Sedução ao amanhecer


Titulo: Sedução ao amanhecer
Autora: Lisa Kleypas
Editora: Arqueiro
Páginas: 256
Edição: 1
Lançamento: 2013

Sinopse: O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?

Resenha
“- O lado ruim de amar alguém, Merripen, é que sempre haverá coisas das quais você não vai poder proteger a pessoa amada. Coisas que estão além do seu controle. Então finalmente você percebe que existe algo pior do que a morte... que é acontecer um mal a essa pessoa. É preciso conviver com esse medo sempre.” – página 203
Desde que li o primeiro livro dessa série e conheci a barulhenta e agitada família Hathaway, mal via a hora de ler o segundo livro, que como mostrava no primeiro, contaria a história de Win, a irmã mais doce e gentil de todas, e também a que ficou doente há alguns anos e agora mal consegue caminhar sem cansar, e seu amado Merripen, um cigano que foi resgatado pela família quando era pequeno, e que vem morando com eles e cuidando dos irmãos.

Merripen sempre teve um carinho mais que especial por Win, e já no primeiro livro era possível perceber que esse carinho não se dava apenas por ela ser a mais frágil, mas sim por ele ser apaixonado pela garota frágil, assim como ela era por ele. Acontece que Merripen era um cigano, mas não um cigano como Cam. Ele fora treinado quando menor para ser violento, e era isso o que ele temia se tornar. Merripen não podia deixar seus sentimentos falarem mais alto que sua razão, e acabarem por destruir o futuro de uma garota da alta sociedade que merecia um homem rico, não um simples cigano sem nada a oferecer.
“Ele fingiu não ter ouvido essas ultimas palavras. Cada tentativa que ela fazia para trazer à tona os sentimentos entre eles era sempre recebida com resistência de ferro. Merripen jamais admitiria que gostava dela, sempre a trataria apenas como uma pessoa frágil que precisava de sua proteção. Uma borboleta de asa quebrada.” – página 8
Já no inicio do livro, Win parte com Leo para a frança, onde ela será internada numa clinica de tratamentos para problemas respiratórios e cardíacos, que era o seu caso. Dois anos depois, ela é uma nova mulher e consegue subir e descer escadas sem que ninguém a carregue. Ainda apaixonada pelo cabeça-dura Merripen, ela tenta esquecer o homem que não respondeu suas cartas e que a usava como se fosse um brinquedo enquanto se recupera; sendo que Merripen se torna cada dia mais mau humorado por não ter Win ao seu lado, para protegê-la como sempre o fez.
“Ele não sabia se Win correspondia ao seu amor. Tudo o que ele sabia era que não queria que ela o amasse.” – página 29 
O bom deste livro é que ele não se foca apenas em Win e Merripen, mas também nos outros irmãos, em especial em Amelia, Cam e Leo (♥) tanto que eu cheguei a pensar que o próximo livro seria do lorde bêbado conquistador.
A autora conseguiu criar uma história ainda melhor que a do primeiro livro, acrescentando também uma pitada de tensão e mistério, o que me deixou ainda mais ansiosa para chegar ao final do livro, onde encontrei respostas que eu não imaginava que encontraria.
Confesso que me irritei bastante com Merripen, mas entendo o que ele quis dizer quando mencionou que Win não poderia se apaixonar por ele.

A história flui rapidamente, ainda mais que no primeiro livro. Acredito que este seja o meu preferido do momento, e não acho que os próximos conseguirão ser ainda melhores, mas espero que eles o sejam. 
“E ele a amava como um homem ama uma mulher, e não como se ela fosse uma criatura etérea. Os sentimentos de Merripen por ela eram quentes, luxuriantes, primitivos. Exatamente como ela queria.” – página 174 
MilkMilks
Dryh Meira

20 comentários

  1. Oii..
    Gostei muito da resenha, apesar de não ter lido o primeiro livro. Mas deu para ter uma noção da história.
    Espero ler em breve a trilogia.
    Tenho muita curiosidade.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o bom dessa série é que os livros não precisam ser lidos na ordem, necessariamente :)

      Excluir
  2. Eu amo essa família!
    Adoro esses ciganos lindos e essas mulheres malucas, como também adoro Leo.
    Acredita que comecei essa série pelo livro da Poppy? Pois foi. Não curti muito ela, apesar de ter amado o par que lhe arrumaram. E o livro do Leo é supimpa de bom! Amo!!!
    Não tenho vontade de voltar a ler os primeiros livros, mas adoro ler as resenhas deles!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mesmo? Eu só descobri que não era tudo continuação depois que li os três primeiros livros *-*

      Excluir
  3. Olha confesso que não li a sua resenha, pois estava com medo de pegar spoiler do primeiro livro que eu não li. Mas estou bastante curiosa para ler esta série.
    Bjokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não teve muito spoiller (quase nenhum, na verdade) porque os livros são histórias meio que distintas :)

      Excluir
  4. Eu quero MUUUUUUUITO ler esse livro. Ainda não li essa série, então provavelmente peguei vários spoiler aqui, mas tudo bem lkadsjhfksdhfsd
    Amei, já quero!
    beijos
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    eu adorei o primeiro livro e pelo visto vou gostar bastante dele.
    Ele esta em casa me esperando, mas ainda não consegui ler.

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, nem o anterior a este porém pela sua resenha parece que você gostou bastante e isso me motiva à lê-lo.

    Abraços
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. OI Dryh, fico muito feliz que esta séroe esteja sendo perfeita =D A Lili, colaboradora do blog esta iniciando a série e esta amando, que bom que o segundo volume também segue a linha!

    Adoreiii e agora estou super ansiosa para iniciar a série tbm!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia siim, Joi, acho que você vai gostar bastante :)

      Excluir
  8. Oiee.

    Eu ainda não li nenhum dos livros, mas sua resenha me deixou curiosa e espero gostar.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Acho a capas desses livros lindas!
    Com certeza vou ler essa série!
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Não faz isso comigo, flor!!!! Eu estou me segurando mesmo para não ler nada dessa autora no momento. Tudo o que leio sobre ela são elogios (rs). E estou com uma pilha de livros não-lidos por aqui, logo… não posso me dar ao luxo de conhecê-la agora *chora*. Sua resenha está linda, flor. Senti o romance do casal nas suas palavras… Apaixonante.
    Beijo carinhoso!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk' por sorte a minha pilha diminui, mas bateu aquela vontade de fazer compras *-* espero que você consiga conhecer a série em breve ^^

      Excluir
  11. Não gosto de muito desse gênero, mas quando o autor não foca apenas numa história e desenvolve outras, a leitura me cativa, mesmo não sendo um gênero que eu curta. Não é sempre, mas em alguns casos.
    Gostei da resenha e do penúltimo quote :D

    ResponderExcluir
  12. Oie...
    Ainda não li nenhum livro da autora. Mas já ouvi falar muito bem dessa série.
    Gostei bastante da resenha e ela me deu vontade de ler os livros!
    As capas muito bonitas! Mas no momento estou tentando não comprar/começar nenhuma série. Tenho muitos livros na lista de leitura de um projeto da cidade! Vou ter que me segurar!!

    ResponderExcluir
  13. Ta na moda fazer série de famílias né? Essa deve ser sei la, a 5° que eu vejo hehe (não é uma crítica, apenas uma observação). Não li o primeiro livro ainda, mas me interessei bastante pela série. Acho lindas essas capas em que o vestido da moça toma conta de tudo. beijos

    ResponderExcluir
  14. Amo essa série, Lisa Kleypas arraso, sua escrita é excelente, curto muito romance de época e essa série é uma das minhas favoritas, adorei todos os livros se tivesse que escolher um que mais gostei escolheria o Paixão ao Entardecer com Beatrix e sua paixão pelos animais.

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...