O medo mais profundo

Olá a todos!

Em véspera de ENEM, trago a resenha de um autor que me faz ficar acordado apenas para ler seus livros (e olha que levo meu sono muito em conta, segue a resenha;

Título: O Medo Mais Profundo
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro (cortesia)
Páginas: 272
Edição: 1
Lançamento: 2016
SinopseNa época da faculdade, Myron Bolitar teve seu primeiro relacionamento sério, que terminou de forma dolorosa quando a namorada o trocou por seu maior adversário no basquete. Por isso, a última pessoa no mundo que Myron deseja rever é Emily Downing.Assim, ele tem uma grande surpresa quando, anos depois, ela aparece suplicando ajuda. Seu filho de 13 anos, Jeremy, está morrendo e precisa de um transplante de medula óssea – de um doador que sumiu sem deixar vestígios. E a revelação seguinte é ainda mais impactante: Myron é o pai do garoto.Aturdido com a notícia, Myron dá início a uma busca pelo doador. Encontrá-lo, contudo, significa desvendar um mistério sombrio que envolve uma família inescrupulosa, uma série de sequestros e um jornalista em desgraça.Nesse jogo de verdades dolorosas, Myron terá que descobrir uma forma de não perder o filho com quem sequer teve a chance de conviver.



Resenha

O Medo Mais Profundo é um livro da série do Myron Bollitar, detetive criado por Harlan Coben, autor que eu já digo de passagem: é um dos meus prediletos. O livro começa com uma grande descoberta para Myron: ele tem um filho e o tal filho está precisando de um transplante de medula óssea, já que seu doador desapareceu.

Mas e o filho? Enquanto Myron estava na faculdade e aspirava ser um jogador de basquete, ele teve relações com Emily, que depois de 13 anos, ressurge. E Emily não traz boas notícias.
Myron descobre sobre seu filho de uma forma não tão amigável, Emily aparece na porta da casa dos pais, da qual Myron está quase sendo expulso, dizendo que o filho dela, Jeremy, está doente e precisa de ajuda. De início, o detetive diz que não pode ajudar, porém ela revela que Jeremy, seu filho, é também filho de Myron.

Harlan começa a tecer a trama a partir do momento em que Emily bate a porta. O detetive Myron junta todos as pistas e começa e tentar entender quem era esse doador. Assim como em muitos livros do Harlan, o nosso personagem principal não está navegando por águas tranquilas, isso acontece com Myron também.

Ele está enfrentando uma quase falência da sua agência e precisa da ajuda de Win, seu melhor amigo, já que sua vida pessoal também está machucada, e os pais estão doentes. Myron acaba descobrindo que na verdade o doador da medula não existia cerca de três meses antes de se cadastrar no sistema de doações.
Essa trama vai levar o leitor a uma teia de intrigas em uma família poderosa e com muito dinheiro, justo em um momento difícil para Myron, ele precisa arriscar tudo para salvar a vida de seu filho. Esse parece ser o medo mais profundo do detetive e também o medo mais profundo do leitor.

O Medo Mais Profundo não foi uma experiência tão agradável, acho que isso acontece após nos familiarizarmos com thrillers americanos, ou talvez eu apenas preciso parar de ficar acordado para desvendar os mistérios de Harlan. O mistério do livro é impossível de ser desvendado, é imprevisível e isso é uma característica boa dos livros do autor, porém os rodeios cansam.
Chega em um momento de clímax em que o fato do cara tirar uma arma do bolso ou até mesmo desvendar a última parte do mistério, não vai surtir tanto efeito. Para mim, o maior problema do sétimo livro da série foram os sarcasmos e os rodeios. (Harlan, não estamos nos Texas,ok?)

Tirando minhas decepções momentâneas quanto a thrillers americanos, acredito que foi uma boa leitura no geral. A narração é boa, temos bons personagens que não chegam a deixar os olhos vermelhos de cansaço e também temos um mistério a resolver, e isso é a parte que salvou a leitura.
Falando um pouco sobre a edição, acho muito legal a Arqueiro lançar os livros do Myron, já que a maioria era descartado pela editora antiga ou apenas eram publicados nos EUA.

Recomendo esse livro para quem gosta de um mistério policial nem tão corriqueiro e também para quem quer uma pequena dose de cafeína em forma de livro. O Medo Mais Profundo não decepciona totalmente, cumpre o papel de forma digna e faz o leitor ficar acordado para descobrir o medo tão profundo.


18 comentários

  1. Confesso que o gênero me atrai em filmes mas livros não me enche os olhos. Sua resenha foi muito boa, gostei da forma como vc soube desenvolver os pontos bons e ruins. Parabéns.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Olá,

    Sou fã demais do Harlan Coben e desde do lançamento quero desesperadamente esse livro, você acredita que todos os livros da série do Myron eu li fora de ordem, pois é sou distraída assim hahaha. Enfim, fiquei com ainda mais expectativas depois da sua resenha, mas pretendo baixa-las para não acabar me decepcionando, pois gosto muito de thrillers e posso vir a ter o mesmo problema que você. Estou bem empolgada para essa leitura.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Sou mega fã do autor e estou louca para realizar essa leitura. Eu gosto muito dos livros dessa série e acho que esse será mais um dos excelentes do autor, quando o meu chegar, vai logo furar a fila de leituras.

    ResponderExcluir
  4. Olá
    Eu adoro livros com um bom mistério para ser resolvido, mas por incrível que pareça ainda não li nenhum livro do Harlan, realmente os autores de mistério precisam tomar cuidado com o excesso de rodeios, isso pode estragar um pouco a leitura, já me peguei bem cansada com um autor que amo, por causa da quantidade de reviravolta em um livro só. Eu espero ler um livro do Harlan, mas acho que vou começar por outro, quem sabe mais para frente, o//

    ResponderExcluir
  5. Só recentemente que eu descobri que esse livro faz parte de uma série. Uma pena, porque eu achei a história familiar e o suspense dele bem interessante, mas desanimei. Uma pena que os climax surtiram pouco efeito em você, é bem triste quando isso acontece. Mas ao menos o livro não teve uma nota tão ruim.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo bem?
    Então, ainda não li nenhum suspense policial e pela sua resenha imagino que essa não seja a melhor escolha para se iniciar. Tenho bastante vontade de lê alguma obra do autor, sempre vejo comentários sobre ele e isso me deixa bastante intrigada. Gostei da sua resenha, achei ela bem sincera.

    ResponderExcluir
  7. Nunca li nada do Harlan Coben e me sinto morando embaixo de uma imensa e pesada pedra, por ainda não poder opinar sobre seus livros com alguma propriedade. São tantos elogios e tantos admiradores que a sensação de estar perdendo alguma coisa importante é muito forte. Adorei sua resenha e anotei a dica e espero que em breve eu possa sair da caverna da ignorância e poder ler alguma coisa deste autor tão amado e elogiado.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi Dryh!

    Eu nunca li nada do autor acredita? Mas eu tenho muita vontade, mas confesso não saber por onde começar, rs. Adoro thrillers policiais, quando mais nova lia muito mais e talvez essa série me chame mais a atenção por seu suspense mais voltado para esse lado. Apesar das suas decepções, o livro é realmente interessante. Eu anotei a dica.

    beijos =)

    ResponderExcluir
  9. Oi, Heitor!

    Esse autor é magnífico! Eu amo as obras dele! Ainda não li este, mas com certeza vou adicionar na minha lista! Adoro livros que envolva mistérios!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Eu simplesmente sou apaixonada pelo autor. Desde que li o primeiro livro, fiquei apaixonada pela narrativa e não consegui mais parar.
    Eu ainda não tive a oportunidade de ler esse exemplar, mas vou fazer em breve.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Olá! Eu gosto muito desse autor.
    Esse ainda não li, mas pela sua resenha já amei a premissa e já anotei aqui.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Já li outros livros desse autor e posso dizer que ele é brilhante, não tem uma cena que ele não consiga introduzir mistério e dúvidas hahah! Por isso sei que esse livro é muito bom só de olhar! Sua resenha ficou muito boa, muito bem escrita!

    ResponderExcluir
  13. Olá Heitor
    Acredita que eu não li nenhum livro do Harlan ainda? Amo o gênero e sinceramente to quase me matando aqui por isso. Sua resenha está incrível, parabéns!
    Cara... como pode escrever um final indecifrável? Já quero!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Oii, tudo bom? Que pena que o livro não te agradou por completo! Eu já li dois livros do autor e gostei do estilo dele, mas não entrou para os favoritos que escrevem o gênero. O Medo Mais Profundo parece ser interessante, mas não sei se irei ler...
    Ótima resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Ainda não li nada do autor, mas realmente, livros com muito rodeios acabam nos fazendo perder a vontade de ler, então entendo totalmente o porquê de você ter achado a leitura não tão agradável assim. Mas, mesmo assim, achei um livro muito interessante e fiquei com curiosidade para realizar essa leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Olá Heitor,
    Estou precisando de um livro assim que me faça ficar acordada para ler, mas tenho medo que nem Harlan Coben conseguirá fazer isso.
    Gostei da sua resenha e acho que é comum cansarmos um pouco de livros no mesmo gênero, pois as histórias começam a ficar um pouco entediantes e cansativas, até.
    Será que o mistério seria impossível para mim? Sou boa em captar pistas e desvendá-los. Acho bem ruim termos muitos rodeios.
    Acho que vou deixar essa dica passar, por enquanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Olá,
    Gosto muito de romances policiais com essa pegada de suspense, e ainda não conhecia esse detetive. Confesso que essa história de sarcasmo deixa o personagem chato se for exagerado. Gosto sempre de procurar resolver o mistério, mas pelo que vi em sua resenha este em livro em si é algo meio que cansativo de ler.

    ResponderExcluir
  18. eu li esse livro recentemente e amei! amo a maneira que o Coben cria personagens e dá uma história pra eles. o fato d'os personagens coadjuvantes serem tão bem explorados tbm me faz acrescentar algumas estrelinhas. o meu personagem favorito foi, sem sombra de dúvidas, o filho da Emily (achei incrível como o Coben o construiu e a forma que ele tem participação na história, mesmo que não esteja presente em todo o livro). e, ah, amei o desfecho da história como um todo. :)

    também resenhei esse livro, pode dar uma olhada? clique aqui pra assistir! <3

    abraços! <3
    Alex, do blog Um Bookaholic.
    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: instagram/twitter

    ResponderExcluir

Oiê! Muito obrigada por passar por aqui, deixe um recadinho com o link do seu blog e a gente dá uma passadinha lá mais tarde :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...