O Duque e Eu

Oie pessoas, tudo bem com vocês?

Alguns dias atrás comprei os três livros já lançados da autora Julia Quinn (Os Bridgertons), e como gostei muuito dos três, decidi postar a resenha de O duque e eu hoje.
Li várias resenhas desse livro antes de finalmente comprá-lo, e como muitas delas falavam suuper bem tanto do livro quanto da autora, decidi me arriscar e acabei comprando os três de uma vez. Não me arrependi!

Encontrei tantos quotes legais e românticos que quase deixei a resenha sem nenhum, para não precisar escolhê-los, mas acabei pegando alguns. Espero que gostem :)

Titulo: O Duque e Eu
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 288
Edição: 1
Lançamento: 2013
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
“Simon ficou olhando para o reflexo dos dois no espelho durante vários minutos. E quase acreditou que conseguiria fazê-la feliz.” – página 175

Daphne é a quarta filha dos 8 Bridgertons, a garota mais velha, e como já passou da idade de se casar, sua mãe está tentando arranjá-la com todos os homens solteiros da cidade, mas até agora não encontrou nenhum pretendente decente que quisesse se casar com sua filha. Daphne é uma garota bonita, e super gentil, mas os homens só conseguem vê-la como uma boa amiga, não como a mulher bela que é, até que aparece Simon, o duque de Hastings, amigo de Anthony, o mais velho dos Bridgertons.

“Com muita relutância, ele arrastou o olhar até o rosto dela. Que era, claro, encantador por si só, mas era difícil imaginar seu poder de sedução enquanto ela franzia a testa para ele.” – página 43

Sem saber que Daphne era irmã de seu melhor amigo, Simon acabou flertando com ela e despertou certo interesse na e pela garota, mas é claro que isso não acabaria dando certo, pois o sonho de Daphne era se casar e criar uma família, o que passava longe do que Simon queria, que era nunca se casar e nunca ter filhos.

“Simon olhou para ela com intensidade. Um sinal de alerta soou em sua mente. Ele a queria. Queria com tanto desespero que estava completamente tenso, mas jamais poderia sequer chegar a tocá-la. Porque fazer isso seria destruir todos os sonhos dela, e, libertino ou não, ele não sabia ao certo se conseguiria olhar-se no espelho de novo se fizesse isso.” – página 74

A história começa nos mostrando o nascimento e os primeiros anos da vida de Simon. Seus pais demoraram para conseguir um filho, e quando ele finalmente nasceu, a duquesa faleceu, e o garoto demorou anos para aprender a falar, o que irritava muito o duque, pois ele queria uma cópia dele, que pudesse cuidar dos negócios, e a gagueira que Simon adquiriu algum tempo depois, para o duque, era sinal de fraqueza e idiotice.

Renegado pelo pai, Simon decidiu que nunca seria como ele, não se casaria e não teria filhos, mostraria ao pai que podia ser muito melhor que ele, e sendo assim, entrou numa faculdade e conheceu o mundo, até finalmente voltar á cidade onde nasceu, que por coincidência é onde Daphne vive.
Daphne e Simon acabam virando amigos, e então colocam um plano em ação. Fingiriam estar juntos, assim as garotas solteiras da cidade parariam de correr atrás dele e Daphne teria uma fila de pretendentes á sua porta, visto que ela era desejada pelo duque. Mas aí Daphne começa a se apaixonar por ele, e ele por ela, o que não estava nos planos.

“O duque de Hastings. Nesse momento, Daphne entendeu que seria uma tola se não se apaixonasse por ele.” – página 90

Achei essa história um pouco parecida com os livros da autora Bella Andre, Os Sullivans. Lá a família também é grande, o pai morreu, a mãe criou os filhos sozinha, e a cada livro a história de um dos filhos é contada, e ele encontra o amor de sua vida. Apesar de parecerem histórias parecidas, são diferentes em alguns aspectos. Os livros de Julia Quinn se passam numa época passada, e a escrita é completamente diferente, além de não deixar óbvio o que aconteceria em seguida, ou como seria o final, o que me deixou aliviada, pois não queria ficar comparando uma série com outra.

A leitura é rápida, os personagens são bacanas, principalmente Daphne (uma dama não tão inofensiva) e Simon (um gago muito fofo, apesar de pisar na bola algumas vezes.). Criei certa afeição por Daphne, ela é uma personagem divertida e fácil de se gostar, e o que eu mais queria era que ela conseguisse realizar seus sonhos e ser feliz.

A série é grande, e espero muito que os livros não sejam iguais ou parecidos demais.

“-Eu...eu sempre soube que não era o tipo de mulher com quem os homens sonham, mas nunca imaginei que alguém fosse preferir morrer a se casar comigo.” – página 148


MilkMilks
Dryh Meira

8 comentários

  1. Tenho tanta vontade de ler esses romances de épooca da arqueiro *O*
    Vai ter encontro deles aqui no estado - o que é raro, já que sou do ES -
    Ansiosa *-*

    Beijos,
    http://www.interacaoliteraria.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre quis ir em encontros, mas nunca consigo ir :/

      Excluir
  2. Eu gosto desse livro. Engraçado que o li em um dia, mas não gostei de morrer, sabe? Eu apenas gostei kkkkkkk
    estou ansiosa para ler a continuação.
    bjs
    http://letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk' sei sim Mariana, aconteceu isso comigo também :/

      Excluir
  3. Parece ser ótimo ;)
    Eu tenho o primeiro livro aqui mas não li ainda...

    http://foreverabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu mesma só li O duque e eu com os outros livros aqui...kkk' nunca se sabe quando a série é apaixonante e deixa aquele gostinho de "quero mais" :)

      Excluir
  4. Foi o meu primeiro contato com a autora e virei fã dela, adorei esse livro e pretendo dar continuidade na série. Sem falar que é romance misturado com comédia, tem trechos que ri bastante e outros que achei super bonitinho.

    Bjs, @dnisin
    www.seja-cult.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É mesmo, nada tão bom quanto ler um livro romântico e engraçado com personagens maravilhosos :)

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...