A loira do banheiro e outras histórias de arrepiar

Oláá pessoas, tudo bem com vocês?

Quem aí gosta de lendas urbanas? A Viviane trouxe a resenha do livro A loira do banheiro e outras histórias de arrepiar, do Dieison Groff, livro publicado recentemente pela Editora Arwen.


Título: A Loira do Banheiro e Outras Histórias de Arrepiar
Autor: Dieison Groff
Editora: Arwen (cortesia)
Páginas: 103
Edição: 1
Lançamento: 2016
Sinopse: Um dos mistérios da vida é: de onde vêm as lendas urbanas?
Você não conhece ninguém que tenha inventado uma lenda urbana. Os que contam uma dessas histórias sempre a ouviram de outro, que ouviu de outro, que ouviu de outro, que não se recorda de onde a ouviu. Em geral, quem conta uma lenda jura que aconteceu com a melhor amiga do primo da irmã do namorado da vizinha. Ou seja, com um conhecido bem distante. As histórias que o povo conta podem até mudar um pouco aqui, outro pouco ali. Suas alterações de região para região são comuns, mas o importante é que elas continuam mexendo com o nosso imaginário, causando um misto de medo e curiosidade. Dieison Groff resgatou doze lendas urbanas que prometem atrair a atenção da galera do começo ao fim. Este livro reúne histórias arrepiantes como a do vestido de noiva, da loira do banheiro, do motorista funerário, da moça do táxi, do menino na foto, entre outras que provavelmente vão fazer você terminar a leitura com os cabelos em pé.
Resenha

Sobre esse livro não irei fazer uma resenha detalhista, já que não quero estragar a surpresa de vocês, somente irei comentar do que se trata e dar a minha opinião, okay?

Vamos lá, o livro reúne uma coletânea de doze contos baseados em lendas urbanas modernas, como por exemplo: a loira do banheiro (capa do livro), a moça do táxi, etc. Os contos começam através de uma transcrição natural dos roteiros conhecidos, sendo assim quando nos damos conta já estamos entregues ao texto.

A escrita de Dieison Groff é gostosa e envolvente, apesar das lendas contadas aqui já serem conhecidas do público, ainda assim o autor consegue despertar a curiosidade através do mistério.

O livro é indicado para jovens leitores, leitores iniciantes e para aqueles que buscam um refresco entre as leituras, com histórias distintas e curtas, é uma dose necessária para quem quer "respirar" entre um livro e outro.


Editora: gostei muito do trabalho gráfico estão riquíssimos e com belas ilustrações, não apenas neste livro nos demais também. A diagramação é simples e com fonte padrão.

Autor: eu não conhecia o autor e esse é o primeiro livro dele que li, achei criativa sua maneira de reproduzir o texto e recriar suas "releituras" das lendas urbanas, com sagacidade e praticidade os textos criaram entre si um novo personagem: o narrador. A sensação de estar ouvindo uma história remete-nos as velhas lembranças de pais e avós nos contando quando crianças suas lendas e causos. 


Viviane  Martins

9 comentários

  1. Oi Dry,
    Não tinha conhecimento prévio em relação a esse livro, adoro lendas urbanas! Que bom que seu primeiro contato com ele foi satisfatório. É sempre bom anotar dicas de livros que aliviam a tensão entre uma leitura e outra, uma válvula de escape e sem dúvidas os livros para jovens leitores são meus favoritos para tais momentos. Dica anotada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu gosto de ler contos, mas esse livro eu não leria por conter historias de terror, e algumas que já conheço, já que sou meio medrosa e não curta ler coisas que me darão medinho,kkkkkk.
    vou deixar passar a dica.
    bjus

    ResponderExcluir
  3. Adoro a premissa deste livro, eu gosto de lendas urbanas e ainda mais se elas forem de terror, mesmo sendo um livro juvenil e eu já ter passado a léguas da juventude, quero ler e imagino que irei gostar bastante!!!

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gosto muito de contos e de lendas urbanas, adorei a proposta do livro, mesmo não fazendo parte do público juvenil fiquei super interessada por ele!

    ResponderExcluir
  5. Olá! Ainda não conhecia o livro, nem o autor e já tenho que parabenizar à editora pela capa que me deixou curiosa. Que bom que a leitura é fluida e que os contos começam com as lendas da forma que já conhecemos e vão ganhando outros detalhes e caminhos, de forma que, na parte que fica diferente já estamos entregues ao texto. Não é muito o meu perfil de leitura, mas fiquei bastante interessada.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá! Ainda não conhecia o livro, nem o autor e já tenho que parabenizar à editora pela capa que me deixou curiosa. Que bom que a leitura é fluida e que os contos começam com as lendas da forma que já conhecemos e vão ganhando outros detalhes e caminhos, de forma que, na parte que fica diferente já estamos entregues ao texto. Não é muito o meu perfil de leitura, mas fiquei bastante interessada.
    Beijos.
    Karla Samira
    www.pacoteliterario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Não entendi a relação da sua nota 2 - que pela classificação daqui corresponde a regular - com a resenha, já que não falou de pontos negativos. De qualquer maneira, sou muito medrosa para ler um livro que conta lendas urbanas, então não me interessei. Fora que não entendi bem essa proposta de reproduzir o texto e criar releituras do autor.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Viviane!
    Assim que comecei a ler a sinopse já fiquei interessada, afinal é o tipo de livro que os meus alunos iriam adorar. Eles sempre comentam sobre a loira do banheiro (que é uma verdadeira febre entre a criançada) e outras histórias mais "macabras". Tenho certeza que seria uma leitura super bem aproveitada.
    Parece sim ser uma leitura rápida, ainda mais por conta da faixa etária para qual ele é voltado. Certeza que fará sucesso com o público mais jovem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor!
    Que pena que o livro não consegue alcançar grandes expectativas, mas não tiro o mérito do autor de ter abordado lendas urbanas tão conhecidas com uma narrativa agradável. :) Acho que algumas dessas lendas até se perderam, sabe? Devido às redes sociais e ao YouTube, muitas crianças já têm contato com o gênero horror e isso meio que mudou o interesse por essas lendas – como se elas fossem "mornas demais". Uma pena.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...