A Morte e a Morte de Quincas Berro d'Água

O 

i, pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje eu vim trazer a resenha de uma das leituras obrigatórias do vestibular da UNEB, uma universidade estadual daqui da Bahia. Confesso que, a cada obra eu me encanto ainda mais pela escrita do Jorge Amado.

Título: A Morte e a Morte de Quincas Berro d'Água
Autor: Jorge Amado
Editora: Companhia das Letras (cortesia)
Páginas: 118
Edição: 1
Lançamento: 2008
Sinopse: O respeitável Joaquim Soares da Cunha, funcionário exemplar da Mesa de Rendas Estadual da Bahia, rompe com a família e as convenções sociais para viver aventuras no porto e na zona do meretrício de Salvador. Agora se chama Quincas Berro D'água.





Joaquim Soares da Cunha, conhecido popularmente como Quincas Berro Dágua, foi um exemplar de funcionário publico, opinava sobre o tempo e a política da época, sempre recebia comentários positivos dos vizinhos sobre a sua personalidade, era um rapaz tranquilo e de boa família, que se encaixava nos padrões da classe média em Salvador. Entretanto, o tempo passa e Joaquim percebe que essa vista estável era monótona demais para ele e assim começa a refletir em uma mudança bastante radical e assim ocorre o a morte social de Joaquim Soares da Cunha. E assim, nasce o Quincas Berro Dágua, um cachaceiro debochado, sem família e como o próprio autor afirma: sem família e sem rezas, o protagonista acabou abandonando a sua casa aos cinquenta anos e começou a sair para festas em botequins, beber e dormir nas ruas. 

Quincas Berro D'água veio a falecer - agora é oficialmente a morte física - e quem descobre é uma amiga, segundo mencionado na obra ele estava vestido com roupas rasgadas e seu corpo havia sido encontrado em um simples cômodo. De certo modo, a família do falecido ver aquilo como um alívio, já que a perda da honra de Joaquim Soares já fora a muito tempo e isso consequentemente manchava a reputação dos seus parentes, com isso, resolvem oferecer um velório o mais simples possível.

Contudo, a trama desse enredo começa verdadeiramente a acontecer quando os amigos de bares do protagonista percebem o sorriso debochado de Quincas, o que fazem acreditar no fato do querido estar vivo ainda, com isso, resolvem sequestrar o defunto para uma noite totalmente surpreendente e inesquecível. E com isso, a dúvida que o personagem está vivo ou não acaba mexendo com toda a comunidade da Bahia.
"No meio da confusão Ouviu-se Quincas dizer: “Me enterro como entender Na hora que resolver. Podem guardar seu caixão Pra melhor ocasião. Não vou deixar me prender Em cova rasa no chão.” E foi impossível saber O resto de sua oração."

Essa, é a minha segunda leitura de uma obra do Jorge Amado, um dos autores da segunda fase do Modernismo, e confesso que o que mais amo em sua escrita é a riqueza de detalhes sobre o cenário baiano, de como ele retrata Salvador exatamente do jeitinho que ela é, não é pouca coisa esse homem ser considerado um verdadeiro ícone da literatura brasileira. Um dos escritores mais traduzidos e conhecidos no exterior, suas obras já foram traduzidas em mais de 50 idiomas e dialetos, editados em 55 países. 

Em suma, essa obra não me decepcionou, gostei realmente da variedade de "mortes" representada no enredo, porque realmente apresenta críticas a respeito da vivência da classe rica da época e de como o personagem estava cansado de tremenda mediocracia. A edição da Companhia das Letras está encantadora, inclusive, logo no final da obra eles relatam um posfácio da vida e as vidas de Quincas Berro D´água, escrito por Affonso Romano de Sant'Anna, ademais, algumas curiosidades e até mesmo uma biografia do Jorge Amado é apresentado. É uma leitura rápida, agradável, humorada e totalmente intrigante. 
“Não sei se esse mistério da morte (ou das sucessivas mortes) de Quincas Berro Dágua pode ser completamente decifrado. Mas eu o tentarei, como ele próprio aconselhava, pois o importante é tentar, mesmo o impossível.”
Até mais, pessoal!
 Lu 💜

Nenhum comentário

Postar um comentário

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...