Últimos filmes vistos #9

Eu sei, eu sei que já faz MUITO tempo que não postamos nada sobre filmes aqui, mas pretendo mudar isso aí. Andei vendo uns filmes muito legais ultimamente, e não poderia deixar de indicá-los para vocês <3

O príncipe do Natal

Febre na Netflix, O príncipe do Natal traz uma historinha bem água com açúcar e apaixonante, do jeitinho que a gente gosta. Conheci o filme através da minha irmã, que o assistiu e me indicou, e devo dizer que gostei bastante. No filme, conhecemos a jornalista Amber, que recebe de sua chefe a oportunidade de cobrir um escândalo: o príncipe de Aldóvia (um país monárquico fictício)  não quer assumir o trono deixado por seu pai, e o prazo final para a tomada de sua decisão está quase no fim. Chegando no palácio, Amber e os demais jornalistas (que também iriam cobrir o pronunciamento do príncipe) são dispensados, e não querendo voltar para casa de mãos vazias, Amber dá um jeitinho de entrar na vida da família real, passando-se pela tutora da jovem princesa.
Eu gostei muito desse filme; é uma história bem clichê e a gente consegue imaginar o que vai acontecer no final, mas um pouco de romance não faz mal, né? Gostei dos personagens, e de ver que, ao longo do tempo, Amber vai conhecendo o verdadeiro príncipe, e não aquele que a mídia adorava mostrar. Foi um filme muito prazeroso de se ver, e como estamos em Dezembro, traz aquele clima gostoso de Natal. Indicação para todos <3

*
Onde mora o coração

Esse filme é um pouco antigo (2000), e eu o encontrei por um acaso na Netflix, enquanto procurava alguma comédia romântica ou algum drama para assistir. A sinopse me chamou a atenção, e eu demorei quase o filme inteiro para reconhecer a Natalie Portman...haha' 
O filme traz Novalee Nation, uma adolescente grávida que é abandonada pelo pai de seu filho no estacionamento de um WalMart. Descalça e sem saber o que fazer, ela consegue ficar dentro do supermercado durante a noite, e inicia uma rotina onde passa os dias fora e as noites dentro do mercado, tendo assim um lugar para dormir. Tudo isso vai por água abaixo quando ela entra em trabalho de parto dentro do estabelecimento, (durante a noite) e acaba ficando famosa, ganhando um emprego ali mesmo e um lugar para morar. Com o passar do tempo, ela vai fazendo mais amigos e conquistando sua própria independência, ao mesmo tempo em que cuida de sua filha, nomeada Americus.
Eu amei esse filme! De início não sabia bem o que esperar, mas depois fui me apaixonando cada vez mais pela história e pela própria Novalee, que é uma adolescente boba e inocente no começo, mas que amadurece ao longo do filme. Gostei muito mesmo, mais do que indicado a todos!

*
Tallulah

Outro filme que encontrei por um acaso na Netflix, e que foi me conquistando aos poucos. Mas aqui o que me conquistou não foram os personagens, mas sim os problemas que eles causam. Após uma briga com seu namorado, que termina com ele indo embora (ambos viviam dentro de um furgão), Tallulah dirige até a casa da mãe dele, em Nova York, procurando-o. Chegando lá, ela acaba sendo "contratada" por uma mulher rica e fútil que possui uma filha, e vendo como a moça pouco se importava com a menina (que andava livremente entre garrafas de cerveja e demais objetos perigosos no apartamento), Tallulah acaba pegando a bebê, enquanto a mãe dela dormia praticamente desmaiada na cama, após uma noite de bebedeira. Quando volta para "devolvê-la" e percebe que a polícia foi acionada, Tallulah entra em pânico e volta para o apartamento da mãe de seu namorado, dizendo que a menina era filha de ambos. Já dá para imaginar a confusão que isso tudo vai dar, né?
Eu gostei do filme, apesar de não ter apoiado (obviamente) as decisões da protagonista; mas ao longo da trama é possível perceber o quanto ela se preocupa com a bebê, e o quanto amadurece também. Claro que não foi tudo 100%, mas é um filme que eu não me arrependo de ter assistido, e tem muita coisa interessante para se tirar dessa história, viu?

*
Queen (favorito ♥)

Um dos melhores filmes que eu já vi na minha vida, e é com muita certeza que digo que vou vê-lo muitas vezes mais. Aqui temos a história de Rani, uma jovem que foi abandonada três dias antes de seu casamento, e que mesmo sofrendo pelo rompimento, decide ir sozinha em sua lua-de-mel, que se passaria em Paris e Amsterdã. No início, ela mais se lamenta do que faz qualquer outra coisa, afinal, depois de muito tempo insistindo em ganhar a atenção da jovem, o noivo a havia abandonado. Mas quando conhece Vijayalakshmi (Vijay para os íntimos), Rani começa a aproveitar a cidade. Tudo fica ainda melhor quando ela chega em Amsterdã e acaba hospedando-se em um hostel, onde dividiria o quarto com três rapazes.
Queen não é muito conhecido, talvez por ser um filme indiano, mas é, sem dúvidas, o meu filme favorito de todos os tempos, sem contar que eu ri horrores com a Rani e seus amigos. A maneira como Rani vai amadurecendo, percebendo que o mundo é muito mais do que ela jamais havia visto em seu país, como faz amigos que sabe que não reverá tão facilmente (e cedo) e tenta, ao máximo, aproveitar seu tempo no estrangeiro. Eu amei tudo a respeito desse filme, desde a maneira como Rani foi apresentada no início (uma garota assustada em um país estrangeiro, sem saber o que fazer) até o momento em que ela respira fundo e percebe o que quer para si. Me identifiquei muito nesse filme, e acho que isso também acontecerá com vocês :)

*
Lion - Uma jornada para casa

Esse filme mexeu tanto comigo! Tanto pelo fato de trazer uma história real, quanto pelo fato de se passar na Índia, um país que eu quero muito visitar um dia. Temos aqui a história do pequeno Saroo, que se perde do irmão mais novo numa estação de trem. Ele passa por poucas e boas, escapando por pouco do tráfico de crianças e da morte, mas acaba sendo adotado por um casal australiano, e se muda para lá. Quando completa 25 anos, ele decide procurar por sua família, esperançoso de que os encontraria. Mas como?
Esse filme é tão lindo, tão triste, tão emocionante e tão tocante! É impossível não ser fisgadx pela história de Saroo, e mais impossível ainda não torcer para que ele reencontre sua família, e para que todos estejam vivos e bem. A história é um pouco pesada, obviamente, mas também tem momentos lindos e apaixonantes, e a junção disso tudo me conquistou de primeira. Filme mais do que indicado a todos.

*
E vocês, já assistiram algum dos filmes mencionados? Se sim, o que acharam? Se não, têm vontade de conhecê-los? Recomendam algum outro filme? Contem pra gente :)

Posts anteriores da coluna:

*
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...