A menina que roubava livros



Oie


Finalmente assisti e resenhei A menina que roubava livros, quase um ano depois do lançamento *-* Decidi que só veria o filme quando tivesse terminado o livro, mas levei meses para criar coragem para ver a adaptação de A menina que roubava livros, pois não me sentia preparada para ver tudo aquilo acontecer novamente. Tinha me emocionado muito com o livro em diversas partes, e sabia que com o filme aconteceria a mesma coisa, se não ainda mais, já que Liesel e Rudy finalmente teriam um rosto.


Lançamento: 31 de janeiro de 2014 (2h11min.)
Dirigido por: Brian Percival
Com: Geoffrey Rush, Emily Watson, Sophie Nélisse
Gênero: Drama
Nacionalidade: EUA, Alemanha
Sinopse: Durante a Segunda Guerra Mundial, uma jovem garota chamada Liesel Meminger (Sophie Nélisse) sobrevive fora de Munique através dos livros que ela rouba. Ajudada por seu pai adotivo (Geoffrey Rush), ela aprende a ler e partilhar livros com seus amigos, incluindo um homem judeu (Ben Schnetzer) que vive na clandestinidade em sua casa. Enquanto não está lendo ou estudando, ela realiza algumas tarefas para a mãe (Emily Watson) e brinca com a amigo Rudy (Nico Liersch).



The Book Thief


Liesel vive em plena Segunda Guerra Mundial, e assim como muitas outras pessoas, precisa seguir as regras e fingir odiar os judeus e todos os outros grupos que não se “encaixavam” no perfil alemão. Ela não entende como as pessoas podem ser tão cruéis umas com as outras, e muito menos o que seu amigo, Max, e tantos outros, fizeram de ruim para serem obrigados a se esconderem.
Ela foi adotada, por assim dizer, por Hans Huberman e Rosa, um casal que, aos poucos foi se acostumando com a presença da menina na casa. Ela então passou a morar na Rua Himmel, onde conheceu Rudy.

Assim como acontece no livro, quem narra a história é a Morte, e ele (ela?) conta que Liesel foi uma das poucas almas (e pessoas) que o deixaram curioso e o surpreenderam. A menina roubava (e emprestava) livros, era apaixonada por palavras e histórias, e mais do que tudo, era muito curiosa.


O filme conseguiu captar a mensagem do livro, a emoção, a tristeza e a dor de se viver no meio de uma guerra, quando não se sabe para qual lado torcer ou para onde fugir quando as bombas caem e tiros soam. Mesmo tendo de correr para os abrigos quando o alarme soava, ou de falar baixinho para se proteger, Liesel ainda consegue ter uma infância digna de alguns machucados no joelho e corridas que apostava com Rudy, um garotinho cheio de vida e de coragem que me conquistou ainda mais nesse filme.


Não imaginei que os atores e atrizes poderiam fazer um trabalho tão bom ao interpretar os personagens principais e secundários, mas fiquei muito impressionada quando senti as lágrimas escorrendo pelo meu rosto ao ver alguma cena onde algo de ruim acontecia, ou quando sorria ao ver os protagonistas se divertindo e sendo felizes por alguns segundos. Não parecia que eu estava vendo um filme, era mais como se eu fosse um fantasma observando as lembranças de alguém ou a história da vida deles. Pode parecer clichê ou até mesmo bobo dizer isso, mas é verdade, e não acho que eu tenha sido a única pessoa a sentir isso ao assistir A menina que roubava livros.


Para quem não assistiu o filme ainda, assista, de preferência após ler o livro, pois sempre é melhor conhecer a obra literária antes da adaptação. Prepare-se para rir, se emocionar, roer as unhas, puxar os cabelos, pois esse é um filme que realmente mexe com a gente.



29 comentários

  1. Eu sempre gosto de ver o filme antes de ler o livro, pois assim consigo gostar das duas obras sem julgar, mas como tinha lido o livro a muito tempo, assim que saiu o filme fui correndo assistir. É uma bela adaptação de uma bela história, impossível não ficar emocionada, gostei muito de como o filme foi trabalhado, dos atores, é uma verdadeira obra!

    Obrigada pelo carinho. Feliz 2015! Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é mesmo um filme maravilhoso, e o livro melhor ainda ♥ um ótimo 2015 ♥

      Excluir
  2. Dryh, eu assisti no cinema esse filme, segurando as lágrimas para não chorar. Meeega emocionante. O livro eu li tem um tempão, tinha coisa que nem lembrava mais, mas mesmo assim fui assistir e achei ambos lindo. A adaptação foi muito bem feita.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  3. Eu amo esse filme, já vi várias vezes e nunca me canso ^^ #ChoroHorrores hehe!

    Já fez suas listinha de metas pra 2015? Vem ver a minha lá no blog^^
    http://www.blogespacoteen.com/2015/01/minhas-metas-para-2015.html
    Beeeijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' somos duas, estou fazendo a minha listinha :)

      Excluir
  4. Oi tudo joia?
    Acabei cometendo um erro que foi ver o filme antes de ler, não foi aquilo que eu esperava pois via muita gente falando ''Nossa como é maravilhoso'', mas só depois que li a obra entendi melhor...

    Beijos
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Também demorei uma década para ver o filme porque ainda não tinha lido o livro. Sempre assim, mas fazer o que. Eu adorei o livro, mesmo achando que o começo foi um pouco, digamos, devagar. Mesmo assim, não me arrependo de nada pois é uma boa leitura, com um enredo maravilhoso, e que conta uma história de perder o ar. Recomendo para todos!
    Agora, não me canso de ver o filme. Eu sempre fico torcendo para que todos saiam imunes, mesmo sabendo o que acontece no final... É um pouco triste :( Mas fazer o que, né? ahahah
    Beijoss

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o começo é lento mesmo *-* pois é, mas o bom é que pelo menos um se safou, né

      Excluir
  6. Ainda não li o livro,mas li a sua narrativa e com certeza adorei,~e o tipo de livro que adoro ler e chorar mil litros rsrs.
    E vou ver o filme também,fiquei mais curiosa ainda a respeito uma ótima dica de livro e filme.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Dryh! Tudo bem? Eu fui assistir "A menina que roubava livros" no cinema e, como era de se esperar, chorei horrores por lá >< hehe O filme é emocionante, eu também não poderia imaginar outros atores para interpretar os personagens, especialmente Liesel e Rudy - e só de lembrar dele, as emoções voltam!
    Acredito que o filme não soube desenvolver muito bem os personagens, mas é por isso que eu também concordo com você que a experiência de ler o livro e só depois conferir a adaptação será bem melhor! Um dia crio coragem de assisti de novo, por enquanto ainda prefiro não chorar mais litros com a história. Por enquanto. haha Bjs
    Jéssica - http://lereincrivel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muuito, fiquei super encantada com o menininho que interpretou o Rudy *-*

      Excluir
  8. Ah esse filme <3
    Vi o filme primeiro e depois ganhei o livro de uma amiga minha, e ter assistido o filme primeiro meio que atrapalhou bastante a minha vontade de ler o livro, mas se o filme for fiel ao livro, deve ser um livro maravilhoso (usei muito a palavra livro rs). Este filme não só me fez refletir sobre aquele tempo, as guerras e tudo mais,como me fez chorar de soluçar no final. Muito boa a resenha! Seu blog é incrível parabéns.

    https://cantodelivros.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  9. Dryh;
    Preciso me desculpar pelo sumiço aqui do seu blog. =/
    Meu computador estragou, não estava conseguindo navegar e fazer nadinha, então quero muito comprar um novinho, mas está complicado, com esses saldões de fim de ano não acho um que seja legal e do jeitinho que preciso. Meu marido conseguiu dar um jeito de consertar o pc estragado, fez umas gambiarras e por isso consegui voltar, e espero que continue assim até um novo ser adquirido.. vida cruel...rsrs. Por isso deixei de te visitar, perdão.

    Agora vamos ao que interessa, sua resenha do filme que mais me fez chorar no mundo. Sério, quando iniciou o filme, logo naquele trem nos trilhos, aquela neve toda e no irmãozinho da Liesel morrendo... OMH! Eu já estava com a cara inchada desde então... No fim do filme parecia que eu tinha tomado uma porrada de algum boxeador. Amei o livro, é um dos meus favoritos e amei o filme, entendo que não é possível colocar um livro em detalhes num filme, mas dessa vez não me decepcionei, achei que a película cumpriu seu papel. Parabéns pela resenha, você descreveu as sensações que eu tive ao assistir o filme e concordo com tudo o que escreveu aqui na resenha.
    Beijão e obrigada, me fez ter vontade de ver o filme de novo **.**

    Viviane
    Razão e Resenhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' sei bem como é, o meu também não está lá essas coisas, torcendo para durar pelo menos até o final do ano *-*
      obrigada, Viviane ^^

      Excluir
  10. Oie,
    nossa acredita que ainda não vi este filme?
    E olha que tenho certeza que o marido vai gostar rsrsr

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eu infelizmente não gostei nem do livro e nem do filme, achei tudo enfadonho demais, forçado demais ... quando fui ler o livro, esperava algo mais "forte" e no fim ... recebi uma história morna, o mesmo aconteceu com o filme lógico, uma pena.

    The Bullshits.
    thebullshits.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Dryh!
    Já li o livro várias vezes e também assisti ao filme.
    Muito amor por essa história. Cada vez que leio me emociono mais.
    Achei que a adaptação ficou ótima e fez juz ao livro. Claro que o livro é sempre melhor, mas nesse caso, a adaptação ficou perfeita!
    Beijos

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. ushausahsu, vc n é unica q ta um cadinho atrasada, rssrsr, esse filme ta na minha barra de favoritos, mas nunca consigo assistir, deve ser muito bom, quem sabe dps da sua resenha eu finalmente n assista??
    www.muchdreamer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Olá Dryh, tudo bem?

    Acredita que eu nunca vi o filme? Li o livro e amei, mas não tive ainda sangue frio pra terminar de vez com esta história.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Eu li apenas o primeiro capítulo de A Menina que Roubava Livros e abandonei, mas isso foi há uns dois anos. Pretendo ler porque histórias no período de guerra sempre me emocionam. Depois disso eu vou assistir ao filme, pois parece ser uma adaptação extremamente emocionante e envolvente.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Dryh!
    Eu já tentei ler o livro diversas vezes a alguns anos, e nunca consegui ir para frente. Estou pensando em tentar dar uma outra chance a leitura e poder assistir ao filme. Vi muita gente elogiando a adaptação.

    Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Menina estava passando direto esse filme no Telecine, mas eu só conseguia ver pedaços. Então nem vi o final do filme. Mas só os pedaços que vi eu adorei a história. Os atores são perfeitos e uns fofos principalmente as crianças.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. AMQRL é um de meus livros favoritos. Quando assisti ao filme, me emocionei muito. O filme foi bastante fiel a obra, mas ainda teve alguns pontos que me incomodaram um pouco. Ambos são maravilhosos. Você não é a única que se sentiu um fantasma observando memórias hehe.
    Beijos

    http://vidasempretoebranco.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Livro favorito e filme tbm.
    Não tenho palavras para falar deles, amo muito!! <3
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi flor... tudo bem??

    Bom eu não li o livro porque não consegui... peguei emprestado e nas primeiras páginas eu desisti... ainda não sei porque... mas foi o único que eu não consegui ler.... porém estava muito ansiosa pelo filme... uma forma de dar um tapinha em mim e mostrar que deveria ter lido o livro rs... Eu amei o filme... lindo demais... os atores perfeitos... e se amei tanto sem ler o livro imagine se eu tivesse lido rsrsrsr.... Gostei demais do enredo e chorei horrores... assim como também sorri... quero assistir de novo... Xero!!

    ResponderExcluir
  21. oi, tudo bem?
    Também não vi o filme ainda, quero reler o livro. Li há muitos anos, e na época li todo picado, demorei muito para terminar. Que bom que o filme foi tão bem feito, e que os atores conseguiram interpretar bem os personagens. As imagens que vi no trailer são mesmo ótimas
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Dryh!

    Não tenho dúvidas de que o filme deve ser emocionante, afinal, o livro é intenso, marcante e muito bom, no entanto, não sei se de fato o veria, livros com essa pegada mais para drama não consigo ver a adaptação, sei lá, é algo meu sabe, mas é bom saber que o filme foi uma boa experiência para para você que também já leu o livro.

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  23. Oi Dryh, tudo bem?
    Eu acho super interessante livros e filmes que retratam um pouco sobre o holocausto. Eu assisti a menina que roubava livros e adorei o filme, muito encantador e pretendo ler o livro em breve.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...