Cartas para você

Título: Cartas para você
Autora: Duda Razzera (cortesia)
Editora: Talentos da Literatura Brasileira (Novo Século)
Páginas: 216
Edição: 1
Lançamento: 2014
Sinopse: A história retrata a vida de Georgia Castro, uma menina mulher em seus vinte e dois anos que acabou de perder o pai. Inconformada com a morte de seu pai - e também melhor amigo, Georgia entra em depressão. Sua psicóloga aconselha-a a escrever para o seu pai ou manter um diário pois Georgia gosta muito de escrever. A partir daí, Georgia começa a escrever cartas para a Aceitação, pedindo para que ela bate à sua porta. As cartas são uma espécie de diário e Georgia trata a Aceitação como sua confidente. Ela conta sobre a história de amor de seus pais, sobre a história de sua família, o falecimento de seu pai e as intrigas em família que decorreram do falecimento. Além da questão familiar e do processo de luto, Georgia também desabafa sobre sua vida amorosa, pois o cara de quem gostava não quis mais ficar com ela após a morte de seu pai. Com mais essa perda, ela começa a lembrar do péssimo ex-namorado que marcou muito a vida dela e da sucessão de casos amorosos mal sucedidos depois dele. Tentando seguir a vida, Georgia termina a faculdade de Economia e conta sobre a formatura, o primeiro emprego, suas saídas com os amigos e novos amores. 
Resenha

Após perder o pai, Georgia passou a escrever cartas para Aceitação, que, de acordo com os psicólogos e etc, é a última fase do luto. Acontece que Georgia ainda não chegou nessa parte. Ela simplesmente não consegue entender porque seu pai fora tirado dela, quando tantas pessoas ruins no mundo ainda viviam. Por que justamente ele, seu porto seguro?

Seguir a vida não era tão fácil como as pessoas diziam que seria, então ela passa a escrever sobre seus dias e seus sentimentos, contando, além do que acontece em sua vida, as saudades que sente do pai, e os turbilhões de pensamentos que passam por sua cabeça todos os dias, além de sua luta diária para tocar a vida, quando o que ela mais queria era fechar os olhos e sonhar que o pai estava de volta.

Eu não sei existir em um mundo onde meu pai não exista. Não é real. – página 20

Georgia não é uma pessoa fácil de se lidar, e não digo isso somente por ela ser ansiosa ou um pouco exigente, mas por ter prendido a si mesma dentro de um mundo onde ninguém mais conseguia entrar. Todos que acabavam se aproximando, de alguma forma, eram obrigados a se afastar. Sem seu pai, Georgia sentiu que não podia fazer mais nada sozinha, e demorou para que ela percebesse que não era exatamente assim.

Com a ajuda de sua psicóloga, seus amigos, sua mãe e sua irmã (que, muitas vezes, faziam com que a protagonista surtasse um pouquinho), Georgia vai, aos poucos, percebendo que sua vida ainda não acabou e que, a falta que sente de seu pai pode nunca desaparecer, mas vai ser algo suportável com o que viver.

Hoje, com certeza, é um dia cinzento. – página 18

No início achei que Georgia era um pouco dramática e repetitiva demais (e até ela concorda com isso), por mais que perder alguém seja um choque muito grande, mas logo fui me acostumando com seu jeito de ser, e aprendi a gostar dela. Realmente, passar por tudo o que ela passou não deve ter sido nem um pouco fácil (percebemos isso quando passamos a conhece-la melhor), mas ver que ainda assim Georgia conseguia sorrir fez dela minha heroína.

Georgia tem lá seus dias bons e ruins (os ruins parecem mais constantes), e, em cada um desses dias, ela se mostra um pouquinho mais madura, mais independente e mais decidida. Comparando a mulher da primeira página com a da última, percebe-se uma diferença muito grande, e posso dizer que me senti orgulhosa por ter presenciado isso.

E nada nunca mais vai ser como antes. Diga para mim que isso é só um sonho ruim e eu vou acordar! – página 26

Gostei muito de ler Cartas para você, é um livro cheio de sentimentos que nos pegam de jeito, e muitas vezes quis chorar lendo a trajetória de Georgia na superação não só da perda de seu pai, mas de todo o resto também. Ver o quanto ela se sentia desamparada e sozinha foi de partir o coração, no entanto, ver como Georgia foi se reerguendo aos poucos foi incrível.

E, sinceramente, Aceitação, eu nem sei em que fase estou. Você sabe? – página 171

Adorei o desfecho do livro, por mais que quisesse mais algumas cartas até superar que o livro havia acabado. Cartas para você é um livro pequeno, então pode ser lido rapidinho, mas é melhor tomar cuidado com a rapidez, pois os sentimentos de Georgia são um pouco pesados, então é bem possível que você acabe chorando um pouquinho...haha’

O que eu quero dizer, Aceitação, é que acredito que finalmente entendi: o tempo não cura tudo. Na verdade, o empo não cura nada. Não existirão cicatrizes enquanto eu não quiser ser curada. – página 156



42 comentários

  1. Olha até então eu não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro. A Kétrin do meu blog recebeu ele em cortesia para resenhar no I LOVE, mas ela ainda vai ler e espero que goste tanto como você. Mas tenho que confessar uma coisa, lendo sua resenha eu me identifiquei muito com a personagem por conta de ela ser exigente e ansiosa, porque eu sou as duas coisas. Na verdade sou bastante perfeccionista. Gosto de tudo organizado também. Enfim...Mas nada exagerado rs. Mas eu me interessei pelo livro e talvez eu até adquira para fazer a leitura. Quem sabe eu não goste né? Já que me identifiquei pode ser que o livro seja um dos queridos que ainda estão para ser descobertos por mim rs. Adorei sério. Parabéns pelo desenvolvimento da resenha e sucesso para autora pela trama.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/10/especial-conhecendo-os-autores-6.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acredito que você vai gostar do livro, Silvana, principalmente se você se identificar pelo menos um pouquinho com a protagonista :)

      Excluir
  2. Oii Dryh... Lendo sua resenha, logo no inicio, sinto uma pontada no peito, porque eu não consigo me imaginar sem o meu pai, ele é tudo para mim, meu melhor amigo, meu companheiro, meu tudo. Acredito que a leitura desse livro vai me agradar muito! Adorei a resenha...
    Beijinhos...

    https://amanhecerliterario.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. imaginar nossa vida sem alguém que amamos é quase que impossível, né?! Espero que você goste do livro :)

      Excluir
  3. Olá!
    Gosto de chorar lendo um livro então dica mais que anotada.
    Mocinhas que fazem dramas demais não gosto mas quero mesmo assim ler rsrs
    Que bom que é fininho perfeito para quem quer uma leitura rápida
    Adorei sua resenha como sempre
    bjs

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' somos duas, Ana ♥ espero que você goste do livro :)

      Excluir
  4. Olá, tudo bem? Adorei sua resenha. A capa não tinha me chamado muito a atenção, mas agora fiquei com muita vontade de lê-lo. Mesmo a protagonista sendo um pouco repetitiva, rs!

    beijos e boas leituras!

    http://www.deixaela.com/2015/10/resenha-padma.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Jessica ♥ espero que você goste do livro :)

      Excluir
  5. Olá, Dryh.
    Eu já tinha lido uma resenha desse livro. E sinceramente não sei se quero ler ele. Gostei por ter essa forte relação entre pai e filha, mas não sei se gostaria do desenvolvimento da história. É um livro que se achar em promoção, eu até lerei, mas no momento não tenho vontade. Parabéns pela resenha.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que pena, Sil *-* mas espero que você o leia um dia :)

      Excluir
  6. Olá,
    Acho que me identificaria muito com a personagem, sabe personalidade difícil, é muito bom se identificar com um personagem, mas dependendo da intensidade pode não ser tão legal, sou muito intransigente. Ainda estou me decidindo se seria mesmo uma boa ler o livro, quem sabe mais para frente.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. quem sabe, né? Mas espero que você tenha a oportunidade, e que goste :)

      Excluir
  7. Me identifiquei com a personagem de cara: ansiosa.... hahahaha Mas tenho medo de sofrer na leitura em função da perda, realamente não sei lidar e na verdade, quem sabe??? Mas como amo dramas, tenho certeza que vou ler e gostar.
    meuamorpeloslivros.blogspot.com.br
    beijos

    ResponderExcluir
  8. Não gosto nem de pensar em perder o meu pai, acho que ia chorar não um pouquinho, mas horrores, lendo esse livro. Achei bem legal que deu para perceber tanto crescimento na personagem, e achei bem interessante ela escrever cartas para a Aceitação, mesmo que não seja a fase do luto em que ela esteja no início da história. Essa capa é tão linda!

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a capa é mesmo linda ♥ espero que você goste do livro, Ju :)

      Excluir
  9. oie!!!
    essa foi a primeira resenha que lide desse livro e confesso que fiquei com um um sentimento esquisito. Por um lado fiquei bem curiosa com a história, por outro fiquei com receio da leitura, por tu ter dito que é bem pesada devido aos sentimentos da protagonista, e por eu ter ficado com a impressão de ser um livro bem triste né?
    Eu meio que fujo de livros trites, que envolvem perdas e tal. Não sei trabalhar isso muito bem em mim e depois fico com a impressão de ter vivido algo real.
    Sinceramente não sei o que fazer, pois quero ler....hehehe
    Parabéns pela resenha!
    beijinhos
    Eu Pratico Livroterapia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um pouco triste sim, Denise, por conta dos sentimentos e da saudade que a Georgia sentia pelo pai, mas é um livro que amadurece :)

      Excluir
  10. Tem livros que tocam em um lugarzinho especial no nosso coração né?
    Eu sou chorona, então com certeza esse livro me faria morrer de chorar! A superação da perda de alguém que se ama nunca é fácil, e nem é fácil passar esse sentimento para o leitor, então parabéns para autora que conseguiu passar isso tão bem.
    Adorei a sua resenha e já quero ler

    Bjos

    Every Little Book

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim ♥ não mesmo, infelizmente, acho que a dor de se perder alguém nunca some *-*

      Excluir
  11. Oie!
    Não sei se faria a leitura desse livro... acho que vou sofrer muito com a história, então vou deixar para uma outra hora ahah
    Bjks!
    http://www.historias-semfim.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha' é um pouco triste mesmo *-* espero que você tenha a oportunidade de lê-lo, Carla :)

      Excluir
  12. adorei a resenha! <3

    que bom que tu passou a gostar da Georgia, porque tem muito de mim nela hahaahah mas sei que sou difícil e dramática ;x

    Muito obrigada pelo carinho! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Duda ♥ adorei o livro haha' ♥

      Excluir
  13. Olá Dryh, tudo bem?
    Esse livro parece ser bastante denso e complicado, falo isso porque deve ser muito difícil perder o pai. Acho que o fato de ela ter escrito as cartas fez com que ela superasse.
    Gostei de saber que a personagem cresceu e amadureceu, isso é muito importante tanto para o livro quanto para o nosso processo de evolução, pois, tenho certeza, que muitas pessoas que perderam algum ente querido podem querer ler esse livro.
    Espero ter a oportunidade de ler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você tenha a oportunidade de lê-lo, Bruna, e que goste ♥

      Excluir
  14. Oi Dryh, que bom saber que você gostou bastante desse livro, eu estou com ele para ler aqui e vai ser um dos próximos que vou pegar. Parece ter uma trama cativante e emocionante, não vejo a hora de conhecer a personagem e essa história!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste e se emocione com o livro, Kétrin ♥

      Excluir
  15. Oi Dhry!
    Adorei conhecer esse livro. Tão profundo né?
    Gosto de livros com cartas e repletos de sentimentos
    Amei sua resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  16. Oláá
    É minha leitura atuuual haha sua resenha está ótima e que bom que curtiu a leitura, estou ainda no meio então não sei bem o que pensar haha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Olá! A leitura desse livro me chamou a atenção, quero te parabenizar por sua resenha, super linda e emocionante. Ano passado perdi meu avô e minha mãe ficou parecida com a protagonista do livro...Não foi fácil. Acho, que essa leitura iria fazer bem para a minha mãe. espero ter a oportunidade de ler. Beijos

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Suzana ♥ espero que você goste do livro, e que ele possa ajudar a sua mãe :)

      Excluir
  18. Oi Dryh, é a primeira resenha que leio do livro e achei ele completamente apaixonante. Não deve ter sido nada fácil para a Georgia superar esse fato, com toda a certeza, mas o que achei interessante é justamente o caminho que ela teve que fazer até realmente perceber que teria que seguir em frente. Somos todos diferentes, assim, reagimos de forma diferente em cada situação. Gostei muito da história e espero ler em breve.
    Bjim!

    Tammy
    livreando.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você tenha a oportunidade de lê-lo, Tammy :)

      Excluir
  19. Olá!

    Tenho vontade de ler esse livro, a premissa dele foge um pouco do comum, e ainda é nacional! Primeira resenha que leio dele, a sua está bem escrita, parabéns. Esse livro é uma verdadeira lição de vida, acredito que todos tem que lê-lo.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada, Kamila ♥ espero quer você goste do livro :)

      Excluir
  20. Oi amada!
    Fiquei já preparada com sua resenha, ainda mais eu que tenho mania de ler rápido! É curtinho e intenso, adoro histórias assim! Ótima resenha! Beijos
    Paulinha
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Eu estou com o livro para ler aqui e tenho grandes expectativas! Tenho certeza de que vou me emocionar muito lendo o livro, espero poder gostar da protagonista e me envolver com a historia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. espero que você goste e se emocione com o livro, Giovana ♥

      Excluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...