora; eles quase nunca voltam, e quando o fazem, são criaturas horrendas, verdadeiros animais.
“- Depois de um dia você acha que vai ficar louco – ele prosseguiu. – Após dois dias, acha que está no inferno. Depois de três, você perde um pequeno pedaço de si mesmo que jamais vai conseguir recuperar. Nunca ouvi falar de ninguém que ficou lá mais de quatro dias e sobreviveu. Esse lugar leva sua alma para fora do corpo. São os gritos que você ouve quando está lá embaixo, como se fossem demônios. Eles nunca se calam.” – página 78 
Algo me dizia desde o inicio que Alex daria uma de herói e tentaria salvar todo mundo, e quase acertei. Ele faz alguns amigos, e Donovan, e com eles, cria planos para fugir da prisão, mas não deixa de criar confusão com os piores caras: os Caveiras. Alex não consegue ficar longe de problemas, principalmente quando há um garoto “fraco” apanhando ou sendo humilhado. Alex se sente culpado, pois antes de ir para Furnace,  ele era um valentão, e garotos como Monty eram suas vitimas, e agora tenta se redimir ajudando esses garotos, mas acaba se dando mal.

A história é muito boa e realista, tanto que terminei o livro em apenas algumas horas. Os personagens são maravilhosos, chega a ser quase impossível odiá-los, até mesmo os vilões. Ela é narrada por Alex, e enquanto lia, pude sentir o medo que ele sentia daquelas criaturas, daqueles garotos e do que aconteceria com ele. Esse livro me lembrou um pouco de Maze Runner, mas não vou compará-las pois as duas séries são maravilhosas, e também não há como.

Mal vejo a hora de ler os próximos livros. Preciso saber o que vai acontecer e que rumo a história vai tomar. Super recomendo esse livro, e se você gostou de Maze Runner então... Não pode deixar de ler.

MilkMilks
Dryh Meira

13 comentários

  1. Oi Dryh, tudo bem?

    CARACA os caras são piores que os dementadores? Poxa, fiquei curiosa! Eu sempre tive vontade de ler esse livro, mas agora fiquei ainda mais curiosa, a trama parece ser bem envolvente.

    Beijos,

    Pah - Livros & Fuxicos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. são sim Pah, pelo menos eu achei bem mais assustadores...rsrs'

      Excluir
  2. Oiii. Sabe que este livro me lembrou muito o filme Riddick e o livro Fênix: A Ilha que é o memso estilo de quem pratica crimes vai para uma ilha e é bem assustador porque é um regime bem militar e cheio de mortes e tal. Foi meio punk.

    Beijos

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ainda não li esse livro, mas parece ser interessante :)

      Excluir
  3. Estou louco para ler Maze Runner, então consequentemente fiquei louco para ler este livro também.
    Ainda mais depois da alta recomendação que você fez sobre ele.
    Não conhecia, mas já quero muito.

    Bjs
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. corre que Maze Runner está virando filme! rsrs'

      Excluir
  4. Hahahaha esta capa me assusta e acho que não leria o livro.
    Sua resenha esta ótima, mas sei não rs.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk' a capa é assustadora mesmo, imagine então a descrição dos Ofegantes *-*

      Excluir
  5. Nunca tinha ouvido falar do livro mas fiquei bem curiosa..
    E pretendo ler maze runner logo antes do filme..
    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Ai eu sou LOUCO por este livro, LOUCO!!!!!!!!

    Imagino que o livro seja tão assustador como a capa, amo essas coisas mais creeppys

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk' é beem mais assustador que a capa, fico imaginando como seria se tivesse um filme *-*

      Excluir
  7. Não conhecia o livro, mas adorei a sua resenha. Com certeza quero ler esse livro. Que prisão louca, né?

    ResponderExcluir
  8. Só pela capa já estou apaixonada! Não conhecia o livro e ele me despertou grande vontade de lê-lo! Parece ser incrível!!

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...