O desapego rebelde do coração

O desapego rebelde do coração acabou de entrar para a minha listinha de favoritos, e por favor, se deixem enganar por essa capa linda... a história é tão incrível quanto! Com vocês, Branca, Rodrigo e Lex.
Esta resenha não contém spoilers de seus livros anteriores, As batidas perdidas do coração e O descompasso infinito do coração.

Título: O desapego rebelde do coração
Autora: Bianca Briones
Editora: Verus
Páginas: 406
Edição: e-book
Lançamento: 2017
Série: Batidas perdidas #3
Sinopse: Quando um amor do passado ressurge e sentimentos mal resolvidos vêm à tona, é preciso decidir entre lutar pelo que se quer ou fugir — e pôr em risco a própria felicidade.
Branca sempre foi uma mulher independente, que não pensava em se casar tão cedo — até conhecer Lex. Entre idas e vindas, eles se casaram e se divorciaram menos de um ano depois. Ela levou um tempo para superar a perda e, sem esperar muito, começou com Rodrigo um perigoso jogo de gato e rato. Rodrigo tinha uma queda por Branca quando mais novo, mas hoje a enxerga apenas como a razão de uma paixonite adolescente. O que ele esconde de todos — até de si mesmo — é quanto todas as perdas que sofreu o afetaram, e o único modo de lidar com isso é fingir não sentir nada. Lex ficou muito tempo afastado de todos que amava, trabalhando em outra cidade e tentando seguir em frente, como sempre fez. Sua intenção era voltar apenas para o casamento de amigos, mas a vida tinha outros planos para ele.
Agora os três precisam lidar com o que está acontecendo — e mais, com o bebê que surge com Lex. Quanto a mágoa pode afastar duas pessoas que se amam? Como encarar uma situação em que pelo menos um deles certamente sairá ferido?
Resenha

Rodrigo Villa sempre tivera uma queda por Branca, amiga de sua irmã, mas depois de levar tantos foras e vê-la casando-se com outro, ele decidiu que não iria mais correr atrás de quem não o queria. Melhor ainda, Rodrigo estava decidido a viver uma vida “devassa”, sem se importar com sentimentos nem nada do tipo. Mas o que ninguém sabia era que a perda de seu pai ainda o afetava muito, e ele morria de medo de incluir mais alguém importante em sua vida, e perder esse alguém.

Acho que não conhecemos alguém completamente até ter exata noção da quantidade de dor que essa pessoa carrega.

Branca estava casada com Lex, mas era um casamento que não tinha mais futuro, então eles se divorciaram, e Lex foi morar no Rio. Ela sempre fora uma mulher independente, competente e, por mais que negue, um pouquinho atraída por Rodrigo... E quando eles começam um jogo de gato e rato que parece não ter fim, ela percebe que poderia ficar enrascada.... Principalmente porque viu uma faceta de Rodrigo que ninguém conhecia: um garoto perdido que ainda lidava com a perda do pai, e que era mais sensível do que transparecia. Só que Lex volta... Com um bebê no colo, e além de velhos sentimentos, Branca também precisa lidar com o ciúmes.

Gente, que livro! O primeiro livro dessa série tinha me deixado numa bad e com uma ressaca das boas, mas o segundo não foi tãão bom quanto eu esperava. Mas eu tinha esperanças de que O desapego rebelde do coração colocaria a série outra vez na lista dos favoritos. E não é que isso aconteceu mesmo? O livro é narrado por Branca, Lex e Rodrigo, então eu nem mesmo sabia para quem torcer, pois os dois são meus namoridos literários...haha’

Impossível não me apaixonar pelos personagens desse livro, e ver que Rodrigo amadurece tanto ao longo da história (vocês nem imaginam) só fez com que eu gostasse ainda mais dele. E por mais que eu também adorasse o Lex (ele sabe ser apaixonante quando quer), ver como ele e Branca sempre corriam para os braços um do outro quando as coisas davam errado me fez ter certeza de que queria vê-la com Rodrigo...hehe

Como lidar com isso? Como passar a vida vendo alguém como um moleque idiota e de repente deixar isso de lado e enxergar apenas o coração gigante que ele tem? Uma certeza: encrenca à vista.

Se tem uma coisa que eu não costumo suportar em livros, são os triângulos amorosos. Porém, a autora soube dosar muito bem (como sempre, né) o romance, o drama e a tensão na história. Quem já leu algum livro dessa série sabe que todos os livros possuem uma carga emocional bem grande, então é bom se preparar bastante antes de mergulhar em Batidas Perdidas. E também se preparem para rir bastante, pois os personagens (em especial os que foram protagonistas dos outros livros [oi, Rafa]) são hilários.

Fiquei um pouco p* da vida porque a autora deixou alguns ganchos no final do livro, que podem muito bem levar para mais dois livros (pessoal que já leu, não estou delirando, estou?), e estou me coçando para saber o que vai acontecer com certos personagens. Fico cada vez mais apaixonada por essa série (apesar de não ter gostado 100% do volume anterior) e mal vejo a hora de ver dois personagens que ADORO sendo protagonistas de suas próprias histórias. Bianca Briones, estamos esperando, viu? <3

*
Este livro foi a terceira leitura nacional do mês de setembro, e sua resenha faz parte da Maratona Setembro Nacional <3
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...