Uma curva no tempo


Título: Uma curva no tempo
Autora: Dani Atkins
Editora: Arqueiro (cortesia)
Páginas: 256
Edição: 1
Lançamento: 2015
Sinopse: A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim.... Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

Resenha

Um passo de cada vez... – página 34

A noite do acidente destruiu a vida de Rachel Wiltshire. Ela e seus amigos estavam jantando numa mesa ao lado de janelas quando um carro desgovernado os atingiu. Rachel não conseguiu se mexer enquanto o veículo se aproximava, seu corpo não respondia e, quando ela finalmente tentou fugir, ficou presa. Todos os outros já estavam longe, com exceção de Jimmy, seu melhor amigo que sempre fora apaixonado por ela. Jimmy salvou sua vida, ao mesmo tempo em que perdera a dele.

Cinco anos depois, Rachel é uma mulher solitária que toma remédios fortes para dores de cabeça. Ela vive em Londres, num apartamento pequeno e simples que fica em cima de uma lavanderia. Não foi para a faculdade, não seguiu seus sonhos e trabalha como secretária. Quando soube que havia perdido Jimmy, Rachel se afastou dos amigos e fugiu da cidade onde crescera na primeira oportunidade, deixando sua antiga vida e seu noivo para trás. Ela acreditava que a morte de Jimmy era culpa sua, e não conseguia parar de se punir por conta disso.

Naquele momento, eu era incapaz de proferir palavras; só conseguia me balançar lentamente para a frente e para trás, ajoelhada, repetindo o nome dele sem parar. – página 53

Mas agora ela precisa voltar. Sua melhor amiga, Sarah, está prestes a se casar, e Rachel não pode simplesmente não estar lá. Lutando contra os sentimentos e a angústia de voltar para o lugar que a assombra tanto, um lugar e um mundo sem Jimmy, Rachel respira fundo e anda um passo de cada vez. Mas ver seu ex-noivo, Matt, com outra garota (que também estava com eles no dia do acidente), e perceber que todos já seguiram em frente não lhe fez muito bem. Rachel então decide andar pela cidade, em pleno dezembro, e seus pés a levam até o cemitério, onde para sobre a lápide de Jimmy. Os sentimentos guardados despertam e a atingem de frente, fazendo com que Rachel passe mal e bata a cabeça. E quando ela acorda... Bem, as coisas estão muito, mas muito diferentes.

Novamente, cinco anos após o acidente, e Rachel está no hospital. Seu primeiro susto é ver que na verdade, não consegue ver nada. Tudo está preto. O segundo é perceber que seu pai está saudável, quando deveria estar definhando por conta do câncer que o atingira algum tempo após o acidente. Assustado pelo sofrimento da filha, ele começara a fumar compulsivamente.
As coisas então ficam cada vez piores, Rachel acorda numa realidade em que Jimmy está vivo, Matt ainda é seu noivo, ela tem uma profissão numa revista chique e a cicatriz adquirida no acidente não existe em seu rosto. Estaria ela louca? Bom, todos pensam que sim.
Ela então começa a investigar o que estava acontecendo, mesmo sem sucesso. Revirando suas memórias, apartamentos e conversando com pessoas, Rachel percebe que aquela nova realidade parece realmente verdadeira, pois seus amigos da “primeira vida” não se lembram dela, e tudo parece lhe dizer que ela está louca. Mas, então porque as memórias da perda de Jimmy parecem tão reais?

Pela primeira questionei por que estava tão motivada a demolir um mundo que podia ser muito melhor do que aquele no qual eu vivia. – página 100

Não sabia como começar essa resenha. Vocês devem ter percebido que já está na metade dela, e eu só falei da história. Não fiz isso porque é difícil de entender a história, mas pelo simples motivo de não saber como começa-la, e como expressar aqui tudo o que eu senti. Nas primeiras páginas, eu já quis chorar. Quando Jimmy morreu, pouco menos de trinta páginas após ter iniciado o livro, eu chorei. Ok, eu mal conhecia o personagem, mas seu jeito doce e divertido de ser me encantou já no comecinho, e o sentimento de perda da parte de Rachel me atingiu em cheio, tanto que eu mal via a hora de chegar logo na “segunda vida” dela, e ter Jimmy vivo novamente.

Talvez meu subconsciente tivesse percebido algo que o restante de mim se recusara a reconhecer. Que uma vida sem Jimmy era como uma morte em vida, e passar por isso era a pior espécie de inferno que eu poderia imaginar. – página 134

Rachel também é uma personagem incrível, é impossível não gostar dela, e morri de pena quando todos achavam que ela estava louca, quando eu, na verdade, estava ainda mais confusa que a própria. Como diabos ela foi parar numa realidade diferente? Imaginei cinquenta mil motivos diferentes (ok, nem tantos assim, não sou lá um gênio), mas a autora me pegou de surpresa. Dizer que fiquei surpresa é pouco. Eu quase gritei e joguei o livro pela janela. COMO ASSIM? Ainda estou pasma com o final, e só de pensar nele eu já tenho vontade de chorar. Juro por todos os meus livros, nunca senti tanta tristeza/felicidade/espanto/admiração e tantas outras coisas ao mesmo tempo. A autora é um gênio, estou apaixonada pela história que ela criou, e ao mesmo tempo quero escrever uma carta com mil motivos do por que ela não deveria ter feito aquilo.

Quero falar mais, porém seria uma enxurrada de spoilers, então chega. Uma curva no tempo é um livro incrivelmente belo, triste, feliz e um milkshake de emoções. Estou muito feliz por tê-lo lido assim que ele chegou, ou estaria bem arrependida agora. Quero mais de Dani Atkins, quero mais Jimmy’s e Rachel’s, e mais histórias como essa. Leiam, pelamordedeus leiam esse livro, prometo que não irão se arrepender.


10 comentários

  1. HAYEN, DREEEGS! Tudo bom?
    AI MEO DEOS, ELA FAVORITOU O LIVRO ♥ Bom, eu ainda não li esse livro, mas eu FIQUEI APAIXONADO POR ESSA CAPA E ESSA PREMISSA, nossa, a história em suma é muito interesse, pois tipo o Jimmy deu a vida pra salvar a Rachel e isso é muito "Awwnn E MEO DEOS ELE MORREU". Mas assim, a vivência da protagonista me aparentou ser bem interessante e parece ter várias reviravoltas! Não sei se irei ler brevemente, mas depois dessa sua resenha já estou aceitando presente de aniversário adiantado (*-*). Amei a resenha, MIKSMILKS!

    VíciosVícios,
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. so a capa e a sinopse me fazem ja querer ler o livro, e dps da sua resenha mds eu quero ele agora! nunca tinha lido uma sinopse sobre ele mas ja tinha ouvido falar
    ai vc chega com ela e boom, mds to doida pra ler agora
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. oi flor, realmente é um livro primoroso com um ótimo enredo para adaptação cinematográfica! me surpreendi com a escrita de Atkins
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Sinceramente, depois de ''Como eu era antes de você'' eu tenho medo de ler livros de romance e drama, pois eu fico destruída depois de um final como aquele, e esse livro parece ter um final bem desse tipo. Então eu tenho que me preparar psicologicamente antes de ler esse livro.

    Beijos

    sempreadormecidas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Estou lendo ele também e estou confusa, mas torcendo pelo Jimmy. Vou devorá-lo o mais rápido possível, você me deixou morta de curiosidade de saber o que vai acontecer com a pobre Rachel!!!

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu nem sei porque solicitei esse livro para editora já que pela capa dá pra imaginar que é de chorar. Eu fujo de livros assim por ser muito emotiva, me envolver demais, mas já que tenho o livro vamos lá; Tomara que pelo menos eu goste dele tanto quanto você. =)

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
  7. Estou interessado nesse livro já tem um tempinho, só não tive a oportunidade de tê-lo em mãos ainda. A sua resenha só me deixou mais interessado ainda, parabéns!

    Poderia comentar(e se possível seguir) no blog? Estou começando agora =)
    http://entremundosliterarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi tudo bom?
    Ai, parece aqueles livros que você se apaixona, se apaixona e torce pra um final que vai diferente do que a história. Ai me interessei

    Beijos

    http://penelopeetelemaco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro foi a capa, muito Fofa! Agora após ler a resenha a história me parece ser ainda mais bonita que a capa. A obra aparenta ter uma trama bem interessante de mistério, amor e reviravoltas..Li apenas um livro acerca de um tempo paralelo, na verdade era mais uma viagem no tempo, diferente deste em que a personagem parece estar vivendo as duas realidades, é bem complexo e estou muito curiosa para entender e me emocionar com esta história *-*

    ResponderExcluir
  10. Amei a sua resenha e esta trama do livro me deixou super curiosa. Fiquei super intrigada para saber. Ainda não tinha ouvido falar neste livro mas a sua resenha me fez coloca-lo na minha "singela" lista de querências.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...