O trio

Título: O trio
Autora: Alane S. A. Brito (cortesia)
Editora: Novo Século
Páginas: 511
Edição: 1
Lançamento: 2012
Sinopse: Davi achava que seus piores problemas seriam dividir o forte sentimento que ele e seus dois amigos, Nelson e Jordan, nutriam pela mesma menina e tentar tornar a conturbada vida de um deles menos sofrida. Até que ao completarem dezoito anos a pequena vila no meio do nada onde moravam é invadida por homens violentos. É quando começa o maior desafio de suas vidas... Davi e Nelson conseguem fugir com mais alguns e, após se deparar com o sofrimento do amigo, Davi sente-se obrigado a retornar ao palco do grande massacre para resgatar Jordan. Para levarem ajuda aos outros sobreviventes que estão aprisionados, os três terão que juntar forças com seus desafetos, a fazer difíceis escolhas, e acabam descobrindo que, no fundo de suas almas, guardam uma grande garra e coragem jamais experimentados por nenhum deles... Existem erros tão graves que jamais possam ser perdoados? Abriria mão de um verdadeiro amor por causa de uma grande amizade? Descubra nessa história que é uma grande lição de amor, amizade e perdão...
Resenha

O livro nos conta a trajetória da vida de três melhores amigos inseparáveis que viviam numa vila no meio do nada: DaviNelson e Jordan, o nosso trioDavi é quem conta a história, e ela começa com ele retornando à Vila Valentino Duarte dez anos após os acontecimentos do restante do livro, para cumprir um acordo que nos é contado um pouco depois.

Não sei bem como resenhar esse livro. Ele é, sem dúvidas, um dos melhores que eu já li, e digo que não esperava menos. Os sentimentos que O trio me trouxe foram únicos, e eu precisei ler o livro com calma, tentando economizar as páginas para que não acabasse nunca, e saboreando cada palavra. São poucos os livros que conseguem essa façanha.

A sinopse já conta bem o que acontece na história. Um grupo de homens violentos ataca a vila onde os garotos moram, quando os três estão com dezoito anos, e Jordan é o principal alvo dos homens, simplesmente por ser um rapaz muito azarado (quem leu o livro sabe bem disso). Então o grupo de amigos precisa se esconder, ao mesmo tempo em que pensam no que fazer para ajudar os sobreviventes, e lidam com conflitos internos e intrigas entre si. Conflitos que já existiam antes mesmo do ataque, e que ficam mais fortes durante o mesmo.

E tinha a sensação de que existiria a minha felicidade unicamente dali, vivendo daquele modo, sem que nada de mau pudesse nos acontecer naquele lugar tão maravilhoso e que ninguém tiraria aquela satisfação do meu coração. – página 25

O primeiro conflito aparece quando Jordan começa a ser acusado de crimes os quais ele diz não ter cometido, mas, como sempre estava presente na hora H, era o único suspeito. Davi e Nelson tentavam acreditar no rapaz, mas isso ficava cada vez mais difícil, assim como as acusações ficavam mais graves. O segundo conflito é uma paixão que os três nutrem pela mesma garota: Yola, personagem que não conquistou meu afeto, diga-se de passagem. É claro que esses não são os únicos conflitos do livro, mas os mais importantes, acredito eu.

Agora, os personagens. Ah, simplesmente não consigo dizer o quanto eu gostei deles, principalmente de Jordan. Em momento algum acreditei que ele era um criminoso, e ver o quanto o coitado sofreu pelas acusações e pela falta de confiança das pessoas que o conheciam doeu o coração. Mas ele é mais forte do que aparenta, e conseguiu ser o meu queridinho por demonstrar tanta coragem durante a história.

Davi não fica muito para trás, mas algumas ações suas me deixaram um pouco irritada com o personagem. Outras, no entanto, me fizeram querer aplaudi-lo. Ele é um narrador maravilhoso, e um amigo mais maravilhoso ainda (com algumas falhas, é claro, mas quem não tem falhas?). Nelson não foi grande coisa, não sei por que, mas ele não fez muita diferença para mim. Até Nícolas, o “vilão” ganhou mais o meu afeto. Não vou mencionar todos os personagens e suas qualidades (ou não), pois isso levaria o dia todo, mas, englobando todo mundo: são incríveis!

Uma das melhores coisas nesse livro, sem pingo de dúvidas, é a amizade do trio. Foram várias as vezes em que eles me deixaram com lágrimas nos olhos, e mais ainda as que eu morri de medo de que o trio se acabasse. Queria chorar só de imaginar.

Outro ponto muito positivo é a descrição dos lugares. Li o livro vendo um filme na minha cabeça! As descrições são impecáveis, é incrível como a autora consegue entrar na nossa cabeça com a imagem da Vila, da ponte, da floresta, de tudo! A escrita da autora é maravilhosa, é impossível parar de ler e não desejar chegar logo no final para saber o que vai acontecer.

Enfim, a resenha não faz jus à qualidade do livro, e eu queria ter falado muito mais sobre essa história maravilhosa e seus personagens marcantes, mas não quero falar demais. Só quem já leu um livro incrível consegue imaginar pelo o que eu estou passando neste momento, aquela sensação de perda ao fechar o livro, e o sentimento de querer ler tudo de novo por saudades dos personagens. Espero que vocês tenham a oportunidade de ler esse livro, e que consigam gostar dele tanto quanto eu 

“Na cabeça de quem nos conheceu sempre seremos você, ele e eu. Um trio.” – página 508



22 comentários

  1. Que resenha perfeita, Dryh!! Era de se esperar, já que foi feita por você, fiquei apaixonada! Muuuuito obrigada por seu carinho e não faz ideia do quanto estou feliz por você ter gostado tanto!!

    Beijos!!!!! <3 <3 <3

    ResponderExcluir
  2. Oi Dryh, tudo bem ?
    Ainda não conhecia o livro, mas sua resenha me deixou com aquela vontade de ler ... Calma, sem precipitação kkk estou dando preferencia para livros mais "antigos" que residem e minha "pequena" lista de livros para comprar :P Mas nem por isso não vou deixar de ler este livro.

    Bjs,
    Túlio.
    http://leitoresdivergentes1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' espero que você tenha a oportunidade de ler "O trio" logo, Túlio ♥ e boa sorte com a "pequena" lista :)

      Excluir
  3. Taí um tema que eu gosto: amizade. Não gosto muito quando os livros descrevem totalmente as personagens, mas amo descrição de lugares. Como vc, me sinto num filme. e adoro essa sensação. Não conhecia nem o livro nem a autora, mas filme mega curiosa pra ler tb.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  4. Olá, eu ainda não conhecia o livro e apesar de você ter gostado tanto, ele não me chamou atenção, não que parece ser ruim, não mesmo, parece sim ser bom mas não me cativou, entende?! sua resenha foi muito bem escrita e detalhada.

    ResponderExcluir
  5. Oi Dryh!
    Parabéns pela resenha, gostei muito do seu texto! A trama mostrou-se muito interessante, e sinto que vou passar pelo mesmo que você, aquela depressão pós leitura que é impossível não se deixar influenciar. Estou muito curiosa com trama, agora quero ler.
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Carla ♥ espero que você goste do livro ♥

      Excluir
  6. Estou com o livro na estante, e depois dessa resenha maravilhosa preciso ler logo! Coitado, ser acusado por algo que não cometeu! Fiquei curiosa pela trama, vou tentar ler esse ano ainda!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eba ♥ me conta depois o que achou do livro, Dessa :)

      Excluir
  7. Gosto muito quando as descrições ficam tão boas que conseguimos ver um filme na nossa cabeça. A amizade do trio deve ser bem marcante mesmo se você queria chorar só de imaginar que ele acabaria. E gostei de saber que várias vezes eles te deixaram com lágrimas nos olhos. O enredo parece interessante, e já que você disse que o livro é tão incrível assim vou ler se tiver oportunidade.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você tenha a oportunidade de lê-lo, Ju, e que goste tanto quanto eu ♥

      Excluir
  8. Oi flor, fiquei tão feliz que você também tenha gostado da leitura, eu devorei o livro e sofri demais com esses três danados, sofri principalmente com o lindo do Jacob, tadinho, sofreu demais. Achei o livro demais, muito bem construído e detalhado, como você imaginei cada descrição, foi maravilhoso.

    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tadinho dele, né? O Jordan é um dos meus personagens favoritos ever ♥

      Excluir
  9. OIe, tudo bem!?
    Poxa, não conhecia o livro, mas pelo que você falou da escrita da autora, acho que iria gostar bastante. Acho que a melhor parte dos livros são quando você consegue ver tudo como um filme *---* Acho que leria sim! Adorei a resenha!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste do livro, Lu ♥♥

      Excluir
  10. Amada! Concordo INTEIRAMENTE, eu amo os livros da autora, o Trio e o segundo dela que li são MARAVILHOSOS, envolventes e de muita qualidade como disse! Amei sua dica! Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Dryh, sua linda, tudo bem
    Ah, conheci a autora e me apaixonei por sua história no blog da Paulinha (Overdose Literária), estou com esse livro para ler na fila, e fiquei com o coração apertado por não ter tido tempo ainda de fazer a resenha. Fiquei com o coração apertado por Jordan, não gosto de injustiças e saber que até os amigos começaram a desconfiar dele, nossa, deve ter sido muito difícil. Mas o que mais chamou minha atenção na sua resenha foi o sentimento de amizade deles, apesar de adorar romances, adoro quando os livros priorizam os valores da amizade e família. Adorei sua resenha e não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Cila ♥ realmente espero que você goste do livro, é muito lindo ♥

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...