A ameaça invisível

Título: A ameaça invisível
Autora: Bárbara Morais
Editora: Gutenberg
Páginas: 320
Edição: 1
Lançamento: 2014
Sinopse: A Ameaça Invisível - O cerco se fecha contra os anômalos e o cotidiano nas Cidades Especiais começa a mudar. De início, o direito de ir e vir é privado, e a isso se seguem outras medidas restritivas, o que inspira uma rebelião e deixa a situação a um passo de uma guerra civil. Em meio a diversas facções, que defendem ideologias e métodos diferentes de fazer justiça, cada vez é mais difícil enxergar a situação com clareza, e Sybil tem pela frente novos desafios, que põem à prova suas convicções. Em situações desgastantes e por vezes desesperadoras, ela e seus amigos sentem na pele uma grande ameaça, mas não conseguem perceber quem é e onde está o verdadeiro inimigo.

Resenha

Agora mais do que nunca eu estou encantada/impressionada/apaixonada por essa trilogia. Se o primeiro livro da série já tinha me deixado de queixo caído e doida para saber o que aconteceria no final, A ameaça invisível teve esse mesmo efeito x1000! Muito obrigada Editora Gutenberg por ceder o exemplar para resenha ♥

Sybil ainda está lidando com os sentimentos de sua primeira missão no início desse livro, ela pensa em Ava e sobre como poderia tê-la salvo se tivesse agido de outra maneira, e também em Fenrir e tenta imaginar quando ele vai finalmente procura-la e o que irá pedir. Suas emoções ficam ainda mais à flor da pele quando os direitos dos anômalos começam a ser violados, e as pessoas com poderes passam a ser proibidas de se locomover, seguido pela falta de comida e soldados de preto com triângulos azuis segurando rifles e cassetetes. Quando Pandora virou Kali?

Sybil sente tanta raiva e impotência e tanto medo de que seus amigos se machuquem que acaba se aliando à Fenrir, que parece tão determinado quanto ela em mudar as situações em que se encontram e trazer igualdade a todas as pessoas, mas será que ele é mesmo confiável? E por que eles não deveriam iniciar uma guerra e acabar com os humanos de uma vez por todas e serem livres, sendo que eram tão mais poderosos com suas mutações?

A culpa por nos fazer passar por isso quase me sufoca e tenho a sensação de que o que vimos é só o começo de algo muito, muito pior. – página 70

O início do livro não tem muita ação, então a leitura é um pouco arrastada, mas a partir do momento em que Sybil decide fazer alguma coisa e as pessoas começam a se revoltar, aí é muito difícil deixar o livro de lado até mesmo para comer ou encontrar uma posição mais confortável. Fiquei vidrada na história de Bárbara Morais de forma que não conseguia desviar os olhos das páginas, e fiquei tão tensa no final que poderia ter arrancado os cabelos de frustração ao ver que o livro tinha acabado. É aquele tipo de final maldoso estilo bomba que deixa a gente bobo, sabe? Daqueles surpreendentemente incríveis que deixa a gente arrependido por não ter enrolado a leitura até ter a continuação. Eu devia ter enrolado até ter a continuação, pois agora estou revirando a internet em busca de notícias sobre o último livro da trilogia.

Sybil é uma protagonista incrível, uma das poucas de distopias que não me tiraram do sério ou que não fizeram merda. É claro que ela erra, assim como todo mundo, mas não são erros idiotas ou coisas que estão na cara de darão errado. Nada do que aconteceu nesse livro eu consegui prever ou até mesmo imaginar que aconteceria, e esse é só um dos muitos pontos positivos dessa trilogia maravilhosa.

Bom, fecharei a resenha dizendo que Bárbara Morais é uma mulher incrível, e uma das minhas nacionais favoritas, assim como os seus livros. Mal vejo a hora de saber o desfecho dessa história, e estou torcendo para que o terceiro livro seja ainda melhor que os outros, se é que isso é possível. Amantes de distopia, esse livro é para vocês.

Sim, eu estava numa enrascada que envolvia coisas que eu nem entendia. Mas se essas preocupações fossem o preço a pagar para viver de verdade, eu estava mais do que disposta. – página 50


15 comentários

  1. Oi Dryh,
    Li A Ilha dos Dissidentes ano passado e estou conseguindo resistir a tentação de comprar A Ameaça Invisível. Decidi que só irei comprá-lo depois do lançamento do terceiro, para ler em sequência. Adorei saber que este superou o primeiro, a escrita da Bárbara Morais é incrível né?
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. estava querendo fazer isso também, mas não resisti à tentação...haha' É incrível mesmo ♥

      Excluir
  2. Olá Dryh amei seu blog e compartilho com você desse sentimento que torna esse espaço o seu lugar favorito do mundo, pois também amo blogar. Vou anotar suas dicas de leitura hein? Abraços.
    http://dibobis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Dryh, sempre leio resenhas positivas e elogiosas para a autora e sua obra, assim que possível quero conhecer o primeiro livro. Parabéns pela resenha, por ela consegui captar toda a grandeza deste enredo =D e tudo é ainda melhor quando temos uma protagonista que faz jus a isso! Adorei!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Joi ♥ nada como uma protagonista incrível, não?!

      Excluir
  4. Oi Linda!
    Esse livro não faz muito meu estilo, mas é tão bom ver que você está tão apaixonada por ele!
    Sua resenha demonstra bem isso!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Direitos violados, emoções à flor da pele: já gostei!
    Confesso que a capa não chama minha atenção, mas o enredo parece ser interessante, inclusive, que sabe, para usar em sala de aula.
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É nacional ♥
    Já fiquei curiosa enquanto lia a sinopse, e sua resenha só me fez querer ler ainda mais.
    Adoro distopias e adorei saber que Sybil não é como a maioria das mocinhas.
    Não quero ficar sofrendo pela continuação e só por este motivo vou esperar pelo lançamento do segundo.

    Abraços,
    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  7. Oi Dry!
    Só li o primeiro livro mas já to doido atrás desse D: Barbara foi o primeiro livro nacional que eu realmente consegui me cativar. A historia, os temas, o ambiente, tudo, muito sugestivo e espetacular. E sim, Sybil é uma personagem incrivel, com toda a sua complexidade <3

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  8. Olá... tudo bem??
    Sim esse livro é para nós amantes de distopias... eu amei o primeiro livro... até procurei a autora porque eu precisava falar com ela sobre o livro... precisava desabafar e dizer o quanto eu amei... o quando a escrita dela me contagiou... acredito que neste vai ser a mesma sensação ou até melhor... a julgar pela sua empolgação... já quero pulá-lo na frente de vários que tenho por aqui... Xero!

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Oi Dryh!
    Bom, não estou mto na vibe de ler séries no momento...
    Mas fico sempre mto feliz qdo vejo autores nacionais com trabalhos tão legais assim, que empolgam verdadeiramente as pessoas... Todas as resenhas que li sobre este livro falaram mto bem e apesar de eu ter outras prioridades na minha fila de leitura rs tenho certeza que esta história me conquistaria...

    Bjo
    escritaseleituras.weebly.com

    ResponderExcluir
  11. Não tive o prazer de ler alguma coisa da autora ainda, mas este livro, aliás, série, me deixou bem interessada. Tenho acompanhado a série pelas resenhas e a cada dia fico mais empolgada com a futura leitura.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  12. Conheci a autora em um evento que fui no ano passado, infelizmente o livro não me convenceu muito, embora goste de elementos que estão presentes na obra.
    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  13. Oi Flor!!!
    Não sei se leria, mas só pela sua nota, achei bem baixinha, em composição a resenha está ótima e deixa qualquer um curioso! Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...